P. 1
PREPARO CINTILOGRAFIA DE PERFUSÃO MIOCÁRDICA 02 DIAS

PREPARO CINTILOGRAFIA DE PERFUSÃO MIOCÁRDICA 02 DIAS

|Views: 2.319|Likes:
Publicado porroqnog

More info:

Published by: roqnog on Apr 06, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/03/2013

pdf

text

original

CINTILOGRAFIA DE PERFUSÃO MIOCÁRDICA – REPOUSO E ESFORÇO (PROTOCOLO DE 02 DIAS

)
Este exame é realizado em dois dias: um para imagens de “repouso” e outro para imagens após “esforço” / estresse farmacológico. Preparo para o dia do REPOUSO: _____/_____/_____ às _____:_____ hs • Não é necessário jejum. • Descansar bem na noite anterior ao exame e evitar exercícios físicos por 24 horas antes do exame. Preparo para o dia do “ESFORÇO” / estresse farmacológico: _____/_____/_____ às _____:_____ hs • Pode se necessário suspender alguns tipos de medicações para o coração e pressão alta. Consulte seu médico se as medicações que usa deverão ser suspensas para a realização do exame. NÃO SUSPENDA MEDICAÇÕES SEM A ORIENTAÇÃO DIRETA DO SEU MÉDICO. • Não ingerir cafeína ou xantinas 24 horas antes do exame. Suspender café, café descafeinado, chás, refrigerantes, bebidas “energéticas”, chocolate, achocolatados, produtos derivados do guaraná, banana, chimarrão e alimentos e medicamentos que contenham cafeína e/ou xantinas (como neosaldina, doril, dorflex, tandrilax, aminofilina, teofilina, persantin, xaropes, algumas medicações para gripe e dores de cabeça / enxaqueca e anti-inflamatórios para dores musculares, entre outros). Informe-se no serviço de medicina nuclear sobre medicações deste tipo que esteja utilizando, pois as mesmas podem alterar de maneira importante o resultado do exame, que pode perder sua utilidade clínica. • Não ingerir bebidas alcoólicas por 24 horas antes do exame. • O exame não pode ser feito em jejum. O paciente deve fazer uma refeição leve (pequena quantidade de pão ou bolacha, leite ou suco) antes de vir ao setor de Medicina Nuclear. Caso o exame seja feito à tarde, almoçar pelo menos 2 horas antes do exame. • Trazer roupa esportiva caso seja feito teste ergométrico (camiseta, calção ou calça de agasalho esportivo e tênis). • O calçado pode ser um tênis ou sapato fechado baixo com sola de borracha (não é permitido outro tipo de sola). Clientes vestindo saias, vestidos, sandálias ou calçados com salto não poderão realizar o exame. Preparo para os dois dias do exame: • Não fumar por 24 horas antes do exame. • Não utilizar cremes ou loções sobre a pele do tórax por 24 horas antes do exame. • Use, de preferência, roupa com abertura na região anterior do tórax e que não possua objetos metálicos no pescoço ou no tórax. Evite também adornos metálicos nestas regiões (cordões, colares, etc.). As pacientes do sexo feminino devem evitar os sutiãs com bojo, enchimentos, suportes e hastes metálicas na frente (o fecho das costas não interfere). O serviço disponibilizará um avental apropriado caso não seja possível comparecer nestas condições. • Em alguns casos pode ser necessária tricotomia (raspagem dos pelos do tórax) para posicionar os eletrodos. • O tempo de “leitura” das imagens no aparelho é de aproximadamente 15 minutos. • Trazer anotados os nomes de quaisquer medicações que tenha tomado nos últimos cinco dias. Nos dias do exame: • Chegar pelo menos 30 minutos antes do horário agendado. O serviço de medicina nuclear não se responsabilizará por eventuais atrasos causados pela demora na autorização dos exames pelo seu plano de saúde. • Trazer pedido médico ou guia do convênio devidamente autorizada, além de CPF / identidade (RG). • O atendimento será realizado por ordem de chegada. • Trazer exames anteriores do coração (cintilografia, ecocardiograma, teste ergométrico e cateterismo - se houver). • Reservar o período inteiro para a realização do exame (manhã ou tarde) nos dois dias do exame. Será realizada injeção do “medicamento” e marcado horário de retorno para realizar a “leitura” no aparelho após, aproximadamente, 01 hora. Este tempo poderá ser prolongado dependendo da ordem de chegada (1 a 3 horas). A duração média aproximada da “leitura” das imagens no aparelho em cada fase é de 15 minutos. Mas, para garantir um exame de máxima qualidade, imagens adicionais podem ser necessárias a critério médico, o que pode aumentar o tempo de exame e gerar algum atraso. • No dia do “esforço” / estresse farmacológico um cardiologista irá realizar o teste ergométrico ou a administração de dipiridamol. • O paciente pode trazer um passatempo (livro, jornal, revista,...) • Nos intervalos entre as fases do exame o paciente pode sair do serviço, se assim desejar, mantendo suas atividades normais – desde que não comprometa o horário de retorno. Quando dentro da clínica, deve permanecer na sala de pacientes injetados. • Pacientes incapazes de fornecer informações sobre sua saúde, tratamentos e exames já realizados deverão trazer acompanhantes capacitados para fazê-lo. • O “medicamento” utilizado na cintilografia é um radiofármaco - não é contraste e não causa reações alérgicas graves. • Não são permitidas acompanhantes gestantes (grávidas) Contra-indicações: • O exame é contra-indicado em portadores de ASMA grave, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica – p. ex.: enfisema), angina instável, enxaqueca grave, estado febril, infecções agudas, diarréia e período menstrual. • Pacientes grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão ser submetidas ao exame. Informe imediatamente ao pessoal do serviço de medicina nuclear se houver suspeita de gravidez. • O paciente não deve ter sido submetido a tomografia das coronárias (“multislice”) nas últimas 72 horas. • Avisar se foi submetido exames ou tratamentos de medicina nuclear (cintilografias ou doses terapêuticas de radiofármacos) nos últimos 30 dias. Pode ser necessário um intervalo maior para a realização deste exame. Qual a utilidade deste exame? A doença coronariana é a principal causa de morte no Brasil. Ela geralmente é causada pelo depósito progressivo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos, o que causa um estreitamento das coronárias e reduz a irrigação sanguínea do músculo do coração. Esta redução pode afetar a função do coração e, algumas vezes, causar “ataques cardíacos”. Alguns dos sintomas comuns são dor ou desconforto (aperto) no peito e “falta de ar”. Entretanto, estes sintomas nem sempre são causados por doenças do coração. Além disso, alguns pacientes com doença coronariana podem não apresentar sintomas. A Cintilografia de Perfusão Miocárdica e o teste ergométrico são exames comuns usados pelos médicos para diagnosticar se há obstrução significativa das coronárias e para avaliar a sua severidade de maneira “não-invasiva”.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->