Você está na página 1de 2

A importncia da lngua portuguesa e suas implicaes so evidentes,

mormente, na vida profissional. Basta refletir acerca da principal


razo de eliminao de candidatos vagas de emprego em
determinados setores. A linguagem o carto de visita. Ao ouvir
algum por cinco minutos, j temos a ideia formada da formao da
pessoa que est falando.
O portugus a lngua oficial de oito pases do mundo, espalhados em
quatro continentes. Estima-se que quase 250 milhes de pessoas falem
o idioma. Depois do Brasil, os pases onde o portugus mais falado so
Moambique (19 milhes), Portugal e Angola (11 milhes cada um) e
Guin Bissau (mais de um milho).
A lngua portuguesa reflete, em muitos sentidos, o esprito aglutinador
de seus falantes. Por causa das invases mouras Pennsula Ibrica,
regio da Europa onde se localiza Portugal, e devido colonizao
portuguesa de vastas regies na Amrica do Sul, frica e sia, a nossa
lngua entrou em contato com os falares de diferentes regies do mundo.
Como resultado disso, o nosso idioma acabou enriquecido com inmeras
palavras oriundas do rabe, das lnguas indgenas brasileiras e das
lnguas africanas. De certa forma, o sincretismo observado nas nossas
relaes sociais transparece tambm na nossa forma de falar.
A lngua um universo muito nosso e desconhecido, o da lngua
portuguesa. Poucas vezes pensamos nela direito, to habitual o seu
uso, tampouco nos despregamos de seus efeitos. A lngua que
usamos revela o que somos, e nem sempre nos damos conta. Est na
msica, na arte, no trabalho, na poltica, em toda a cultura, trai
preconceitos, as nfases do passado e os papis que adotamos nas
nossas relaes sociais.
O interesse pelo portugus se evidencia para alm do estudo da
gramtica ou de seus padres. O domnio da linguagem, tanto oral

quanto escrita, tornou-se indispensvel para a vida profissional e


por intermdio dela que se garante a prpria cidadania.
a essa demanda prtica e social que a revista Lngua pretende
atender, ao identificar e colocar em discusso o que h de mais
relevante no idioma portugus, na fala brasileira e variantes.
Assim, disse Fernando Pessoa: minha ptria a lngua portuguesa. No
se importava que invadissem Portugal, desde que no mexessem com
ele. Mas isso no era egosmo. No fundo, o escritor sabia que, enquanto
houvesse o nosso jeito de falar, no perderamos a identidade, no nos
abateramos diante dos infortnios, no perderamos a voz, nem nosso
reflexo no espelho.