Você está na página 1de 31
“ Turismo criativo Loulé – uma projeto de imersão na identidade, na contemporaneidade e nas

Turismo criativo Loulé uma projeto de imersão na identidade, na contemporaneidade e nas experiências” Dália Paulo

Património Cultural & Turismo Criativo, oportunidades e desafios| Casa das Artes, Porto | 18 de março de 2016

Área - 765 Km2 População Residente – 70.622 Habitantes - 15,6% (Censos 2011) 9 Freguesias
Área - 765 Km2 População Residente – 70.622 Habitantes - 15,6% (Censos 2011) 9 Freguesias

Área - 765 Km2

População Residente70.622 Habitantes - 15,6%

(Censos 2011)

9 Freguesias S. Clemente e São Sebastião, Quarteira, Almancil, Alte, União de Freguesias de Benafim, Tôr e Querença, Salir, Ameixial e Boliqueime

Sebastião, Quarteira, Almancil, Alte, União de Freguesias de Benafim, Tôr e Querença, Salir, Ameixial e Boliqueime
Sebastião, Quarteira, Almancil, Alte, União de Freguesias de Benafim, Tôr e Querença, Salir, Ameixial e Boliqueime
“ Há no substratctum rácico dos louletanos um traço comum a todos os algarvios: um
“ Há no substratctum rácico dos louletanos um traço comum a todos os algarvios: um

Há no substratctum rácico dos louletanos um traço comum a todos os algarvios: um espirito de aventura, de sonho, de dinamismo e de comunicabilidade. Mas os louletanos destacam-se dos restantes algarvios pelo seu modo de ser bairrista. O amor pela sua terra leva-os a grandes gestos colectivos, alguns de alto valor social” (Guia do Concelho de Loulé, anos 40)

Descobrir consiste não em procurar novas terras mas vê-las com novos olhos Marcel Proust

Descobrir consiste não em procurar novas terras mas vê-las com novos olhos

Marcel Proust

Descobrir consiste não em procurar novas terras mas vê-las com novos olhos Marcel Proust
LOULÉ CRIATIVO  ECOA – que inclui o Laboratório de Investigação, Experimentação e Design a

LOULÉ CRIATIVO

ECOA que inclui o Laboratório de

Investigação, Experimentação e Design a formação e qualificação de artesãos e artistas

Residências criativas e artísticas

Incubação de micro-empresas

Turismo Criativo

 Criar valor através da valorização dos recursos patrimoniais (materiais e imateriais)  Criar uma

Criar valor através da valorização dos recursos patrimoniais (materiais e imateriais)

Criar uma oferta turística complementar e não

sazonal

Promover a investigação, a formação e a inovação

nas artes e ofícios

Criar produtos criativos e diferenciadores do

destino alicerçados na autenticidade e na

identidade dos recursos

Partilhar a cultura e potenciar o saber-fazer,

enquanto recursos para a criação de emprego e

dinamização económica

ECOA – Espaço de Criatividade, Ofícios e Artes do Algarve Solar da Música Nova
ECOA – Espaço de Criatividade, Ofícios e Artes do Algarve Solar da Música Nova
ECOA – Espaço de Criatividade, Ofícios e Artes do Algarve Solar da Música Nova
ECOA – Espaço de Criatividade, Ofícios e Artes do Algarve Solar da Música Nova

ECOA Espaço de Criatividade, Ofícios e Artes do Algarve

Solar da Música Nova

“ Ha muito que se faz sentir em Loulé a creação de uma escola de
“ Ha muito que se faz sentir em Loulé a creação de uma escola de

Ha muito que se faz sentir em Loulé a creação de uma escola de artes e ofícios, de forma a orientar em moldes eficientes e técnicos as profissões dos

trabalhadores desta região, tornando-as mais praticas, mais úteis e proveitosas”

(Guia do Concelho de Loulé, anos 40)

Loulé - first Portuguese city member of Creative Tourism Network

Loulé - first Portuguese city member of Creative Tourism Network

Loulé - first Portuguese city member of Creative Tourism Network
“Tourism which offers visitors the opportunity to develop their creative potential through active participation in

“Tourism which offers visitors the opportunity to develop their creative potential through active participation in courses and learning experiences, which are characteristic of the holiday destination where they are taken.”

Crispin Raymond and Greg Richards, 2000

“Creative Tourism” is considered to be a new generation of tourism,

that involves more interaction, in which the visitor has an

educational, emotional, social, and participative interaction with the place, its living culture, and the people who live there. They feel like a citizen. This third generation requires that managers also evolve,

recognizing the creativity within their city as a resource, and

providing new opportunities to meet the evolving interests of tourists.

(UNESCO, 2006)

The Municipality of Loulé wants visitors to have the option of immersing themselves in the

The Municipality of Loulé wants visitors to have the option of immersing themselves in the local culture, affording them unique experiences and learning opportunities.

the option of immersing themselves in the local culture , affording them unique experiences and learning
OBJETIVOS  Criar produtos turísticos a partir do recurso Património Cultural do Concelho de Loulé
OBJETIVOS  Criar produtos turísticos a partir do recurso Património Cultural do Concelho de Loulé

OBJETIVOS

Criar produtos turísticos a partir do recurso Património Cultural do Concelho de Loulé

Promover experiências que permitam o desenvolvimento de

competências e o contacto com os fazedores locais

Promover a criação de novas atividades e novos empreendedores

Acrescentar valor ao recursos endógenos e potenciar a fixação de criadores

Contribuir para o repensar das artes e ofícios

Afirmar Loulé como um destino autentico e criativo 365 dias/ano

PARCEIROS

PARCEIROS

PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
PARCEIROS
GESTÃO DA REDE Assegurada pela Câmara Municipal de Loulé e pretende:  Criar massa critica

GESTÃO DA REDE

Assegurada pela Câmara Municipal de Loulé e pretende:

Criar massa critica e dar dimensão, escala e “palco” aos parceiros, assegurando a comunicação integrada

Potenciar a criação de sinergias e a articulação dos vários parceiros da

Rede

Dinamizar o plano de comunicação e de marketing da RLTC

Potenciar a densificação da oferta e alicerçá-la numa estratégia de

desenvolvimento local, de fixação de ativos e criação de emprego

Gerir os pedidos de adesão a membros da Rede e de novas atividades

www.loulecriativo.pt Contacte-nos através do email: loulecriativo@cm-loule.pt
www.loulecriativo.pt Contacte-nos através do email: loulecriativo@cm-loule.pt

Contacte-nos através do email: loulecriativo@cm-loule.pt

DESAFIOS Porquê que as pessoas “criativas” querem vir a Loulé? Como gerir as expectativas e

DESAFIOS

Porquê que as pessoas “criativas” querem vir a Loulé?

Como gerir as expectativas e frustrações dos parceiros? E como

atrair novos?

Que “autenticidade” e “originalidade” eu tenho para oferecer?

Como densificar a criação de produtos e a sua diversificação?

Como chegar ao público-alvo? E o Marketing Digital?

g !

Um projeto ambicioso, pioneiro e com tudo para que se tome num exemplo a seguir
Um projeto ambicioso, pioneiro e com tudo para que se tome num exemplo a seguir
Um projeto ambicioso,
pioneiro e com tudo
para que se tome num
exemplo a seguir por
muitos outros concelhos
portugueses.
Loulé , uma candidata à Rede Internacional das Cidades Criativas da UNESCO, em torno das

Loulé, uma candidata à Rede Internacional das Cidades Criativas da UNESCO, em torno das Artes e Ofícios.

Loulé , uma candidata à Rede Internacional das Cidades Criativas da UNESCO, em torno das Artes
“ O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a
“ O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a

O que vale na vida não é o

ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e

semeando, no

fim terás o que colher.” ―Cora Coralina

Dália Paulo, Museóloga, Diretora de Departamento de Desenvolvimento Humano e Coesão