P. 1
Memento Terapeutico

Memento Terapeutico

|Views: 55.773|Likes:
Publicado porcason
Publicação da Secretaria Municipal de Saude de Curitiba.
Publicação da Secretaria Municipal de Saude de Curitiba.

More info:

Published by: cason on Apr 04, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/26/2013

pdf

text

original

1.DESCRIÇÃO DO FÁRMACO

Nome:Isoniazida + Rifampicina
DCB:Isoniazida + Rifampicina
Apresentação:Comprimidos 100 mg de Isoniazida + 150 mg de Rifampicina
Comprimidos 200 mg de Isoniazida + 300 mg de Rifampicina

2.CLASSE TERAPÊUTICA

Antimicrobiano; antimicobacteriano

3.INDICAÇÕES PRINCIPAIS

Usos terapêuticos: Tratamento da tuberculose, em associação a outros agentes tuberculostáticos.

4.FARMÁCIA CURITIBANA

Tratamento da Tuberculose

Usos terapêuticos: Tratamento da tuberculose, em associação a outros agentes tuberculostáticos, nos
seguintes esquemas:
Esquema I (básico): Durante a primeira (2 meses) e a segunda (4 meses) fases;
Esquema II (tuberculose meningoencefálica): Durante a primeira (2 meses) e a segunda (7 meses) fases;
Esquema IR (recidiva após cura e abandono do esquema I): Durante a primeira (2 meses) e a segunda
(4 meses) fases.

Dosagem:
Até 20 kg: 10 mg/kg/dia de isoniazida + 10 mg/kg/dia de rifampicina, VO.
De 20 a 35 kg: 200 mg de isoniazida + 300 mg de rifampicina/dia, VO.
De 35 a 45 kg: 300 mg de isoniazida + 450 mg de rifampicina/dia, VO.
> 45 kg: 400 mg de isoniazida + 600 mg de rifampicina/dia, VO.
Ajuste de dose: Insuficiência renal, clearance de creatinina < 10 mL/min, fazer 50% da dose.

5.ALERTAS

Precauções: Consumo elevado de etanol diariamente, disfunção renal severa, hepatopatia crônica,
indução enzimática.
Contra-indicações: Hipersensibilidade ao fármaco, doença hepática, hepatite induzida por isoniazida
previamente.
Efeitos adversos: Neuropatia periférica, hepatotoxicidade, náusea, vômito, epigastralgia, dor abdo-
minal, diarréia, colite pseudomembranosa, artralgia, artrite, cefaléia, tontura, febre, euforia, insônia,
ansiedade, sonolência, prurido, psicose, convulsão, encefalopatia, coma, neurite ótica, trombocito-
penia, leucopenia, eosinofilia, anemia hemolítica, agranulocitose, vasculite, adenomegalia, acne, sín-
drome semelhante ao lupus, insuficiência renal aguda, nefrite intersticial, reações cutâneas, modifica-
ção da cor da urina e do suor.
Interações: Etanol, alfentanil, carbamazepina, dissulfiram, medicamentos hepatotóxicos e neurotóxi-
cos, fenitoína, rifampim, anticoagulantes cumarínicos, anticoncepcional oral, estrógenos, antifúngicos
azólicos, hipoglicemiantes orais, barbiturato, betabloqueador, ciclosporina, clofibrato, cloranfenicol,
corticosteróide, dapsona, digitálicos, disopiramida, mexiletina, propafenona, quinidina, tocainida,
aminofilina, oxifilina, teofilina, medicamentos hepatotóxicos, anti-retrovirais inibidores de protease,
isoniazida, metadona, verapamil oral.
Gravidez: Categoria C.
Lactação: Excretado no leite materno; compatível com a amamentação.
Via de excreção principal: Renal (isoniazida) e fecal (rifampicina).

6.ORIENTAÇÃO NA DISPENSAÇÃO

Administrar 1 hora antes ou 2 horas após as refeições. Altera a cor da urina e do suor.

G
H
I

107

MEMENTO TERAPÊUTICO DA FARMÁCIA CURITIBANA

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->