Modelagem de

Banco de Dados Relacional

Modelo Lógico

Professor Ari Oliveira

Apostila de Banco de Dados:

Modelagem de Dados
8. MODELO LÓGICO
O modelo lógico é o modelo que mostra toda a estrutura do banco de dados, mas é
ainda independente de SGBD, ou seja, pode ser usado em qualquer banco de dados. Quando
estiver pronto, podemos ter noção da estrutura e de todas as tabelas (entidades) que o
sistema terá, com consistência, segurança e sem redundâncias. Após este modelo, já
direcionaremos o nosso banco para o SGBD a ser utilizado, ou seja, Oracle, MySQL, SQL
Server, PostgreSQL, etc.
O método para se chegar ao Modelo Lógico consiste em realizar a “decomposição”
do nosso modelo anterior, o Modelo Conceitual, fazendo o detalhamento total dos itens do
DER. Existem vários métodos conhecidos para realizar esta tarefa. Alguns dos métodos mais
conhecidos são a Normalização e o Top-down. Nos nossos estudos aqui, continuaremos
usando as regras da modelagem Top-down, o que simplificará bastante nosso trabalho e
chegará ao mesmo resultado!
Bem, este processo basicamente consiste tem aplicar ao nosso modelo 8 regras, pois
quando terminarmos já teremos o modelo pronto. Aqui abaixo estão listada elas:
1. 1:N
2. Redundância Funcional
3. Multivaloração
4. N:N
5. Relacionamento Múltiplo
6. Agregação
7. Autorrelacionamento
8. Particionamento
Veremos a seguir a aplicação de cada uma destas regras, passo a passo.

Página 2 de 23

Alunos Cód. vamos ver exemplos de Cód. do Aluno Nome 1 Alberto Machado da Silva 2 Antônio Machado da Silva 3 Clécio Grilo Meireles 4 Márcio de Souza Gomes Escolas Cód. da Escola 1 1 2 1 Gênero Salesiano Marista Página 3 de 23 . mas sem ser determinante. da Escola 1 2 decomposição.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. N 1 Exemplo: N 1 N 1 Para melhorar o entendimento dessa instâncias das entidades.1 REGRA PARA 1:N y N 1 Regra: Copiamos o atributo determinante do lado 1 para o lado N.

Passo 4: Surge um relacionamento de cardinalidade 1:N da entidade nova para a antiga. Passo 3: Cria-se um determinante artificial para a entidade nova.2 REGRA PARA REDUNDÂNCIA FUNCIONAL Passo 1: Remove-se o atributo em redundância e surge uma nova entidade cujo nome será o do atributo. Passo 2: O atributo em redundância passa para a nova entidade sem ser redundante. no plural.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. N 1 Página 4 de 23 . N 1 Passo 5: Decompõe-se o relacionamento 1:N.

da Música Título 1 5ª Sinfonia de Beethoven 2 Não deixe o samba morrer 3 Morango do Nordeste 4 Mais que nada 5 9ª Sinfonia de Beethoven Gêneros Cód. vamos ver exemplos de Duração 5:20 3:43 3:15 2:55 4:18 Cód.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Exemplo: N 1 Para melhorar o entendimento dessa instâncias das entidades. Músicas Cód. do Gênero 1 3 2 3 1 Gênero Clássica Forró Samba Página 5 de 23 . do Gênero 1 2 3 decomposição.

no plural. Passo 3: Surge um relacionamento de cardinalidade 1:N da entidade antiga para a nova. Passo 2: O atributo multivalorado passa para a nova entidade sem ser multivalorado. 1 N Página 6 de 23 . com o nome da entidade antiga.3 REGRA PARA MULTIVALORAÇÃO Passo 1: Apagamos o atributo multivalorado e surge uma nova entidade cujo nome será uma combinação do nome do atributo.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. 1 N Passo 4: Decompõe-se o relacionamento 1:N 1 N Passo 5: Os atributos da nova entidade irão formar um determinante composto.

com 2 marcosv@gmail. vamos ver exemplos de instâncias das entidades. do Usuário Email 1 cephas@hotmail.com 3 cesinha@gmail.com 1 cephas@gmail. do Usuário Nome 1 Cephas Barreto da Silva 2 Marcos Vitorino Medeiros 3 César Leonardo Pereira Emails dos usuários Cód.com 3 cesarleo2@hotmail.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Exemplo: 1 N Para melhorar o entendimento dessa decomposição.com Página 7 de 23 . Usuários Cód.

Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Atenção! Em alguns casos. Exemplo: 1 N 1 N N 1 Para melhorar o entendimento dessa decomposição. o antigo atributo multivalorado cai em redundância funcional. Nesses casos a decomposição do atributo em redundância deverá ser efetuada (usando a regra da redundância funcional). após decomposta a multivaloração. Filmes Cód. vamos ver exemplos de instâncias das entidades. do Filme Título Atores dos Filmes 1 Rota de Fuga Código do Filme Código do Ator 2 Esqueceram de mim 3 1 3 Os Mercenários 3 3 3 4 Atores 2 2 Cód. do Ator Ator 1 1 1 Arnold Schwarzenegger 1 3 2 Macaulay Culkin 3 Sylvester Stallone 4 Jet Li Página 8 de 23 .

pode-se criar um determinante composto (com os atributos que vieram da decomposição 1:N). para N (do lado da nova entidade). Em alguns casos. 1 N N 1 Página 9 de 23 . Passo 2: Surgem duas novas relações de cardinalidade 1 (do lado da entidade antiga). Em outros casos se poderá criar um novo determinante artificial. 1 N N 1 Passo 3: Decompõe-se os dois relacionamentos 1:N.4 REGRA PARA N:N N N Passo 1: Quebra-se as pernas do relacionamento e surge uma nova entidade no lugar da relação. 1 N N 1 Passo 4: Deve-se definir qual ou quais atributos formarão a determinação.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8.

Usuários Cód. do Usuário Nome 1 Mikaely Dias da Silva 2 Eliézio Soares Gomes 3 Silas Alves Júnior Revista Cód. da Revista 2 1 3 3 Página 10 de 23 . vamos ver exemplos de instâncias das entidades. da Revista 1 2 3 Nome Veja Casa e Jardim 4rodas Assinaturas Cód.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Exemplo: N N 1 N N 1 Para melhorar o entendimento dessa decomposição. do Usuário 1 2 2 3 Cód.

onde numa só locação devem ser alocados muitos produtos.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Atenção! Nem sempre a regra básica de decomposição N:N funcionará. cada uma das novas relações ainda podem resultar em cardinalidade N:N mais uma única vez. pois. No exemplo abaixo. temos um caso de alugueis. Para verificar se isto ocorreu. Veja a resolução: N N N N 1N N1 1 N N 1 Página 11 de 23 . teste a cardinalidade entre as relações.

Clientes Cód. do Cliente 1 1 4 2 Data 01/02/2014 05/02/2014 08/03/2014 08/03/2014 Itens das Locações Cód.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Para melhorar o entendimento dessa decomposição. do Produto 1 2 3 4 Nome Cadeira Mesa Carro utilitário Toalhas Locações Cód. do Produto 1 1 1 2 2 4 3 2 4 1 4 2 4 3 4 4 Página 12 de 23 . da Locação 1 2 3 4 Cód. vamos ver exemplos de instâncias das entidades. do Cliente Nome 1 Érico Barreto Marinho 2 André Varella Alves 3 Jardson Amaral Câmara 4 Cíntia de Oliveira Neta Produtos Cód. do Usuário 1 2 2 3 Cód. da Locação Cód.

Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. Página 13 de 23 .5 REGRA PARA RELACIONAMENTOS MÚLTIPLOS N N N Passo 1: Quebra as pernas do relacionamento e surge uma nova entidade no lugar da relação.

1 N N 1 N 1 N 1 Passo 3: Decompõe-se os três relacionamentos 1:N.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Passo 2: Surgem três novas relações de cardinalidade 1 (do lado da entidade antiga) para N (do lado da nova entidade). 1 N N 1 Passo 4: Deve-se definir qual (quais) atributo(s) formará a determinação (ou criar um artificial) 1 N N 1 N 1 Página 14 de 23 .

2 3 3 1 Página 15 de 23 . do Cliente Nome Cód. do Funcionário 1 Daely Manhães 1 2 Patrícia Furtado 2 3 Baruck Pegado 3 Carros Cód. vamos instâncias das entidades. do Carro 1 2 Nome Uno Mile branco 92 Fusca azul 76 Serviço Cód. do Serviço Cliente 1 1 2 2 3 2 4 3 ver exemplos de Nome Claúdio Sebastião Wellen Cod. do Funcion. Clientes Funcionário Cód.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Exemplo: N N N 1 N N 1 N 1 Para melhorar o entendimento dessa decomposição. do Carro 1 1 2 1 Cod. do Cod.

Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. 1 N N 1 N N Passo 2: Ligue a entidade externa à agregação com a nova entidade.6 REGRA PARA AGREGAÇÃO N N N N Passo 1: Decomponha a relação dentro da Agregação. 1 N N 1 N N Página 16 de 23 .

Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Passo 3: Decomponha o relacionamento que existia fora da agregação. 1 N N 1 1 N N 1 Exemplo: N N N N Página 17 de 23 .

do Projeto 1 2 Máquinas Cód. do Funcionário Cód. vamos ver exemplos de instâncias das entidades. do Funcion. Fotográfica Cronômetro Funcionários dos projetos Cód. do Projeto 1 1 2 1 2 2 3 2 Utilizações Cód. Funcionários Cód. 1 1 3 2 2 Cód da Máquina 1 3 4 2 4 Página 18 de 23 . da Máquina 1 2 3 4 Nome Projeto 2014 Projeto 2015 Nome Computador Impressora Maq. do Utilização Projeto 1 1 2 1 3 2 4 2 5 1 Cód.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 1 N N 1 1 N N 1 Para melhorar o entendimento dessa decomposição. do Nome Funcionário 1 Helder Pacheco Jr 2 Diego Pegado Gomes 3 Kairon Ramon Perez Projetos Cód. da Cód.

N N Caso N:N Passo1: Surge uma nova entidade e dois novos relacionamentos 1:N. 1 1 N N Página 19 de 23 .Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. da entidade antiga para a nova.O atributo determinante se repete com outro nome. Passo 2: Os dois relacionamentos devem ser decompostos gerando no lado N dois novos atributos de nomes diferentes.7 REGRA PARA AGREGAÇÃO 1 N Caso 1:N . sem ser determinante.

Funcionários Código do Funcionário 1 2 3 4 5 6 7 Nome Presidente Lula Molusco Gov. Maluf Fofo Gov.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Exemplo: 1 N 1 N Para melhorar o entendimento dessa decomposição. Rosalba Boa Profeita Micarla Anjo Vereador Dagô do Samba Ministro Garibaldi Bonito Deputado Super Moura Código do Líder 1 1 3 4 1 3 Página 20 de 23 . vamos ver exemplos de instâncias da entidade.

1 1 1 1 Passo 2: O atributo determinante da partição principal se repete nas novas entidades. por dois novos relacionamentos 1:1. 1 1 1 1 Página 21 de 23 .8 REGRA PARA PARTICIONAMENTO Passo 1: Quebra-se o particionamento e surgem duas novas entidades ligadas à partição principal.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados 8. também como atributos determinantes.

Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Exemplo: 1 1 1 1 Página 22 de 23 .

Veículos Código do Veículo 1 2 3 4 5 6 Marca/Modelo Fusca/1600 Fiat Uno Mile Lada Laika Fiat Fiorino Honda Fan Honda Pop Carros Código do Veículo 1 2 3 4 Estepe Careca Não tem Furado OK Motos Código do Veículo 5 6 Passageiros 2 1 Ano 1976 1996 1982 1986 2002 2009 Página 23 de 23 . vamos ver exemplos de instâncias da entidade.Apostila de Banco de Dados: Modelagem de Dados Para melhorar o entendimento dessa decomposição.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful