P. 1
Testes Estatísticos

Testes Estatísticos

|Views: 6.845|Likes:
Publicado porrbezerra86

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: rbezerra86 on Apr 28, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/02/2013

pdf

text

original

SEMINÁRIO

RAFAEL BEZERRA

TESTES ESTATÍSTICOS

TESTES ESTATÍSTICOS 
Qual o tamanho necessário para definir a amostra do meu

estudo? 
Quais os testes estatísticos preciso utilizar para trabalhar com

meu banco de dados?

TESTES ESTATÍSTICOS

³Estatística é um ramo da matemática que trata da coleta, da análise, da interpretação e da apresentação de massas de dados numéricos.´ (dicionário da lingua portuguesa Houssais)

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
QUESTÕES IMPORTANTES NA ANÁLISE DE UM ESTUDO CIENTÍFICO Em que medida ocorre a doença X?

1.

2.

Na presença de que condições/fatores a doença X se manifesta?

3.

Qual a chance de que a associação entre a doença X e o Fator Y se deva ao acaso?

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
QUESTÕES IMPORTANTES NA ANÁLISE DE UM ESTUDO CIENTÍFICO Em que medida ocorre a doença X?

1.

Medidas de ocorrência
2.

Na presença de que condições/fatores a doença X se manifesta?

3.

Qual a chance de que a associação entre a doença X e o Fator Y se deva ao acaso?

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL Visam condensar em um único valor o conjunto de dados observados. As mais usadas são:  Moda: valor que aparece mais freqüentemente em um conjunto de dados.  Média: soma dos valores dividido pelo número total da amostra  Mediana: valor do meio de uma seqüência ordenada de dados, dividindo um conjunto ordenado de dados em duas partes iguais. Traduz o ponto de coorte onde estão 50% das ocorrências.

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
QUESTÕES IMPORTANTES NA ANÁLISE DE UM ESTUDO CIENTÍFICO Em que medida ocorre a doença X?

1.

Medidas de ocorrência
2.

Na presença de que condições/fatores a doença X se manifesta?

Medidas de associação
3.

Qual a chance de que a associação entre a doença X e o Fator Y se deva ao acaso?

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
CÁLCULOS MATEMÁTICOS  Incidência = nº de casos novos / população com risco  RR = Ie / Ine  RA = Ie ± Ine  RAP = In ± Ine  RAP% = (In ± Ine) / In  OR = (a x d) / (b x c)

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
QUESTÕES IMPORTANTES NA ANÁLISE DE UM ESTUDO CIENTÍFICO Em que medida ocorre a doença X?

1.

Medidas de ocorrência
2.

Na presença de que condições/fatores a doença X se manifesta?

Medidas de associação
3.

Qual a chance de que a associação entre a doença X e o Fator Y se deva ao acaso?

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
QUESTÕES IMPORTANTES NA ANÁLISE DE UM ESTUDO CIENTÍFICO Em que medida ocorre a doença X?

1.

Medidas de ocorrência
2.

Na presença de que condições/fatores a doença X se manifesta?

Medidas de associação
3.

Qual a chance de que a associação entre a doença X e o Fator Y se deva ao acaso?

TESTES ESTATÍSTICOS
OBJETIVO  O papel do teste estatístico é tentar descartar o acaso como possível explicação para o resultado observado.  Logo, todo teste estatístico tem como resultado um número que sinaliza a probabilidade da associação entre a exposição e o desfecho ter ocorrido por acaso.  Para a interpretação correta desta probabilidade, é fundamental considerar a hipótese formulada.

TESTES ESTATÍSTICOS
TIPOS DE HIPÓTESE  Hipótese nula ou Ho: trata-se da afirmação que coloca que não existe associação entre a exposição e o desfecho estudados.

TESTES ESTATÍSTICOS
TIPOS DE HIPÓTESE  Hipótese nula ou Ho: trata-se da afirmação que coloca que não existe associação entre a exposição e o desfecho estudados.
Incidência dos expostos = incidência dos não expostos (RR = 1)

TESTES ESTATÍSTICOS
TIPOS DE HIPÓTESE  Hipótese nula ou Ho: trata-se da afirmação que coloca que não existe associação entre a exposição e o desfecho estudados.
Incidência dos expostos = incidência dos não expostos (RR = 1) 

Hipótese alternativa (H1 ou Ha): diz que há alguma

associação entre a exposição e o desfecho estudados.

TESTES ESTATÍSTICOS
TIPOS DE HIPÓTESE  Hipótese nula ou Ho: trata-se da afirmação que coloca que não existe associação entre a exposição e o desfecho estudados.
Incidência dos expostos = incidência dos não expostos (RR = 1) 

Hipótese alternativa (H1 ou Ha): diz que há alguma

associação entre a exposição e o desfecho estudados.
Incidência dos expostos incidência dos não expostos (RR 1)

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos.

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS? 
Valor de ³p´  Intervalo de confiança (IC)

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?
O valor de p é a probabilidade de que qualquer desfecho pode ter ocorrido por acaso, isto é, Ho é verdadeira.

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?
De forma arbitrária, habitualmente defini-se um valor de p menor do que 1 em 20 como estatisticamente significativo.

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?

P < 0,05

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?
Medidas de associação com p 0,05 mostram que as chances de associação entre a exposição e o desfecho terem ocorrido por acaso são menores do que 5% ( rejeita Ho e confirma Há).

TESTES ESTATÍSTICOS
VALOR DE ³p´  O valor de ³p´ é a probabilidade de que qualquer desfecho pode ter ocorrido por acaso, isto é, Ho é verdadeira.  De forma arbitrária, habitualmente defini-se um valor de ³p´ menor do que 1 em 20 como estatisticamente significativo.  P < 0,05  Medidas de associação com p ” 0,05 mostram que as chances de associação entre a exposição e o desfecho terem ocorrido por acaso são menores do que 5% ( rejeita Ho e confirma Ha).

TESTES ESTATÍSTICOS
ATENÇÃO!!!!!!  Medidas de associação com p • 0,05 mostram que as chances da associação entre exposição e desfecho terem ocorrido por acaso são maiores do que 5% (sugerindo que a Ho possa ser verdadeira) PORTANTO  Dizemos que há significância estatística quando o valor de ³p´ é menor do que o nível de significância adotado.

TESTES ESTATÍSTICOS
ATENÇÃO!!!!!!  Medidas de associação com p • 0,05 mostram que as chances da associação entre exposição e desfecho terem ocorrido por acaso são maiores do que 5% (sugerindo que a Ho possa ser verdadeira) PORTANTO  Dizemos que há significância estatística quando o valor de ³p´ é menor do que o nível de significância adotado.

P < 0,05

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS? 
Valor de ³p´  Intervalo de confiança (IC)

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?
O intervalo de confiança quantifica a incerteza na mensuração, pois permite a avaliação direta da faixa de valores possíveis para uma estimativa.

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?
Habitualmente expresso como intervalo de confiança de 95% (IC95%) expressa a variação de valores no qual nós podemos ter 95% de certeza de que o valor verdadeiro para a população como um todo está incluído.

TESTES ESTATÍSTICOS
ERRO ALEATÓRIO  Significa uma variação randômica, indeterminada, resultado da dispersão inerente de qualquer medida.  É a contribuição do acaso que interfere tanto nas observações de doentes e não doentes/expostos ou não expostos. COMO EXPRESSAR OS ERROS ALEATÓRIOS?
Pode ser feita uma analogia com a margem de erro das pesquisas populacionais feitas pelo IBOPE.

TESTES ESTATÍSTICOS
INTERVALO DE CONFIANÇA  O intervalo de confiança quantifica a incerteza na mensuração, pois permite a avaliação direta da faixa de valores possíveis para uma estimativa.  Habitualmente expresso como intervalo de confiança de 95% (IC95%) expressa a variação de valores no qual nós podemos ter 95% de certeza de que o valor verdadeiro para a população como um todo está incluído.  Pode ser feita uma analogia com a margem de erro das pesquisas populacionais feitas pelo IBOPE.

TESTES ESTATÍSTICOS
INTERVALO DE CONFIANÇA  O IC95% fornece a mesma informação obtida com o valor de ³p´. Caso o IC inclua o valor 1 significa que há chance da Ho ser verdadeira, ou seja, há possibilidade da associação entre a exposição e o desfecho ter ocorrido por acaso.  Quando dizemos que o IC95% não inclui a unidade, corresponde a dizer que o p < 0,05.

TESTES ESTATÍSTICOS
INTERVALO DE CONFIANÇA  Um IC95% ³estreito´ (IC95% = 2,0 ± 2,5) é obtido geralmente em amostras grandes, mostrando maior confiança e precisão. 
Um IC95% ³amplo´ (IC95% = 1,5 ± 5,7) sugere menor

precisão, decorrente de uma amostra possivelmente pequena para avaliar a associação em estudo.

TESTES ESTATÍSTICOS
1. Teste T: teste estatístico usado para variáveis contínuas, cujo objetivo é testar hipóteses que envolvem duas médias.

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
VARIÁVEIS QUANTITATIVAS OU NUMÉRICAS  V. Discretas: representam contagens ou números inteiros. Nestes casos, os números não são apenas rótulos, pois expressam realmente quantidades. Assim, ordenação e magnitudes são importantes. Ex.: número de partos.  V. contínuas: medidas numa escala contínua. Inclui números inteiros e frações. Ex.: peso, glicemia.

ANÁLISE BÁSICA DE ESTUDOS CIENTÍFICOS
VARIÁVEIS QUANTITATIVAS OU NUMÉRICAS  V. Discretas: representam contagens ou números inteiros. Nestes casos, os números não são apenas rótulos, pois expressam realmente quantidades. Assim, ordenação e magnitudes são importantes. Ex.: número de partos.  V. contínuas: medidas numa escala contínua. Inclui números inteiros e frações. Ex.: peso, glicemia.

TESTES ESTATÍSTICOS
1. Teste T: teste estatístico usado para variáveis contínuas, cujo objetivo é testar hipóteses que envolvem duas médias. 2. Teste Z: teste estatístico cujo objetivo é testar a igualdade entre uma média conhecida (numa população) e uma média calculada pelo pesquisador (numa amostra). 3. ANOVA: técnica estatística cujo objetivo é testar a igualdade entre três ou mais médias. 4. Teste Qui-quadrado (c2): analisa tabelas cujas variáveis são dicotômicas 5. Índice Kappa: é usado quando comparamos os achados clínicos entre 2 profissionais ou a interpretação de testes diagnósticos por diferentes profissionais e precisamos saber se houve concordância de resultados por mero acaso ou não.

TESTES ESTATÍSTICOS 
Quando se pretende analisar um fenômeno em relação a um

período de tempo, isto é, ao tempo transcorrido entre um evento inicial (ex.: data do diagnóstico) e um evento final (ex.: óbito) usam-se técnicas estatísticas que analisam estudos de prognóstico.

TESTES ESTATÍSTICOS
de dados, utilizando modelos gráficos e estatísticos.  SPSS: o software SPSS ( Statistical Package for the Social Sciences) permite realizar cálculos estatísticos complexos, visualizar resultados. É um dos programas de análise estatística mais usados nas ciências sociais; é também usado por pesquisadores de mercado, na pesquisa relacionada com a saúde, no governo, na educação e outros setores.  Epi Info: trata-se de um conjunto de programas de domínio público, produzidos pelo CDC. É útil para a construção de questionários e edição de texto, construção do banco de dados e manejo dos mesmos, análise estatística e epidemiológica de dados, construção de índices antropométricos, cálculo de tamanho de amostra, sorteio de números aleatórios, entre outros recursos. 
STATA: software desenvolvido para exploração e manipulação

SEMINÁRIO
RAFAEL BEZERRA

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->