P. 1
Trabalho Sobre o Empreendedorismo Em Angola

Trabalho Sobre o Empreendedorismo Em Angola

|Views: 1.724|Likes:
Publicado poryonayoka

More info:

Published by: yonayoka on Apr 20, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/21/2012

pdf

text

original

Introdução

Empreendedorismo como sabemos é o principal factor de desenvolvimento de um país. Nos anos anteriores o empreendedorismo não tinha tanta saída como agora no nosso país porque era muito difícil e o país estava numa fase de guerra. Nos dias de hoje o é país com o empreendedorismo mais alto no mundo, isso porque surgiram novas oportunidades dos empreendedores mostrarem as suas ideias e os seus empreendimentos. Em 2008, a taxa de empreendedorismo foi de 22,7%, significando que pelo menos 23 dos adultos em cada 100 estiveram envolvidos na criação de novos negócios. Em Angola tem cerca de 4,7vezes empreendedores de negócios nascentes do que donos de novos negócios. Estes dados tornam o país com a maior diferença relativa entre dois tipos de actividades empreendedoras. Em Angola as mulheres estão mais envolvidas no ramo do empreendedorismo o que e muito importante também para a nossa sociedade. Existem algumas empresas que são grandes empreendedoras no nosso país, tais como: Odebrecht, Maexpa Angola, Urbanova, e a Escom.

Desenvolvimento
O empreendedorismo pode fortalecer o sector privado, o Ministro da educação Pinda Simão, considerou em Luanda que o desenvolvimento de uma cultura empreendedora na camada estudantil em Angola permitirá o fortalecimento do sector privado nacional. Em Angola tem como objectivo promover atitudes positivas entre os jovens com relação ao trabalho. Sabendo que o empreendimento e os pequenos negócios promovem a criatividade, o espírito empresarial e a auto-confiança de modo a incrementar ou promover o autoemprego, assim como criar as base-empresariais que permitem o desenvolvimento de um sector privado angolano sustentável. Contribuirá para reduzir o desenvolvimento irregular das regiões por ausência de quadros empreendedores, ajudando na formação de jovens quase procuram soluções e criam emprego.

Conclusão
Com o crescimento do empreendedorismo em Angola, irá permitir o crescimento de negócios novos e inovadores, contribuindo assim para reduzir a dependência do país relativamente ao petróleo e mantendo as mais elevadas taxas de crescimento a nível mundial.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->