Você está na página 1de 1
©) FesTIVvAL DE Circo Léotard, 0 ‘pai’ do trapézio, tera homenagem de artista Otrapézio,criado ha 150 anos pelo francés Jules Léotard, do Cir que d’Hiver, em Paris, tera a co- memoragio do “aniversirio” em ntimero do artista circense André Sabatino, mais conhecido como Deco. Ahomenagem seré feita du- rante 0 3° Festival Paulista de Cir- co, ao lado do Parque da Cidade, entre 7¢ 11 de abril. Ojovemde27 anosesta sem- pre na piscina, mas no para se tefrescar e sim para treinar o mi- mero circense trapézio em balan- 0. Como niio existia rede de se- gurana, Léotard treinava sobre uma piscina, realizando sozinho briopelospés. Tudénotrapézioem movimento. fetter) André Sabatino, 0 Deco, em agdo: artista faré em Limeira homenagem a Léotard pelos 150 anos do trapézio Aos 7 anos, André entrou na gindstica olimpica. Na Faculdade de Educagao Fisica, conheceu ar- tistas circenses € comegou a prati- car malabares, pema-de-pan ¢ outros ntimeros. Mas foi no trapé- io de balango que se encontrou, incentivado pelo professor Alex Brede, da Cia do Circo, em Cam- pinas. André integra o grupo Ares € criou as Itmaos Sabatino, com seu irméio Martin, A dupla jé fez parte de uma trupe de yoo na Ho- landa, no Circo Luis Knee Junior. “Fui assistir a0 Festival de Circo em Deman, na Franga,e vi um livro sobre a histéria de Léo- tard, Comecei a pesquisar e me apaixonei pelo tema. Ele era um eximio trapezista e fazia acroba- cias impressionantes sem nenhu- ma protegiio, depois de ensaiar sobre a piscina até o truque ficar perfeito. Eu uso uma corda de se- guranga, claro”, conta André, Ele se apresentard no espe- taculo de abertura, dia 7, a par- tirdas 20h, em show solo, etam- bém no sabado, 10, no fim da tarde. (DL)