Você está na página 1de 1

.

SMULA DE DIREITO DA PROPRIEDADE


INDUSTRIAL
Sumrio da Lei n 9.279/96:
Art. 6: Direito de patente do autor de
inveno ou modelo de utilidade.
O
requerente
presume-se
legitimado;
Legitimados
subsidirios:
herdeiros, sucessores, outros por
fora de lei, contrato, ou prestao
de servios;
Pode haver patente coletiva (2).
Art. 7: Preferncia do depsito mais
antigo, desde que no retirado (p.
nico).
Art. 8: Definio do que inveno
patentevel:
Novidade, atividade inventiva e
aplicao industrial.
Art. 9: Definio do que modelo de
utilidade patentevel:
Palavra-chave: Objeto de uso
prtico.
Art. 10: Excluso do conceito dos
artigos 8 e 9:
Exceo:
microrganismo
transgnico (art. 18).
Art. 11: O exilio do estado da tcnica
como pressuposto da inveno e do
modelo de utilidade (1).
Art. 12: Excludentes do estado da
tcnica.
Art. 13 a 15: Requisitos p/
caracterizao do ato inventivo e
aplicao industrial.
Art. 18: Objetos no patenteveis.
Art. 19: requisitos do pedido de
patente.
Requisitos do relatrio (art. 24).
Art. 40: Prazos de vigncia da patente.
Arts. 41 a 44: Direitos do proprietrio
de patente.
Art. 44 (caput e 1):
Mtodo de contagem de prazo da
violao do direito do proprietrio
de patente;
Casos excludos do conceito de
violao de patente (art. 43).
Art. 45: Direito do usurio de boa-f,
no titular de patente.
Art. 46 a 57: Nulidade da patente:

Administrativa:
seis
meses,
contados da concesso da patente,
de ofcio ou a requerimento.
O processo de nulidade seque,
ainda que extinta a patente (art.
41, p. nico);
Judicial:
a
qualquer
tempo,
inclusive como matria de defesa.
Permite cautelar de suspenso
da patente.
Art. 58 a 60: cesso da patente.
Art. 61 a 67: licena de patente
Art. 61 a 67: Voluntria;
Art. 68 a 75: Compulsria.
Art. 88 a 93: a patente do empregado e
prestador de servios.

Art. 94: titular de desenho industrial.


Art. 95 a 97: excluso do conceito de
desenho industrial.
Art. 98: excluso do conceito de
desenho industrial.
Art. 99: prioridade (c/c art. 16).
Art. 101, 102, 105 e 106: Registro.
Art. 108: prazo de vigncia.
Exame de mrito.

Art. 22: Marca enquanto sinal


distintivo.
Art. 23: Conceito de marca:
Incisco I: Marca de servio ou
produto;
Inciso II: Marca de certificao;
Inciso III: Marca coletiva (c/c art.
147 e seguintes).
Art. 124: Sinais distintivos impassveis
de registro como marca.
Art. 125: Proteo da marca de
renome, em todo ramo de atividade.
Art. 126: Proteo de marca
notoriamente
conhecida,
independentemente de registro no
Brasil.
2: Proibio de marca de
imitao.
Art. 133: prazo de durao.
Art. 134 e 135: Cesso de Direitos de
marca.
Art. 142: extino de direitos.