Você está na página 1de 3
   
       

MAIO 1987

NBR 9816

   

Piscina

     

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas

       

Sede:

         

Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210 -3122 Telex: (021) 34333 ABNT - BR Endereço Telegráfico:

       

NORMATÉCNICA

       
   

Terminologia

     

Copyright © 1987, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas

Origem: ABNT - TB-73/1986 CB-02 - Comitê Brasileiro de Construção Civil CE-02:002.24 - Comissão de Estudo de Piscina NBR 9816 - Swimming pool - Terminology Descriptor: Swimming pool

 

Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Palavra-chave: Piscina

   

3 páginas

1

Objetivo

 

com produção de gás dentro de 48 h a 35ºC, quando se

Esta Norma define os termos empregados em piscinas classificadas conforme a NBR 9819.

utiliza a técnica dos tubos múltiplos. Também inclui todas as bactérias que produzem colônias escuras, verde-púrpura, com brilho metálico, quando se utiliza a técnica da membrana filtrante.

2

Documento complementar

3.4

Banheiro

 

Na aplicação desta Norma é necessário consultar:

     
 

NBR 9819 - Piscina - Classificação

Compartimento de uma edificação destinado à instalação sanitária com, no mínimo, lavatório, chuveiro e vaso.

3

Definições

 

3.5

Bocal de aspiração

 

Para os efeitos desta Norma são adotadas as definições de 3.1 a 3.56.

Dispositivo colocado na parede do tanque, destinado à conexão do aspirador.

 

3.1

Área efetiva de filtração

 

3.6

Bocal de retorno

 

Área total da superfície do meio através da qual flui a água durante a filtração, expressa em m 2 .

Dispositivo colocado na parede do tanque para direcionar ou regular a vazão da água proveniente da tubulação de retorno.

 

3.2

Aspirador

 

3.7

Bomba dosadora

 

Equipamento destinado à remoção de detritos depositados no tanque.

Bomba destinada à dosagem de produtos químicos em solução.

 

3.3

Bactéria do grupo coliforme

3.8

Bomba de recirculação

 

Inclui todos os bacilos aeróbios ou anaeróbios facultativos, gram-negativos, não esporulados, que fermentam a lactose

Equipamento destinado a impulsionar a água pelo sistema de recirculação e tratamento.

 

2

NBR 9816/1987

3.9 Casa de máquinas

Local onde fica abrigado o conjunto de equipamentos destinado à recirculação e tratamento.

3.10 Clorador

Aparelho destinado a adicionar cloro gasoso no sistema de recirculação.

3.11 Cloro combinado

Cloro presente na água na forma de cloraminas.

3.12 Cloro livre

3.22 Desinfetante

Agente físico ou químico capaz de provocar desinfecção.

3.23 Doença de veiculação hídrica

Aquelas provocadas pela água contendo substâncias tóxicas ou organismos patogênicos.

3.24 Dosador

Aparelho destinado a dosar produtos químicos.

3.25 Dreno antiturbilhão

Cloro presente na água, na forma de ácido hipocloroso e/ou íon hipoclorito.

Ralo projetado para que a água seja capaz de fluir sem provocar turbilhão ou vórtice.

3.13 Coadeira

3.26 Equipamento de manutenção

Dispositivo instalado na parede do tanque, destinado a remover impurezas da superfície da água.

Conjunto de peças destinadas à manutenção da piscina, como aspirador, esfregão, coador de folhas, etc.

3.14 Coador de folhas

3.27 Filtração

Equipamento provido de cabo, destinado a coletar manualmente detritos na água.

3.15 Comparador padrão

Processo de tratamento que consiste na passagem da água através de meio filtrante para remoção de matéria em suspensão ou coloidal.

3.28 Filtro 3.29 3.30
3.28 Filtro
3.29
3.30

Equipamento destinado a avaliar características químicas

e

físico-químicas da água por comparação colorimétrica.

Estrutura com meio filtrante ou equipamento destinado à filtração.

3.16 Conexão cruzada

Conexão direta entre dois sistemas separados de canalizações, um dos quais contém água tratada e o outro água servida, através da qual a água pode fluir de um siste- ma ao outro, sendo a direção do fluxo dependente da pres- são diferencial entre os dois sistemas.

3.17 Conjunto de recalque

Filtro de gravidade

Filtro que funciona sob a ação da gravidade.

Filtro de pressão

Filtro fechado que funciona sob ação mecânica.

Conjunto de tubulações, equipamentos e peças encontradas

a jusante da bomba.

3.31 Lava-pés

3.18 Conjunto de sucção

Conjunto de tubulações, equipamentos e peças encontradas

a montante do orifício de sucção da bomba.

3.19 Contagem em placas

Número de colônias em um determinado meio, expresso

em:

Reservatório raso contendo água de boa qualidade, com tratamento adequado, destinado à desinfecção dos pés do banhista, localizado no acesso da piscina.

3.32 Limite de freqüência

Número máximo admissível de banhistas no tanque.

3.33 Medidor de vazão

Número de colônias

3.20

mL

Contaminação

Presença na água de microorganismos potencialmente patogênicos ou substâncias químicas prejudiciais à saúde do homem.

Instrumento destinado a medir a vazão da água que flui por uma tubulação.

3.34 Meio filtrante

Material do filtro que promove a separação sólido-líquido.

3.35 pH

3.21 Desinfecção

Destruição de organismos patogênicos por meios físicos ou químicos.

Logaritmo do inverso da concentração de íons de hidrogênio de uma solução expressa em moles/litro. É uma medida do grau de acidez ou alcalinidade da água, representada numericamente por uma escala de 0 (zero) a 14.

NBR 9816/1987

3

 

3.36 Piscina

Conjunto de instalações destinadas às atividades aquáti- cas, compreendendo o tanque e demais componentes rela- cionados com o seu uso e funcionamento.

3.45 Tempo de recirculação

Tempo necessário à recirculação de um volume de água igual ao volume do tanque através do sistema de tratamento expresso pela relação:

3.37 Pré-filtro (retentor de impurezas)

Retentor de detritos colocado na tubulação de sucção, dotado de cesto coletor, com a finalidade de evitar danos à bomba.

t =

Onde:

24

T

t = tempo, em h

3.38 Quebra-ondas

T = taxa de recirculação

Dispositivo construído ao nível máximo da água, com a finalidade de amortecer seus movimentos.

3.39 Ralo de fundo

3.46 Tubo venturi

Tubo com uma seção estrangulada, instalado na canali- zação de retorno, destinado a provocar diferença de pres- são capaz de operar o pote dosador.

Dispositivo colocado no fundo do tanque para permitir o escoamento da água.

3.40 Reservatório de suprimento

3.47 Tubulação de aspiração

Tubulação do conjunto de sucção que interliga o bocal de aspiração ao pré-filtro.

3.48 Tubulação da coadeira

Reservatório de água destinado a suprir o tanque.

Tubulação do conjunto de sucção que interliga a coadeira ao pré-filtro.

3.49 3.50 3.51
3.49
3.50
3.51

3.41

Sistema de recirculação e tratamento

Tubulação de esgoto

Conjunto de equipamentos destinados à recirculação e tratamento da água, compreendendo as tubulações, ralos de fundo, coadeiras, bocais de aspiração, pré-filtros, bombas de recirculação, filtros, dosadores de produtos químicos, bombas dosadoras, cloradores, medidores de vazão, bocais de retorno, condicionadores de temperatura e visores de lavagem.

3.42 Tanque

Tubulação do conjunto de recalque que interliga o filtro ao esgoto.

Tubulação de interligação bomba-filtro

Tubulação do conjunto de recalque que interliga o bocal de recalque da bomba de recirculação ao filtro.

Tubulação do pré-filtro

Reservatório destinado à prática de atividades aquáticas.

3.43 Taxa de filtração

Volume de água (que flui através do meio filtrante durante a operação de filtração) por unidade de área efetiva de filtração durante a unidade de tempo, expressa pela relação:

m 3 /m 2 /dia

3.44 Taxa de recirculação

Relação entre o volume de água recirculada, através do sistema de tratamento em 24 h (Vr) e o volume de água contido no tanque (Vp):

Tubulação do conjunto de sucção que interliga o pré-filtro à bomba de recirculação.

3.52 Tubulação do ralo de fundo

Tubulação do conjunto de sucção que interliga o ralo de fundo ao pré-filtro.

3.53 Tubulação de retorno

Tubulação do conjunto de recalque que interliga o filtro aos bocais de retorno.

3.54 Válvula de purga

Peça para retirada de ar acumulado no interior do filtro.

3.55 Vestiário

T =

Onde:

Vr

Vp

T = taxa de recirculação

Compartimento de uma edificação destinado à troca de roupa e à guarda de objetos.

3.56 Visor de lavagem

Peça destinada a verificar a aparência da água durante a lavagem do filtro.