Você está na página 1de 2

Carta de Abraham Lincoln ao professor de seu

filho:

Caro professor, Ele ter de aprender que nem todos os homens so justos,
nem todos so verdadeiros, mas, por favor, diga-lhe que, para cada vilo, h
um heri; que para cada egosta, h tambm um lder dedicado.
Ensine-lhe, por favor, que para cada inimigo haver tambm um amigo;
Ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada;
Ensine-o a perder, mas tambm a saber gozar da vitria.
Afaste-o da inveja e d-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso.
Faa-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o tambm perder-se com os
pssaros do cu, as flores do campo, os montes e os vales.
Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais
que a vitria vergonhosa; ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra
todos.
Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros;
Ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros tambm
entraram.
Ensine-o a ouvir a todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho;
Ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens
tambm choram.
Ensine-o a ignorar as multides que reclamam sangue e a lutar s contra
todos, se ele achar que tem razo.
Trate-o bem, mas no o mime, pois s o teste do fogo faz o verdadeiro ao.
Deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a pacincia de ser corajoso.
Transmita-lhe uma f sublime no Criador e f tambm em si, pois s assim
poder ter f nos homens.
Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor.
Abraham Lincoln, 1830.
Fonte:
professor/

http://wp.clicrbs.com.br/moacirpereira/2012/03/15/lincoln-carta-ao-

Texto encontrado aps a Segunda Guerra


Mundial, num campo de concentrao nazista:
Prezado Professor, sou sobrevivente de um campo de concentrao. Meus
olhos viram o que nenhum homem deveria ver. Cmaras de gs construdas
por engenheiros formados. Crianas envenenadas por mdicos diplomados.
Recm-nascidos mortos por enfermeiras treinadas. Mulheres e bebs fuzilados
e queimados por graduados de colgios e universidades. Assim tenho minhas
suspeitas sobre a Educao. Meu pedido : ajude seus alunos a tornarem-se
humanos. Seus esforos nunca devero produzir monstros treinados ou
psicopatas hbeis. Ler, escrever e saber aritmtica s so importantes se
fizerem nossas crianas mais humanas.
Fonte:

http://www.pucsp.br/ex-alunos/debates_2.html

Aos colegas professores desejo que no se deixem abater e que sigam firmes
no
seu
propsito.
Professor Josimar