Você está na página 1de 7

Dimensionamento da

Tubulao
 Consiste

em escolher corretamente
o material da tubulao e estimar o
valor do dimetro
otimizar os valores de perdas de
carga
minimizar os custos totais do
empreendimento (custos fixos mais
custos variveis).

Dimensionamento da
Tubulao
 Na

estimativa do dimetro de um
conduto sob presso deve se levar em
considerao:
parmetros hidrulicos: vazo, perdas de
carga, velocidade de escoamento;
parmetros econmicos: custo de
bombeamento e amortizao das
instalaes.

Selecionamento de Tubulaes
 Materiais

mais utilizados na irrigao

Ao Zincado
PVC (policloreto de vinila)
PE (polietileno)
Ferro Fundido (adutoras)
Alumnio
Cimento Amianto

Escolha do material
 Vai

depender da funo que a tubulao


tem dentro do sistema e da avaliao
econmica do projeto. Exemplos:
Adutoras de piv central pode-se utilizar o
ferro fundido, o cimento amianto, o PVC e o
ao
Nas linhas laterais de asperso convencional
os materiais mais utilizados so o alumnio e o
PVC (mais comum),
Nas linhas laterais da irrigao por
gotejamento o polietileno

Selecionamento das Tubulaes


 Classificadas

de acordo com:
Dimetro Nominal (DN)
dimetro

interno em mm (Norma Brasileira)

Presso de Servio (Ps)


mxima

presso que o tubo suporta em servio


contnuo.

Presso Nominal (PN)


presso

de dimensionamento do tubo, igual a


Ps 20 C.

Selecionamento de Tubulaes
 Presso

Nominal

Presses Nominais esto relacionadas tenso


circunferencial do material e relao dimetro
espessura mnima de parede (RDE)
_
2
RDE =

PN

+1

RDE = relao dimetro/espessura de parede


= tenso circunferencial admissvel em MPa;
PN = presso nominal em MPa;

Selecionamento de Tubulaes
 Presso

Nominal

 Relao

dimetro espessura mnima de parede (RDE)

dem
RDE =
e
 dem

= dimetro externo mdio(L)


 e = espessura mnima de parede (L)
 Ex.:

PN40 = presso mx de 40 mca (Brasil).


Classe 4 = presso max de 4 kgf /cm2 (exterior).