Você está na página 1de 1

O senador Delcdio Amaral (PT-MS) decidiu fazer acordo de delao premiada perante o g

rupo de trabalho da Procuradoria-Geral da Repblica na Operao Lava Jato.


Segundo a revista "Isto", ele citou vrios nomes, entre eles o da presidente Dilma
Rousseff e o do ex-presidente Luiz Incio Lula da Silva, e detalhou os bastidores
da compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras, entre outros assuntos. As pri
meiras revelaes do ex-lder do governo fazem parte de um documento preliminar da col
aborao.
Nesta fase, o delator indica temas e nomes que pretende citar em seus futuros de
poimentos aps a homologao do acordo.
Delcdio foi preso no dia 25 de novembro do ano passado acusado de tentar atrapalh
ar as investigaes da Operao Lava Jato e solto no dia 19 de fevereiro. Desde que saiu
da priso, Delcdio nega ter feito delao premiada.