Você está na página 1de 10

Curso Educação Formação de Adultos – NS

Curso Educação Formação de Adultos - NS

A importância de um Planeamento de trabalho

Uma política de manutenção em edifícios de habitação quer-se clara nos


objectivos e métodos a aplicar durante a fase de estudo e utilização.

Este, só é possível quando existem metodologias próprias que permitam


identificar os principais parâmetros relativos a cada tipo de estratégia,
estratégia
sistematizando conceitos e procedimentos.

Co-financiado
Co financiado pelo FSE e Estado Português

2
Curso Educação Formação de Adultos - NS

Uma conveniente gestão de manutenção passa pela definição de estratégias logo


na fase de projecto, tendo em conta o comportamento esperado dos elementos
para as condições de trabalho, os modelos e agentes de degradação
característicos, os níveis de qualidade estabelecidos, os tipos de anomalias
relevantes e os custos envolvidos.

Em linhas gerais, são caracterizadas neste trabalho estratégias de manutenção,


com o apoio de fluxograma, através da identificação de vários parâmetros e das
vantagens e desvantagens associadas.

Co-financiado
Co financiado pelo FSE e Estado Português

3
Curso Educação Formação de Adultos - NS

A utilização de estratégias de manutenção, no âmbito de uma gestão integrada,


deve contemplar os aspectos relacionados com a decisão, a prioridade e
periodicidade das intervenções e as características das operações de manutenção
(limpeza, inspecção e reparação / substituição no mesmo).

Cita-se, a propósito, que as operações de limpeza, quase sempre “esquecida” e


frequentemente negligenciada, são de grande importância na prevenção de outras
anomalias, nomeadamente na evolução de sujidades e acumulação de outros
depósitos, à superfície do revestimento.

Co financiado pelo FSE e Estado Português


Co-financiado

4
Curso Educação Formação de Adultos - NS

O fluxograma
g da Figura
g 1 ppretende uniformizar a metodologia
g pprópria
p a seguir
g
numa estratégia, nas cinco principais fases de actuações
actuações::

1. verificação do carácter urgente da intervenção;


2. definição do método de actuação;
3. decisão de intervenção;
4. execução e controlo do trabalho e registo,
5. actualização/revisão de plano acções.

Co financiado pelo FSE e Estado Português


Co-financiado

5
Curso Educação Formação de Adultos - NS
F
l
u
x Detecção de
o anomalias
g
r
a
m
a
S Adoptar medidas
Urgente? preventivas de
segurança

Observações no N
local;; Ensaios
laboratoriais; Métodos de
Recolha de toda a inspecção
informação
ç
disponível

Co financiado pelo FSE e Estado Português


Co-financiado
Figura 1

6
Curso Educação Formação de Adultos - NS

Análise do histórico, Conhecimento das


Definição de graus de causas prováveis
á i
deterioração
Técnicas de
intervenção; Listagem Definição dos
de actividades, meios Caminho
métodos de actuação
e recursos, Prioridade prioritário
de intervenção por
andares
Contabilização dos
Custos associados às custos previstos
intervenções/trabalhos

Co financiado pelo FSE e Estado Português


Co-financiado

7
Curso Educação Formação de Adultos - NS

N
Decisão de
i
intervenção
ã

Executar o trabalho Caminho


Registos de
prioritário
te ve ção – meios
intervenção e os
utilizados; custos;
Novos registos de Controlo do trabalho
ocorrência de executado
anomalias na área de
intervenção
Aumentar grau na
Actualização/Revisão
prioridade de
dos trabalhos
intervenção dos
trabalhos
Co financiado pelo FSE e Estado Português
Co-financiado

8
Curso Educação Formação de Adultos - NS

A estratégia de melhoramento apresenta vantagens, permite a


Conclusão melhoria das características iniciais da fachada do edifício,
edifício
aumentando a sua vida útil.

Co financiado pelo FSE e Estado Português


Co-financiado

9
Curso Educação Formação de Adultos - NS

P.S.

Co financiado pelo FSE e Estado Português


Co-financiado

10

Você também pode gostar