P. 1
Comunicação e Informação

Comunicação e Informação

|Views: 718|Likes:
Publicado porRaquel Fantasia
Trabalho sobre a as características da comunicação e informação.
Trabalho sobre a as características da comunicação e informação.

More info:

Published by: Raquel Fantasia on Apr 06, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

10/24/2012

Comunicação e Cultura

Educação Comunicação e Multimédia Cláudia Fantasia

Informação e Comunicação

1) Diferenças entre comunicação e informação Informação Esquema Emissor Agentes Um emissor e um ou vários receptores. Emissor = aquele que transmite a mensagem Receptor = aquele que recebe a mensagem Pressupostos Nem sempre é comunicação. Não há resposta do receptor. Receptor Emirec Dois ou mais emirecs. Emirec = aquele que assume duplo papel: o de emissor e o de receptor. Emirec Comunicação

Informação circula simultaneamente de um lado e do outro. Existe interacção entre os vários agentes. Pressupõe e utiliza sempre informação. Bi ou multidireccional (circulação de informação em dois sentidos, entre emirecs; informação circula simultaneamente de uma lado e do outro) - Rádio insere-se na comunicação se houver diálogo entre o locutor e o ouvinte. (Ex: linha aberta) - Se depois de lançado o artigo, houver feedback.

Circulação da mensagem

Unidireccional

Exemplos

- Rádio insere-se mais na informação porque só transmite conteúdo. - Docs científicos são stocks de informação, conteúdo armazenado que se dirige ao público quando redigido em artigos.

Pág 1 / 5

Comunicação e Cultura
Educação Comunicação e Multimédia Cláudia Fantasia

2) Entropia e neguentropia Para percebermos o que é entropia, temos que primeiro perceber os princípios da termodinâmica da Física:  1º princípio: “A energia pode-se transformar em trabalho.” (ex: a energia dos combustíveis é utilizada para mover os meios de transporte)  2º princípio: “Na transformação de energia em trabalho, há uma parte de energia que se perde sob a forma de calor, que é designada por entropia.” (ex: quando o carro anda, há uma parte de energia que se perde para a condução ser optimizada, por exemplo, sob a forma de calor para aquecer o motor; se trabalharmos muito depressa, ficamos com calor)

Entropia aplicada em termos comunicacionais:  Quando há perda de informação na comunicação, dispersão de mensagem por diversas razões (ruído, desatenção, interferências, …), existe entropia. Ex: barulho das praxes é factor entrópico para que os alunos recebam adequadamente a informação em sala de aula. Ex: Se a fábrica de tecidos receber mal a informação, há perda de informação. Se processar bem a informação do meio, a perda de informação é menor.  Antónimo de entropia é entropia negativa ou neguentropia e aplica-se quando há ganho de informação adicional no sistema.

Concluindo: - entropia é perda de informação no sistema. - neguentropia é ganho de informação no sistema.

3) Feedback positivo e negativo   Feedback positivo existe quando o sistema comunicacional não aprende com o meio e continua a insistir na sua mensagem inicial. Feedback negativo existe quando o sistema comunicacional aprende com o meio e renova a sua mensagem (é a informação que provém do meio e que retorna no sistema).

Concluindo: feedback e entropia estão directamente ligados, o feedback negativo leva-nos à neguentropia enquanto o feedback positivo leva-nos à entropia.

Pág 2 / 5

Comunicação e Cultura
Educação Comunicação e Multimédia Cláudia Fantasia

4) Teoria geral dos sistemas (Teoria sistémica) aplicada na informação:  O sistema recebe informação do meio, essa informação entra (input) no processamento de informação, depois sai (output) já transformada. Se houver retorno da informação no sistema dá-se o feedback negativo e a neguentropia.

M E I O

Inputs Entradas

Processamento de informação

Outputs Saídas

M E I O

Neguentropia Feedback negativo

Exemplo: Para que uma fábrica produza camisas, tem que haver entrada de informação do meio sobre moda, como se faz camisas, etc, que são os inputs. Em seguida, processa essa informação recolhida e dá saída do produto no meio que contém símbolos, formato, desenho, etc, que são os outputs. As camisas podem ser bem ou mal vendidas e para que uma fábrica tenha sucesso, há que fazer um balanço das vendas, fazer o estudo do mercado… Haverá feedback positivo se a fábrica reforçar a sua ideia sem fazer estudo do mercado, por exemplo: reforça a produção de camisas no sentido de tornar os produtos mais baratos para aumentar as vendas. Com o feedback positivo há entropia, porque o sistema não corrige, reforça a sua tendência e esse desfasamento entre a empresa e o meio leva à falência da mesma. O feedback é negativo se ouvir o meio e se melhorar o produto consoante a resposta do meio. Traz informação adicional para que o sistema não se desgaste, é uma mais-valia, gere ganho e por isso, há entropia negativa ou neguentropia. Em situações em que o produto é bem aceite no mercado e a empresa não o modifica, poderão levar a feedback positivo, pois deve-se estar a par das tendências da moda.

Assim sendo, o conceito negativo torna-se bom quando aplicado nos termos entropia e feedback, uma vez que representa melhoria, ganho relacional entre a empresa, sistema e meio. Concluindo: Respostas inadequadas  perda de informação (entropia) Respostas adequadas  ganho de informação (neguentropia)

Pág 3 / 5

Comunicação e Cultura
Educação Comunicação e Multimédia Cláudia Fantasia

5) Teoria geral dos sistemas (Teoria sistémica) aplicada na comunicação:

M E I O

Emirec 1

MEIO CANAL

Emirec 2

M E I O

             

Código Codificação Descodificação Mensagem Canal Emissor Receptor Redundância Withinputs Ruído Feedback positivo Entropia Neguentropia Feedback negativo

-

-

-

O emissor sabe que o receptor predispõe do mesmo código e estrutura a sua mensagem segundo esse código para que o receptor o descodifique. A mensagem é transmitida segundo um canal (ondas sonoras, texto escrito, ondas electromagnéticas, etc.). Se o emirec 2 disser que não percebeu tudo, não recebeu a mensagem na sua totalidade, envia um feedback negativo e o emirec 1 reformula a sua mensagem, que se chama redundância. Ruído leva à entropia.

Pág 4 / 5

Comunicação e Cultura
Educação Comunicação e Multimédia Cláudia Fantasia

 

Para que o receptor receba a informação e possa descodificá-la, o emissor tem que codificar as suas ideias na sua mensagem e ambos têm que possuir o mesmo código. O emissor organiza as ideias e transforma-as em mensagem através de um código comum entre o emissor e o receptor. (Ex: Na aula, o código é a língua portuguesa, codificado em forma simples para que nós possamos descodificar.) Interferências no canal dificultam a descodificação da mensagem pelo receptor e conduz à Entropia no sistema comunicacional. O que conduz à má descodificação da mensagem são: desatenção, ruído e mau conhecimento do código. O mais frequente é haver ruído no canal. Se não dispusermos do mesmo código, há perda de informação. (Ex: Praxes nas aulas: ruído interfere o canal de ondas acústicas, dá-se a distracção, há quebra no emissor e gere entropia.) A neguentropia conduz ao ganho de informação na comunicação. (Ex: mais questões em aula levam a um maior retorno de informação, o que gera maior processamento de informação =» feedback negativo) Canal é a via por onde passa a informação. Exemplos de canais: Na empresa escrita o canal da mensagem é texto escrito; na televisão são as ondas electromagnéticas (o som e a imagem são tele-enviados) e na comunicação verbal o canal usado são as ondas sonoras. Redundância é a desmultiplicação de informação; repetição das mesmas ideias para haver melhor explicação; reorganização da mensagem para que possa se percebida e descodificada pelo receptor. A redundância é útil, mas como qualquer mensagem tem que ser bem doseada e medida para que seja bem recebida e se possa processar mais mensagens em menor tempo possível. Por exemplo, se for excessiva na relação pedagógica pode levar ao tédio, bocejo e desatenção por parte dos alunos.

  

Pág 5 / 5

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->