Você está na página 1de 25

AULA 2 - Estratégia Logística

:
Programas de resposta rápida

Fonte: Carrera, 2008

(A empresa deve atender o cliente diretamente ou por meio de intermediários? Que produtos devem ser fornecidos e a partir de quais instalações? Quantos depósitos são necessários manter em quais localidades?). (Que padrão de pontualidade de entrega deve ser oferecido? Que níveis de precisão e cobrança devem ser atingidos?) Decisão sobre o melhor sistema de canal e estratégia de rede para chegar ao cliente. 2006) Decisão sobre a proposta de valor da empresa para seus clientes. .Planejamento Logístico: Etapas (Kotler & Keller.

políticas e procedimentos. 2006) Desenvolvimento de excelência operacional na previsão de vendas. gestão de depósitos. equipamentos.Planejamento Logístico: Etapas (Kotler & Keller. transporte e materiais. Implementação da solução com os melhores sistemas de informação. .

Pontos para escolha da melhor Estratégia Logística (Kotler & Keller. aumentar o número de locais de estocagem. . por outro lado. representa mais rapidez na entrega aos seus clientes. 2006) Processamento de pedidos: Quanto maior o tempo do ciclo do processamento de pedido maior será a insatisfação do cliente. Armazenagem dos produtos: Centralizar o estoque de seus produtos é um diferencial na redução dos custos de armazenagem.

Transporte dos produtos: Contribui intensamente na elevação do custo dos produtos e no atendimento pontual ao cliente.Pontos para escolha da melhor Estratégia Logística (Kotler & Keller. 2006) Estocagem: Níveis de estocagem representam decisões importantes na logística. além de interferir nas condições físicas do produto. . mas com altos custos.

• Um forma de fazer com que a logística conquiste esse espaço é através dos PROGRAMAS DE RESPOSTAS RÁPIDAS – PRRs.• A logística é considerada parte do Planejamento Estratégico da empresa. . bem como ponto importante para alcançar vantagem competitiva dentro do mercado.

PROGRAMA DE RESPOSTA RÁPIDA???? .

PRRs são serviços logísticos alicerçados na cooperação e no compartilhamento das informações da demanda do cliente com seu fornecedor. na busca de níveis de serviço mais elevados por parte de seus fornecedores. abate custos e aumenta margens. . gera aumento de vendas.RESPOSTA RÁPIDA é uma estratégia elaborada e adaptada da filosofia Justin-Time.

.

• A lógica dos programas de resposta rápida é: a busca da transparência do desempenho dos processos em relação aos custos totais. – . – optar pela maneira mais adequada de estocagem. compreendendo as vantagens e desvantagens de manter um único centro de distribuição ou então trabalhar com CDs próximos as unidades que precisam ser abastecidas.

Pontos importantes a ser considerados .

QR (Quick Response). CPFR (Collaborative Planning. ECR (Efficient Consumer Response). CRP (Continuous Replenishment Program).• Programas de Resposta Rápida: – – – – – – – EDI (Eletronic Data Interchange). VMI (Vendor Managemed Inventory) Just in Time II . Forecasting and Replenishment).

. – Redução de custos.• EDI (Troca de dados eletrônicos): Definição – Ferramenta de tecnologia de informação. • Benefícios: – Agregação de valor ao negócio. – Melhor aproveitamento do tempo. responsável pela troca de informações entre corporações otimizando os negócios realizados entre compradores e vendedores.

.

desenvolvimento do produto e tempo de produção. aumentando a competitividade da empresa. Esta redução vai desde o primeiro contato do cliente. .• QR (Resposta Rápida): Definição – Redução do tempo de execução das operações.

• Estratégia principal: – Os fornecedores recebem os dados coletados nos pontos de venda do cliente e se utilizam dessa informação para sincronizar suas operações de produção. . O cliente fica com seu pedido individual. bem como seus estoques. mas os fornecedores se utilizam da informação para aprimorar sua previsão e sua programação.

.

para a transferência da responsabilidade de reposição para o produtor. É definido como a prática de parcerias entre os membros do canal de distribuição que mudaram o processo de reposição tradicional onde o comércio varejista comprava conforme a necessidade do cliente. .• CRP (Programa de Reposição Contínua): Definição – Reposição eficiente.

• ECR (Resposta Eficiente ao Consumidor): Definição – Consiste numa estratégia utilizada principalmente na indústria de supermercados na qual distribuidores e fornecedores trabalham em conjunto para proporcionar maior valor ao consumidor final. (LAVRATTI. 2002)   .

2003)   . Reabastecimento): Definição – Previsão e É um programa colaborativo entre os diferentes intervenientes da cadeia de abastecimento. que estabelece uma coordenação entre a produção. (Fliedner.• CPFR (Planejamento Colaborativo. planejamento. previsão de vendas e reposição”.

dependendo do estágio de integração e dimensão da colaboração entre os parceiros.Níveis do processo de CPFR. (Skjoett-Larsen et al. 2003) .

2004. O fornecedor tem acesso aos dados relativos ao estoque do cliente e assume.• VMI: Definição – É um sistema em que o fornecedor se responsabiliza pela gestão dos níveis de estoque nos clientes. ele próprio. O VMI integra-se na cadeia de abastecimento como forma de estabelecer uma real colaboração e partilha de informação entre o fornecedor e o cliente e com isso.   .. as decisões sobre os reabastecimentos. Mishra et al. não só permite reduzir o nível de estoque ao longo da cadeia como proporciona uma redução de custos ”.

. – O fornecedor disponibiliza um funcionário para trabalhar no seu cliente.• Just in Time II: Definição – Consiste na extensão do regime de produção Just In Time para fora da empresa.

Fonte: Pacheco. Rocha e Silva. 2011 .