Você está na página 1de 8

ROTEIRO DE ENCONTRO FORMATIVO COM CATEQUISTAS

I. Propor um momento de reflexo e partilha a partir de trechos bblicos e experincias de


vida do grupo de catequistas:
1) Imprima os trechos bblicos indicados no fim deste arquivo e espalhe, colando cada
frase bblica em um lugar diferente do ambiente;
2) Pea aos catequistas que percorram o ambiente e leiam todas as frases espalhadas e
depois escolham a que mais se identificaram e permaneam prximos da frase que
escolheram;
3) Na sequncia, os catequistas partilham as motivaes que levaram a escolha daquela
frase com o grupo.

II. Propor um momento de reviso e aprofundamento da vocao de catequista e


oportunizar a criao de vnculos entre o grupo de catequistas:
1) Pea aos catequistas que recordem-se de como se tornaram catequistas;
2) Agora, pea para que eles respondam para si mesmos porque so catequistas, ou
seja, qual a razo ou motivao que os faz ser catequistas... Dar um tempo para
pensar na resposta. Se o ambiente permitir, os catequistas podem caminhar ou
escolher um lugar para pensar. O importante que seja definido um tempo e o
retorno ao ambiente onde eles estavam reunidos;
3) Separe os catequistas em duplas, una preferencialmente aqueles que no se
conhecem ou se conhecem pouco;
4) Cada integrante da dupla, partilha com o seu par a histria da sua vocao de
catequista (como se tornou catequista) e a razo porque catequista.
5) Se houver tempo, cada catequista pode contar para o grupo a histria da vocao
do catequista com quem conversou.

III. Estabelecer o perfil de um bom catequista de acordo com as expectativas do grupo e


apresentar a proposta do perfil de catequista de acordo com o Diretrio Nacional de
Catequese (DNC).
1) Forme duplas ou trios de catequistas e pea para que eles estabeleam as trs
principais qualidades que um bom catequista precisa ter;
2) Rena todos os catequistas e pea para que cada dupla ou trio apresente as trs
caractersticas que elencaram;

3) Anote tudo em papel cartolina ou material parecido que seja visvel para todo;
4) Leia com eles os pargrafos 261-276 do Diretrio Nacional de Catequese (DNC)
e pea que apontem na lista que fizeram as caractersticas que coincidem entre o
Diretrio e as por eles elencadas.
5) Pea para que os catequistas assinem o cartaz em sinal de compromisso no
esforo de assumir o ministrio de catequese de acordo com o perfil estabelecido.

J no sou que vivo; Cristo que


vive em mim. E a vida que vivo
agora na carne, eu a vivo pela f
no Filho de Deus, que me amou e
se entregou a si mesmo por mim
(Gl 2, 20)

Ningum fique triste, pois a


alegria do Senhor a vossa fora
(Ne 8, 10)

Venham a mim, todos vos que


andam cansados e curvados pelo
peso do fardo, e eu lhes darei
descanso (Mt 11, 28)

Se algum quiser vir aps mim,


renuncie a si mesmo, tome sua
cruz e siga-me (Mt 16, 24)

Cantai ao Senhor um canto novo,


pois ele fez maravilhas: sua direita
e seu brao santo lhe garantiram a
vitria (Sl 98, 1)

Ide pelo mundo inteiro e


proclame o evangelho a toda
criatura (Mc 16, 15)

Você também pode gostar