P. 1
Química Orgânica IV (3)

Química Orgânica IV (3)

|Views: 1.539|Likes:
Publicado porpclvss

More info:

Published by: pclvss on Apr 01, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/25/2012

pdf

text

original

HIBRIDIZAÇ HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO (OU HIBRIDAÇÃO) HIBRIDAÇ

Introdução Foi Kekulé, 1858, quem estabeleceu a tetravalência do elemento carbono.

HIBRIDIZAÇ HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Friedrich August KEKULE (1829 ± 1896)

Introdução Assim, a molécula de metano (CH4) costuma ser representada como . . .

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

H I H±C±H I H
Fórmula estrutural plana do metano.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Com a descoberta de novos fenômenos químicos, como por exemplo isomeria óptica, óptica houve necessidade de aperfeiçoar o modelo de molécula plana apresentado.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Desse modo, Le Bel e Van¶t Hoff, em 1874, lançaram a idéia do carbono tetraédrico, tetraédrico portanto espacial espacial.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Jacobus van¶t Hoff (1852 - 1911). van¶
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Joseph Le Bel (1847 - 1930).
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Modelo de molécula de metano com carbono tetraédrico.
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Assim, devemos pensar na molécula de metano como sendo tridimensional onde o tridimensional, átomo de carbono está no centro e os quatro átomos de hidrogênio ao redor.
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Completando a concepção de Van¶t Hoff e Le Bel, assinalamos que o carbono não forma apenas ligação simples, gerando moléculas simples tetraédricas. tetraédricas
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Há, também, ligação dupla e ligação tripla as tripla, quais geram moléculas trigonais e lineares lineares.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Como explicar satisfatoriamente cada uma dessas ligações?

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Introdução Isso pode ser feito através da Teoria da Hibridização ou Hibridação que consiste Hibridação, na passagem de um elétron de orbital 2s para orbital 2pz que está vazio.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental Para entender melhor a hibridização do carbono, relembramos a configuração desse elemento e as formas dos orbitais ³s´ e p´. p´

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental A configuração eletrônica é obtida através do Diagrama de Pauling . . .

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental : 1s2 2s2 2p2. Esta é a configuração eletrônica do carbono.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental O gráfico energético é . . .
G round state 2p 2s 1s 2p 2s 1s rom o electron otion 1s ybridization
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

xcited state

sp2- ybridized state 4sp3

O carbono no estado fundamental

As formas dos orbitais ³s¶ e ³p´ são . . .

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental

Orbital ³s´ ...

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental

. . . e orbital ³p´.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental Assim, o átomo de carbono em seu estado normal tem a forma segundo o modelo . . .

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono no estado fundamental

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono hibridizado Porém, sabemos que o carbono quando combinado com hidrogênio pode ter forma tetraédrica.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O carbono hibridizado No modelo, o carbono é tetraédrico.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridizações do carbono Há três maneiras diferentes de ocorrer hibridização do carbono.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Na hibridização sp3 um elétron ³s´ é promovido para o orbital ³p´ vazio, originando o carbono no estado ativado (intermediário).
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3

Estado ativado (gráfico energético)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Em seguida, há ³fusão´ entre o orbital ³s´ e os três obtitais ³p´. Daí, hibridização sp3.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Carbono hibridizado (gráfico energético)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3

Carbono hibridizado (formas dos orbitais híbridos)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Orbital sp3 resulta de uma combinação de um orbital s com três orbitais p Caráter de um orbital p

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Nas ligações com outros átomos, forma quatro ligações ³sigma´.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Carbono hibridizado (na molécula de metano)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 Carbono hibridizado (na molécula de metano)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 (na molécula de etano) A ligação C±C do etano é formada por 2 orbitais sp3 dos C sobrepostos. As ligações C±H são formadas da mesma maneira que no metano. A molécula é tetraédrica (cf. metano)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 (na molécula de etano) ‡ Ligações W: simetria cilíndrica ao longo do eixo da ligação ‡ rotação de grupos ligados por uma ligação Wnão requer muita E Rotação relativamente livre

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 (na molécula de etano)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp3 (na molécula de dimetil-éter)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Na hibridização sp2 um elétron ³s´ é também promovido para o orbital ³p´ vazio, originando o carbono no estado ativado (intermediário).

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Entretanto, a ³fusão´ de orbitais ocorre entre o orbital ³s´ e dois ³p´. Daí, hibridização sp2.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Carbono hibridizado (gráfico energético)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Note que um dos orbitais ³p´ permaneceu puro.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula dos alcenos) Quando dois átomos de carbono compartilham dois pares de elétrons o resultado é uma ligação dupla: Alcenos.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula do eteno) No eteno a única ligação carbono-carbono é uma ligação dupla. ‡ Arranjo espacial é diferente daquele dos alcanos (metano, etano, p.ex.). ‡ Átomos: Coplanares; Cada átomo de carbono é triangular Ângulo de ligação »120°
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Por quê?

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula do eteno)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula do eteno) 

Três ligações sigma formados por orbitais sp2 do C 

%hibridização de um orbital 2s e dois orbitais 2p Um orbital 2p é deixado sem hibridizar: Orbitais sp2 resultando estão dirigidos na direção dos vértices de um triangulo regular (ângulo de 120°),

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula do eteno) 

Orbital 2p não hibridizado é perpendicular ao plano formado pelos orbitais sp2. Superposição de dois orbitais sp2 de cada carbono forma a ligação WC±C; Orbitais sp2 restantes do carbono formam ligações Wcom os 4 átomos de hidrogênio; Orbitais p de cada carbono formam uma ligação Tpor superposição lateral;
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula do eteno)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 (molécula do eteno)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Carbono hibridizado (formas dos orbitais híbridos)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Nas ligações com outros átomos, forma três ligações ³sigma´ e uma ³pi´.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Carbono hibridizado (na molécula de eteno)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Diferença entre ligações W(sigma) e ligações T(pi)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Se dois orbitais interagem: combinação ligante e antiligante:

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2 Superposição de orbitais de sinal semelhante: orbital ligante T superposição de orbitais de sinal diferente: orbital antiligante T* ‡ orbital Tligante (no estado fundamental da molécula): é mais baixo em energia do que o T* contém ambos os elétrons T No estado excitado (absorção de luz etc.): um dos elétrons é promovido para o orbital T*

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2
(Rotação Restrita)

Existe uma grande barreira de energia para a rotação associada com os grupos unidos por uma ligação dupla.: Erot (C=C) = 264 kJmol-1. Erot (C±C) = 13-26 kJmol-1 ‡ Superposição máxima: eixos dos orbitais p paralelos. ‡ Rodando uma ligação por 90°: quebra da ligação

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp2

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp De forma semelhante, na hibridização sp um elétron ³s´ é também promovido para o orbital ³p´ vazio, originando o carbono no estado ativado (intermediário).

H

C C H Ethyne (acetylene) (C2H2)

H3C

C C H Propyne (C2H2)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp Agora, a ³fusão´ de orbitais ocorre entre o orbital ³s´ e um ³p´, permanecendo dois orbitais ³p´ puros. Daí, hibridização sp.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp Carbono hibridizado (gráfico energético)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp Nas ligações com outros átomos, forma duas ligações ³sigma´ e duas ³pi´.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp

Carbono hibridizado (a molécula de etino)
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp Carbono hibridizado (a molécula de etino) Dois átomos de carbono superpõem dois orbitais sp: ‡ ligação W(sigma) carbono-carbono - Dois orbitais sp restantes se superpõem com orbitais s do hidrogênio: ‡ ligação W(sigma) carbono-hidrogênio - Dois orbitais p em cada carbono se superpõem: ‡ duas ligações T(pi) carbono-carbono - ligação W+ 2 ligações T= ligação tripla carbono-carbono

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização sp Carbono hibridizado (a molécula de etino) Circular symmetry exists along the length of a triple bond   no restriction of rotation for groups joined by a triple bond.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Hibridização Comparação do comprimento de ligação de Etino, Eteno e Etano

Ligações carbono-carbono estão mais fortes quando existem mais ligações: CºC < C=C < C±C Ligações carbono-hidrogênios H±Cº < H±C= < H±C±
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Salientamos que o fenômeno da hibridização não é exclusividade do elemento carbono carbono.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Salientamos que o fenômeno da hibridização não é exclusividade do elemento carbono carbono.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Geometria Molecular O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Teoria da repulsão do par de elétrons no nível de valência
1.

Consideramos moléculas (ou íons) nas quais o átomo central está ligado covalentemente a dois ou mais átomos ou grupos. Consideramos todos os pares de elétrons de valência do átomo central ± tanto aqueles que são compartilhados nas ligações covalentes (pares ligantes), quanto aqueles que não estão compartilhados (elétrons não-ligantes ou pares nãocompartilhados)

2.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Geometria Molecular O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Teoria da repulsão do par de elétrons no nível de valência
3.

Uma vez que os pares de elétrons se repelem, os pares de elétrons do nível de valência tendem a ficar o mais afastado possível. A repulsão entre pares nãoligantes geralmente é maior do entre pares ligantes. Chegamos na geometria da molécula considerando todos os pares de elétrons, ligantes e não -ligantes, mas descrevemos a forma da molécula ou íon, levando em consideração as posições dos núcleos (ou átomos) e não através das posições dos pares de elétrons.
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

4.

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Metano Quatro pares de elétrons Orientação tetraédrica permita que quatro pares de elétrons tenham a separação máxima possível

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Amônia Três pares de elétrons ligantes um par não-ligante Arranjo tetraédrico dos pares de elétrons Arranjo piramidal trigonal dos quatro átomos

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Trifluoreto de boro Três pares de elétrons ligantes Separação máxima: elétrons ocupando os vértices de um triângulo eqüilátero Geometria trigonal plana

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Água Dois pares de elétrons ligantes Dois pares não-ligantes Arranjo tetraédrico dos pares de elétrons Arranjo angular dos três átomos

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Hidreto de berílio Dois pares de elétrons ligantes Geometria linear (ângulo H±B±H = 180°)

H Be H

H

0 Be H

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência Dióxido de carbono Ligações múltiplas: todos elétrons de uma ligação múltipla atuam como se eles fossem uma unidade única Os quatro elétrons de cada ligação dupla agem como uma unidade única e estão separados ao máximo um do outro. Geometria linear (ângulo de ligação O=C=O = 180°)

O

C

O

O

C O o 180

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

O Modelo de Repulsão do Par de Elétrons no Nível de Valência

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas Estruturais de Traços ‡ Cada traço = um par de elétrons Átomos ligados por ligações simples podem rodar relativamente livres uns em relação aos outros. Fórmulas equivalentes de álcool propílico
H H or H H C H HO C C H H or H H H H C C HH

H H C

HH C C H

H O

H O C H H

H

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas Estruturais Condensadas ‡ Fórmulas condensadas: ‡ Átomos de hidrogênio ligados a carbonos são escritos imediatamente depois do carbono

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas Estruturais Condensadas ‡ Fórmulas parcialmente condensadas: ‡ Átomos de hidrogênio ligados a carbonos são escritos imediatamente depois do carbono ‡ Algumas outras ligações podem ser escritas

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Moléculas Cíclicas (ciclopropano)
H H H C C H C H H or CH2 H2C CH2 Formulas for cyclopropane

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Moléculas Cíclicas (cicloexano)

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas de Linhas de Ligação 
Mostra-se apenas o esqueleto de carbono Supomos

que o número de hidrogênios necessários para preencher as valências do carbono está presente, mas não os escrevemos; N etc) são escritos na fórmula; 

Outros átomos (p.ex. O, Cl, Cada

interseção de duas ou mais linhas e a ponta de um alinha representa um átomo de carbono, a menos que um outro átomo esteja escrito nela.

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas de Linhas de Ligação
H 3C CH 3CHClCH 2CH 3 = H 3C CH 3CH(CH 3)CH 2CH 3 = H 3C (CH 3)2NCH 2CH 3 = CH Cl CH CH 2 CH 3 CH 2 CH 3 = Cl

=

CH 3 N CH 2 CH 3 = N

CH 3 B nd-line f r las

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas de Linhas de Ligação Ligações múltiplas são indicadas nas fórmulas de linha:
CH 2 H2C
H 3C

CH 2
CH

=

and

H 2C H 2C

CH 2 CH 2

=

CH CH 3

CH 2

CH 3 = CH 2=CHCH 2OH =

OH

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Table:Kekulé and shorthand structures for several compounds
C om pound

ekulé structure
H H C H H C H H C H H C Cl H C H H

S horthand structure

C hloroethylene (vinyl chloride), C 2 H 3 C l

2-M ethyl-1,3-butadiene (isoprene), C 5 H 8

C yclohex ane, C 6 H 1 2

¡ ¡

itam in

, C2 H 3 O

¡

£

¢

 

utane, C 4 H 1

H

C H H

C C C

C

Cl C C Cl

H H

H C

C C

H C H C

H H H C C H H H

H H H C C

H C

H

C H H H H C H H H H C C C H C C C H H

HH C

H H H C

H H H C C C C H H H

H C

H H H C H C C H C H C

H O H

H C H

OH

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Fórmulas Tridimensionais Quase todos os compostos orgânicos possuem uma estrutura tridimensional. ‡ Para escrever fórmulas tridimensionais: ligações no plano do papel: ligações para fora do plano do papel: ligações para dentro do papel:

HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares Representação de um átomo tetraédrico: Duas ligações no plano com ângulo de aproximadamente 109° Ligações de cunha
H C H H H or H H Met a e H C H r H C H H or H H H C Br H H H C C H H

Bromomet a e

H Et a e

H C or

H C

H C I or

H

H H Br Br Cl Cl Bromo-c loromet a e

I C Br Br Cl Cl Bromo-c loro-iodomet a e
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Representação de Fórmulas Moleculares

Representação de um átomo trigonal plano: Todas ligações no plano do papel Ângulo 120°

‡ Representação de um átomo linear: Todas as ligações no papel
HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->