Você está na página 1de 4

Por Victor H.

Guidini

Nesta coluna veremos os

shapes dos arpejos


maiores com stima maior,
menores com stima,
dominantes e meio diminutos.
Estes arpejos so ferramentas bsicas para improvisar.
Os shapes mostram cada uma das notas que compem os acordes:
a Tonica (T), tera (3), quinta (5) e stima (7).
Existem outros shapes para estes arpejos, porm as cinco ou seis maneiras mais
comuns e mais fceis para digita-los so apresentadas nesta coluna.
Em relao digitao (mais precisamente qual dedo utilizar para tocar cada nota), sinta-se
a vontade para utilizar a mais adequada para sua mo, pois cada um tem dedos de tamanhos
e formas diferentes.
Vale lembrar que esses arpejos so formados por trs teras, em seu estado fundamental:
3M + 3m + 3M = arpejo maior com stima maior
3M + 3m + 3m = arpejo dominante
3m + 3M + 3m = arpejo menor com stima menor
3m + 3m + 3M = arpejo meio diminuto
Vamos aos arpejos:

Lembre-se sempre de praticar em todos os doze tons, assim


como de aplic-los em suas improvisaes e composies.

Abrao e bons sons pra vocs!


Mantenha a fonte ao citar o texto:
Shapes de aperjos http://whiplash.net/materias/biografias/002385.html#ixzz42oFbCaxf