Você está na página 1de 8

Mtodos fsico para o

tratamento de efluentes
lquidos
Alcyr J. M. Vergetti Filho
Jean Vitor Moura Neumann
Pedro Cavalcante Andrade
Vitor Gama Carnaba Azevedo

Processos de tratamento de
efluentes lquidos
Os sistemas de tratamentos de efluentes

objetivam primordialmente atender


legislao ambiental e em alguns casos ao
reuso de guas;
Os processos podem ser classificados em
fsicos, qumicos e biolgicos em funo da
natureza dos poluentes a serem removidos e
ou das operaes unitrias utilizadas para o
tratamento.

Processos fsicos
So os processos que basicamente removem os
slidos em suspenso sedimentveis e
flutuantes atravs de processos fsicos, tais
como:
Gradeamento;
Peneiramento;
Separao de leos e gorduras;
Sedimentao;
Flotao.

Gradeamento
Reter resduos de grande dimenso
Dispositivos constitudos por barras e igualmente

espaados (caixa de gradeamento)

Gradeamento
Para limpeza dos resduos slidos acumulados e

operao do dispositivo dever ser realizada a


manuteno da caixa de gradeamento (2 vezes
por semana)

Peneiramento
Remoo de slidos normalmente com

dimetros superiores a 1 mm (slidos que


normalmente causam entupimento)
Peneiras utilizadas tm malhas com barras
triangulares com espaamento variando entre
0,5 a 2mm, podendo a limpeza ser
mecanizada (jatos de gua ou escovas) ou ser
esttica

Peneiramento
A utilizao de peneiras imprescindvel em

tratamentos de efluentes de indstrias de


refrigerantes, txtil, pescado, abatedouros e
frigorficos, curtumes, cervejarias, sucos de
frutas e outras indstrias de alimentos;
As peneiras devem ser aplicadas tambm em
outros efluentes que apresentem materiais
grosseiros, tais como: fiapos; plsticos;
resduos de alimentos, etc.

Peneiramento
A foto mostra uma peneira
com limpeza mecnica instalada
em um abatedouro de aves.