P. 1
Corte x Namoro

Corte x Namoro

|Views: 4.174|Likes:
Publicado porMaiaraMenesses

More info:

Published by: MaiaraMenesses on Apr 06, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/20/2013

pdf

text

original

Corte x Namoro

Olá, amados! Meu nome é Marcela e tenho 17 anos, e aderi à corte há uns dois anos. Falarei aqui de um problema que acho que muitos de nós passamos: muitos jovens da minha idade estão querendo ‘aproveitar a vida’, indo a baladas, saindo para pegação, etc. E o pior é sempre ter que ouvir aquela famosa frase: “E aí, ta ficando com alguém ou namorando?”, como se estar solteira não pudesse ser uma opção. Ouço isso até de cristãos, aí você me diz: “tá, mas o que tem de errado nisso”? Eu sei que ser cristão não é para qualquer um, e se eu escolhi esse caminho, não será para ficar em cima do muro, e muito menos pra envergonhar o meu Deus. Eu quero ser o melhor para Ele e quero ter o melhor Dele pra mim! Sou apaixonada por Jesus, e quero que ele guie todos meus caminhos, TODOS! O inimigo tem iludido nossos jovens, fazendo-os acreditar que se não aproveitarem agora, se arrependerão depois, e muitos têm caído nessa cilada. Mas meus irmãos, podem ter certeza de que nós é que possuímos os maiores privilégios! Só não vemos isso, porque ainda estamos com nosso coração aqui. Mas vamos ao ponto chave. Sempre quis ter um relacionamento santo, com os padrões do Pai. “Então você acha que o namoro não é um relacionamento santo”? Quero deixar bem claro aqui que, independente do relacionamento, o que vai torná-lo santo ou não será seu propósito e compromisso com Deus. Eu escolhi a corte porque tenho em mente que não sou a mulher maravilha, e sei que beijando a pessoa que gosto e que quero como marido, estarei dando início a algo que não poderei concluir, isso me fará sofrer, e o pior, esta é a principal brecha que deixamos para o inimigo! É o pecado da defraudação contra o qual Paulo nos alertou. O inimigo também conhece nossos desejos, e não perderá a oportunidade de nos fazer pecar contra Deus, nos fazendo achar que vale a pena trocar a vida que Deus sonhou para nós pelos prazeres momentâneos que podem ser desfrutados depois do casamento! “Não namore pra casar, Case pra namorar”! O perfeito amor que devemos viver não é apenas para nosso benefício. Se dizemos que seguimos a Cristo e vestimos o estilo deturpado do amor do mundo, nós arrastamos o nome e o caráter do nosso Senhor na sujeira. Temos que ser radicalmente diferentes, impactar com nossas atitudes mais que com nossas palavras. Não farei corte só pela questão da santidade. Muitos namoros costumam pular a fase da amizade e um acaba não conhecendo o outro, pois se concentram na parte física da coisa. E às vezes confundem amor com afinidade física. Além disso, eu penso que não devo dar algo que não é meu. Meu corpo pertence primeiramente a Deus e depois a meu futuro cônjuge, então se em um beijo com as melhores intenções dei meu corpo a alguém, roubei meu marido. É o que eu sempre digo: não devo tratar um namorado diferente de como uma mulher trata qualquer homem que não seja seu marido, porque não sou casada com ele. Ser solteira não me dá esse direito, irmãos, de beijar um agora e outro depois. Na bíblia não diz claramente: faça corte. Mas também não diz: namore. A diferença é que a corte tem muitos princípios bíblicos, e o namoro, por sua vez, tem muitas coisas que não agradam a Deus, porque não passa de uma terrível contaminação cultural. Todos são livres para namorar, claro, mas para quê? A grande questão é que não devemos enxergar o limite da pureza como uma linha (sexo antes do casamento), mas como uma busca constante: Davi e Bate-Seba, por exemplo. Quando Davi cometeu adultério, exatamente? Quando ele ficou observando BateSeba tomar banho lá, ou quando eles tiveram uma relação sexual? Realmente, o pecado começa na mente. Você pode considerar pureza ser virgem e ponto. Então quer dizer que só a penetração é pecado? Dois namorados tirarem a roupa e fazerem todo resto então, não é pecado? Qual será o limite então? Podemos nunca chegar a esse ponto, mas sejamos realistas: passar mão e uma série de outras coisas que se

depois de anos de namoro você consegue não fazer, parabéns. Mas eu prefiro não arriscar, prefiro fugir do pecado. Mais agrada a Deus essa obediência de fugir do que a habilidade de enfrentar. Namoro é uma coisa recente também, minha avó namorou, mas minha bisavó não. Acredito que do tempo da minha bisavó para cá tenhamos perdido a noção do que é intimidade sexual, quão profundo é isso. Duas pessoas só tem “direito” uma do corpo da outra depois de casadas, porque se pertencem, se tornaram um. Beijo já é uma intimidade muito grande, algo que marca demais o outro (se considerarmos que é parte do ato sexual então…). Não é pq estou solteira que devo aprontar, experimentar… é o que diz nossa cultura, mas não a Bíblia… ou diz? Eu pretendo fazer corte porque me parece mais seguro. Tem a idéia de preservar seu emocional também, das marcas que um namoro pode deixar quando termina etc. E o que eu acho mais interessante é que você só faz a corte quando já tem alguma certeza, e já faz meio que para confirmar o que Deus já falou antes, e também depois de levar em conta o conselho dos pais, por exemplo. Não tem aquela coisa de namorar porque achou legal e quer passar o sábado à noite com ele. Ter um namoro só pra não ficar sozinho definitivamente é pecado. Além disso, namoro é algo meio egoísta, você começa quando quer e termina quando quer, então… no casamento não pode ser assim, né? Aí no final você já beijou vários, já foi marcado por vários, chega no meio do casamento você tem aquelas lembranças, em meio aos problemas que começam a enfrentar, enfim… As pessoas começam a se lembrar das besteiras que fizeram com o corpo do outro e se sentem culpadas, e cheias de traumas por causa de todos aqueles outros relacionamentos, aí começam a ter ciúmes exagerados… Tantos problemas que podem ser evitados, se apenas tivermos paciência para guardar nosso coração! Meus pais também namoraram e hoje são felizes, mas já chegaram a se separar e tudo, e depois Deus restaurou minha família. Não precisavam ter passado por aquilo tudo. E não é só o exemplo deles que eu tenho. Em Gênesis 24 vemos como Deus mostrou quem deveria ser a esposa de Isaque através de um sinal. Para mim, saber que Deus pode mandar uma confirmação dos céus mostrando quem deve ser meu marido faz um beijo na boca antes do casamento perder seu sentido. A coisa que mais me chama atenção é que tem anjo envolvido! É uma coisa realmente séria. Como geralmente se escolhe um namorado? Quem mais agrada aos olhos, talvez. Mas é o Espírito Santo que deve guiar tudo, e não nós mesmos. Não é que a pessoa que Deus tem pra mim não irá me agradar, não é isso mesmo, mas é que não é algo que deve partir da minha alma. Só assim eu fui entender porque a Bíblia manda fugirmos das paixões da mocidade, vi como é sério, elas enganam direitinho! 2 Timóteo 2:22, “Foge, outrossim, das paixões da mocidade. Segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor”. Muitos namorados, depois que se casam e acaba aquele fogo inicial, aquela paixão desenfreada, vão perceber que não era aquela a pessoa certa. E agora?! Já estão casados, não tem mais volta! Agora, guiado pelo Espírito Santo não tem erro… Então pra que namorar? Isso que antes eu achava que seria tão necessário às vezes me parece inútil. Serve para tirar o foco que o solteiro deve ter nas coisas do Senhor, para você colocar no outro um desejo que não pode satisfazer, e quando estiver cansado da pessoa dar um pé na bunda dela, sem ligar para seus sentimentos? Sinceramente, isso não me parece nem um pouco da vontade de Deus. Acha que é da vontade de Deus beijar um agora e outro depois? Só porque é solteiro? Não te dá esse direito, eu sinto muito. Não é do propósito perfeito de Deus namorar com vários até achar a pessoa certa! Isso é padrão do mundo! Ou você pode dizer: “ah, eu serei feliz com essa pessoa agora”… mas você pode ser feliz com ela sendo apenas amigo, pra que ficar se pegando com ela se vocês poderão fazer isso tudo e terminar o resto de uma vez no casamento? . Já vi homens de Deus e mulheres de Deus caírem nessa área: adultério, não conseguir

controlar o corpo no namoro, etc. Pecados na mente então, nem se fala. É porque é algo que vai acontecendo aos poucos, sutilmente uma mão onde não deve, depois um pensamento a mais, e quando se dá conta… enfim. É muito mais fácil cortar o pecado pela raiz. Sabe, são coisas absurdas, infelizmente nossa igreja como um todo está impregnada desses valores mundanos de que se você é solteiro tem mais é que aproveitar, mas não, isso não é de Deus mesmo, Deus tem algo muito melhor pra nós. Um casamento abençoado em todos os sentidos, sem feridas nem marcas. Não é que a corte seja perfeita, porque nós não somos perfeitos, mas é muito mais fácil de controlar certos impulsos sem certas coisas que acontecem em um namoro. As pessoas se deixando influenciar, fazem tantas coisas que acham que estão fazendo elas felizes, para mais tarde ficarem cheias de remorso. São tantos casos de namoro quente e casamento frio. Tanta gente hoje que se pudesse voltar atrás não teria feito. O que custava esperar? Por mais que vc não passe de um beijo, o que pra muita gente é difícil, me diga, o que custa esperar? E por mais que ninguém aqui mereça tais cuidados, Deus realmente se importa conosco. Acredite, vale a pena colocar-se no centro de Sua vontade. Cada época da vida tem sua beleza, nenhuma fase é melhor do que a outra. Não deixe o brilho de ser solteiro e completamente livre para realizar a obra de Deus ser ofuscado por um namoro ou mesmo pelo anseio pelo mesmo. Simplesmente confie de verdade que Deus tem o melhor para cada um de nós. Ele tem um propósito, um sonho para cada um dos Seus, mas nós temos o livre-arbítrio. Temos que tomar cuidado para não deixar nossas escolhas nos afastarem desse propósito, que é bom, perfeito e agradável.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->