Você está na página 1de 31
Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] NORMA BRASILEIRA Manutengao de e ABNT NBR 5674 ‘Segunda edigao 25.07.2012 Vélida a partir de 2012 icagdes — Requisitos para o sistema de gestao de manutengao Building maintenance — Requirements for maintenance management system ICS 91,040.01 ASSOCIACAO (Yt BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS ISBN 978-85-07.03557-2 Numero de referéncia ‘ABNT NBR 5674:2012 25 paginas © ABNT 2012 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exdusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 @ABNT 2012 Todos os direitos reservados. A menos que especificado de outro modo, nenhuma parte desta publicagao pode ser reproduzida ou utlizada por qualquer meio, eletrénico ou mecéinico, incluindo fotocépia e microfilme, sem permissao por escrito da ABNT. ABNT Av Treze de Maio, 13 - 28° andar 2031-901 - Rio de Janeiro - RU Tol: +55 21 3974-2300 Fax: + 55 21 3974-2846 abnt@abnt.org br ‘wiew.abnt.org.br ii @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Sumario Pagina Prefacio Introduga 1 Escopo .. 2 Referéncias normativas. 3 Termos e definigées..... 4 Requisitos para a manutengao .. 44 Organizagao. 42 Contetido basico do relatério de inspecao. 43 Programa de manutengao 5 Requisitos para o planejamento anual das atividades. 54 Consideragées. 52 Previsdo orgamentaria anual... 6 Requisitos para controle do processo de manutenga 64 Orgamento e contratacao dos servigos de manutengao. 62 Meios de controle... 7 Requisitos para a documentagao. TA Generalidades. 72 Fluxo da documentacao.. 73 Registros.. 74 Arquivo. 75 Indicadores gerenciais 8 Incumbéncias ou encargos Anexos Anexo A (informativo) Modelo para a elaboragao do programa de manutengao preventiva ‘Anexo B (informativo) Modelo para a elaboracao do programa de manutencao preventiva BA Objetivo B2 Classificagao dos registros. B3 Tabela dos principais registros.. Anexo C (informativo) Modelos de verificagées e seus registros. Figura Figura 1 - Fluxo da documentacao @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados iii Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabelas Tabela A.1 - Exemplos de modelo nao restritivos para a elaboracao do programa de manutengdo preventiva de uma edificacao hipotética Tabela B.1 - Lista dos registros. Tabela B.2 - Agendamento e periodicidade . Tabela C.1 - Modelo de livro de registro de manutencéo.. Tabela C.2 - Modelos de lista de verificagdes para um subsistema - Manutengao preventiva da central de interfone (modelo possivel).. Tabela C.3 - Manutengao preventiva da central de alarme (modelo possivel). Tabela C.4 - Modelos de lista de verificages para um equipamento - Manutengao preventiva das bombas (modelo possivel).. iv @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exdusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Prefacio A Associagao Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) 6 o Foro Nacional de Normalizagao. As Normas Brasileiras, cujo contetdo é de responsabilidade dos Comités Brasileiros (ABNT/CB), dos Organismos de Normalizagao Setorial (ABNT/ONS) e das Comissées de Estudo Especiais (ABNT/CEE), sao elaboradas por Comissdes de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratérios e outros). Os Documentos Técnicos ABNT sao elaborados conforme as regras da Diretiva ABNT, Parte 2. A Associagao Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) chama atengdo para a possibilidade de que alguns dos elementos deste documento podem ser objeto de direito de patente. A ABNT nao deve ser considerada responsdvel pela identificagéo de quaisquer direitos de patentes. ‘A ABNT NBR 5674 foi elaborada no Comité Brasileiro da Construgao Civil (ABNT/CB-02), pela Comis- so de Estudo de Manutencao de Edificagdes (CE-02:140.01). O seu 12 Projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital n® 10, de 05.10.2011 a 05.12.2011, com o numero de Projeto ABNT NBR 5674. O seu 2? Projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital n? 02, de 07.02.2012 a 07.03.2012, com © numero de 2° Projeto ABNT NBR 5674, Esta segunda edi¢ao cancela e substitui a edi¢ao anterior (ABNT NBR 5674:1999), a qual foi tecnica- mente revisada. © Escopo desta Norma Brasileira em inglés é o seguinte: Scope This Standard establishes the requirements for the management of the maintenance of buildings. The management of the maintenance system includes means for: a) maintain the original features of the building; b) prevent performance loss caused by the depletion of their systems, components or elements. Existing buildings must match or create their maintenance programs according samples to this Standard. Appended samples are not restrictive or exhaustive, and may be asapted to each building specific characteristics. @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados v Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exdusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Introdugao A manutenco de edificagdes 6 um tema cuja importancia supera, gradualmente, a cultura de se pensar © processo de construgao limitado até o momento quando a edificacao entregue e entra em uso. As edificagdes so suport fisico para a realizacdo direta ou indireta de todas as atividades produtivas e Possuem, portanto, um valor social fundamental. Todavia, as edificagdes apresentam uma caracteristica que as diferencia de outros produtos: elas so construidas para atender a seus usuérios durante mui- tos anos, e ao longo deste tempo de servigo devem apresentar condicées adequadas ao uso a que se destinam, resistindo aos agentes ambientais e de uso que alteram suas propriedades técnicas iniciais. E inviavel, sob 0 ponto de vista econémico, e inaceitével, sob 0 ponto de vista ambiental, considerar as edificagdes como produtos descartaveis, passiveis da simples substituigo por novas construgdes quando os requisitos de desempenho atingem niveis inferiores aqueles exigidos pela ABNT NBR 15575 (Partes 1 a 6). Isto exige que a manutencao das edificagdes seja levada em conta to logo elas sejam colocadas em uso. A omisséo em relagéo & necessaria atengao para a manutencdo das edificagdes pode ser constatada nos frequentes casos de edificagdes retiradas de servigo muito antes de cumprida a sua vida util pro- jetada (VUP), causando muitos transtornos aos seus usuérios e um sobrecusto intensivo dos servigos de recuperaco ou construcao de novas edificacdes. Significando custo relevante na fase de uso da edificagao, a manutengao nao pode ser feita de modo improvisado, esporadico ou casual. Ela deve ser entendida como um servico técnico perfeitamente programavel e como um investimento na preservacao do valor patrimonial, A elaboracdo e a implantagao de um programa de manutencao corretiva e preventiva nas edificagdes, além de serem importantes para a seguranga e qualidade de vida dos usuatios, sao essenciais para ‘a manutencdo dos niveis de desempenho ao longo da vida util projetada Para atingir maior eficiéncia e eficacia na administracao de uma edificagaio ou de um conjunto de edifi- cages, é necessaria uma abordagem fundamentada em procedimentos organizados em um sistema na gestao da manutencao, segundo uma légica de controle de qualidade e de custo. vi @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 5674:2012 Manutengao de edificagdes — Requisitos para o sistema de gestao de manutengao 1 Escopo Esta Norma estabelece os requisitos para a gestao do sistema de manutencao de edificagdes. A gestéo do sistema de manutenedo inclui meios para: a) preservar as caracteristicas originais da edificagao; b) prevenir a perda de desempenho decorrente da degradacdo dos seus sistemas, elementos ‘ou componentes; Edificagoes existentes antes da vigéncia desta Norma devem se adequar ou criar os seus programas de manutencao atendendo ao apresentado nesta Norma. Os anexos desta Norma apresentam exemplos de modelos nao restritivos ou exaustivos a serem adaptados em fungéio das caracteristicas especificas da edificagao. 2 Referéncias normativas Os documentos relacionados a seguir so indispensaveis aplicagdo deste documento. Para refe- réncias datadas, aplicam-se somente as edi¢des citadas. Para referéncias nao datadas, aplicam-se as edigdes mais recentes do referido documento (incluindo emendas). ABNT NBR 9077, Saidas de emergéncia em edificios ABNT NBR 14037, Diretrizes para elaboragao de manuais de uso, operagao e manutengao das edif- cagdes — Requisitos para elaboracao e apresentacao dos contetidos ABNT NBR 15575-1, Edificios habitacionais de até cinco pavimentos - Desempenho — Parte 1: Requi- sitos gerais ABNT NBR 15575-2, Edificios habitacionais de até cinco pavimentos - Desempenho - Parte 2: Requi- sitos para os sistemas estruturais ABNT NBR 15575-3, Edificios habitacionais de até cinco pavimentos ~ Desempenho - Parte 3: Requi- sitos para os sistemas de pisos internos ABNT NBR 15575-4, Edificios habitacionais de até cinco pavimentos - Desempenho — Parte 4: Siste- mas de vedagdes verticais externas e internas ABNT NBR 15575-5, Edificios habitacionais de até cinco pavimentos - Desempenho — Parte 5: Requi- sitos para sistemas de coberturas ABNT NBR 15575-6, Edificios habitacionais de até cinco pavimentos - Desempenho — Parte 6: Siste- mas hidrossanitarios @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 3 Termos e definigdes Para os efeitos deste documento, aplicam-se os termos e definigdes das ABNT NBR 14037 e ABNT NBR 15575-1 e os seguintes. 34 edificagao produto constituido de um conjunto de sistemas, elementos ou componentes estabelecidos e integra- dos em conformidade com os prineipios e técnicas da engenharia e da arquitetura 3.2 empresa capacitada organizagao ou pessoa que tenha recebido capacitaeao, orientacdo e responsabilidade de profissional habilitado e que trabalhe sob responsabilidade de profissional habilitado 3.3 empresa especializada corganizacao ou profissional liberal que exerce fungéo na qual s4o exigidas qualificago e competéncia técnica especiticas 34 equipe de manutengao local pessoas que realizam diversos servigos, tenham recebido orientagao e possuam conhecimento de prevengao de riscos e acidentes 35 previsdo orgamentéria documento contendo a estimativa de custo para a realizagao dos servigos previstos no programa de manutencao 3.6 servico de manutengao intervencao realizada na edificagao e seus sistemas, elementos ou componentes constituintes 37 sistema de manutengao conjunto de procedimentos organizados para gerenciar os servigos de manutengao 4 Requisitos para a manutengao 4.1 Organizacao 4.1.1 Agestao do sistema de manutencao deve considerar as caracteristicas das edificagdes, como: a) tipologia da edificagao; b) uso efetivo da edificagao; ¢) tamanho e complexidade da edificacao e seus sistemas; d) localizacao e implicagées do entorno da edificacao. 2 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exdusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 4.1.2 Amanutencao deve ser orientada por um conjunto de diretrizes que: a) preserve 0 desempenho previsto em projeto ao longo do tempo, minimizando a depreciagao patrimonial; b) estabeleca as informagGes pertinentes e o fluxo da comunicacéo; c) estabeleca as incumbéncias e autonomia de decisao dos envolvidos. 4.1.3. Na organizagao da gestdo do sistema de manuteneao deve ser prevista infraestrutura material, técnica, financeira e de recursos humanos, capaz de atender aos diferentes tipos de manutengao necessarios, a saber: a) manutencao rotineira, caracterizada por um fluxo constante de servicos, padronizados e ciclicos, citando-se, por exemplo, limpeza geral e lavagem de areas comuns; b) manutengao corretiva, caracterizada por servigos que demandam ago ou intervengio imediata a fim de permitira continuidade do uso dos sistemas, elementos ou componentes das edificagdes, ou evitar graves riscos ou prejuizos pessoais e/ou patrimoniais aos seus usuarios ou proprietarios; e ©) manutencdo preventiva, caracterizada por servigos cuja realizagao seja programada com ante- cedéncia, priorizando as solicitagdes dos usuarios, estimativas da durabllidade esperada dos sistemas, elementos ou componentes das edificagdes em uso, gravidade e urgéncia, e relatorios de verificagdes periddicas sobre o seu estado de degradagao 4.1.4. A gestao do sistema de manutengao deve promover a realizacao coordenada dos diferentes tipos de manutencao das edificagdes. 4.1.5 O programa de manutencao deve especificar se os servigos devem ser realizados por empresa capacitada, empresa especializada ou equipe de manutengao local, conforme 3.2 a 3.4 4.1.6 Recomenda-se que 0s indicadores de eficiéncia da gestao do sistema de manutengao sejam periodicamente avaliados e estabelecidos, de forma a contemplar os seguintes parametros a serem adaptados em fungao da complexidade do empreendimento: a) atendimento ao desempenho das edificagdes e de seus sistemas conforme descrito na ABNT NBR 15575 (Partes 1 a 6); b) _ptazo acordado entre a observagao da néo conformidade e a conclusdo de servigo de manutengao; ©) tempo médio de resposta as solicitagdes dos usuarios e intervencdes de emergéncia; 4) _periodicidade das inspegdes prediais de uso e manutencao estabelecidas no manual de operacao, uso e manutengao da edificagao; €) _registros das inspegdes, conforme 7.2. NOTA Dependendo do empreendimento outros parametros podem ser utiizados 4.2 Contetido basico do relatorio de inspegao 4.2.1 As inspegdes devem ser feitas atendendo aos intervalos constantes do manual elaborado conforme a ABNT NBR 14037 e do programa de manutengao de cada edificagao. @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 3 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exdusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 4.2.2 As inspegdes devem ser realizadas por meio de modelos elaborados e ordenados de forma a faciltar os registros e sua recuperagao, considerando: a) um roteiro de inspegdes dos sistemas, subsistemas, elementos, equipamentos e componentes da edificacao; b) as formas de manifestagao esperadas da degradacao natural dos sistemas, subsistemas, ele- mentos e equipamentos ou componentes da edificacdo associadas a sua vida util, conforme indicagbes do manual e que resultem em risco a satide e seguranca dos usuarios; ©) as solicitagdes e reclamagées dos usuarios ou proprietérios. 4.2.3 Os telatérios das inspegdes devem: a) descrever a degradagao de cada sistema, subsistema, elemento ou componente e equipamento da edificacao; b) apontar e, sempre que possivel, estimar a perda do seu desempenho; ©) recomendar agdes para minimizar os servigos de manutengaio corretiva; € 4) conter prognéstico de ocorréncias. 4.3 Programa de manutengao 4.3.1. O programa consiste na determinagao das atividades essenciais de manutencdo, sua perio- dicidade, responsaveis pela execugdo, documentos de referéncia, referéncias normativas e recursos necessdrios, todos referidos individualmente aos sistemas e, quando aplicavel, aos elementos, com- ponentes e equipamentos. O programa de manutengao deve ser atualizado periodicamente. 4.3.2. O programa de manutencdo deve considerar projetos, memorials, orientagao dos fornecedores e manual de uso, operacao e manutencao (quando houver), além de caracteristicas especificas, como: a) tipologia, complexidade e regime de uso da edificagao; b) sistemas, materiais e equipamentos; ©) idade das edificagdes; 4) expectativa de durabilidade dos sistemas, quando aplicével aos elementos e componentes, devendo atender & ABNT 15575 quando aplicavel; e) relatorios das inspegdes, constando comparativos entre as metas previstas e as metas efetivas, tanto fisicas como financeiras; f) _ telatérios das inspegdes constando as nao conformidades encontradas; Q)relatérios das inspegdes sobre as agdes corretivas preventivas; h) _solicitagdes e reclamagdes dos usuarios ou proprietarios; i) _histérico das manutenges realizadas; 4 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ‘Arquivo de impressio gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusive de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 j) _rastreabilidade dos servigos; k)_impactos referentes as condigdes climaticas e ambientais do local da edificagao; 1) escala de prioridades entre os diversos servicos; e m)_previsdo financeira. 4.3.3 O programa deve pelo menos conter uma sistematizagio ou estrutura que contemple: a) designagao do sistema, quando aplicavel aos elementos e componentes; b) descrigao da atividade; ©) _periodicidade em fungao de cada sistema, quando aplicével aos elementos e componentes, obser- vadas as prescrigSes do projeto ou as especificagdes técnicas; d)_identificagao dos responséveis; e) documentagao referencial e formas de comprovacao; f) modo de verificagdo do sistema; e g) custo. 4.3.4 Esta Norma apresenta modelos de sistematizagao das atividades de manutengdo a serem realizadas, e que sao normalmente citadas no Manual do Proprietarlo e no Manual das Areas Comuns entregues ao proprietario, atendendo & ABNT NBR 14037. 4.3.5. _O Anexo A apresenta exemplos de modelos nao restrtivos para a elaborago do programa de manuten¢ao preventiva. Contém sugestées com indicagdes de sistemas, para a periodicidade a ser ajustada em funcao das indicagdes dos projetos ou especificagdes técnicas. 5 Requisitos para o planejamento anual das atividades 5.1 Consideracées O planejamento anual dos servigos de manutengao deve ser estabelecido de forma a considerar: a) _presorigdes e especificagdes técnicas para as edificagdes; b) disponibilidade de recursos humanos; ©) disponibilidade de recursos financeitos, incluindo previséo de contingéncia; d)sequéncia racional e duragao das atividades; e) cronograma fisico x financeiro; f) _necessidades de haver desenhos, incluindo seus detalhes; g) procedimentos de execucao ou referéncia as normas técnicas e legislacao; @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 5 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 h) especificagdes detalhadas dos insumos e materials; i) manutenibilidade; J) dispositivos de sinalizagdo e protegao dos usuérios; k) _previsdo de acessos seguros a todos os locais da edificagao onde sejam realizadas inspegdes @ alividades de manutengao; 1) minimizagao de interferéncia nas condig6es de uso normal da edificagéo durante a sua execucdo. 5.2. Previsdo orcamentéria anual O sistema de manutencao deve possuir mecanismos capazes de prever os recursos financeiros necessarios para a realizagao dos servigos de manutengao em perfodo futuro definido. As previsdes orcamentarias devem incluir uma reserva de recursos destinada a realizagao de servicos de manutengao corretiva, As previsées orgamentarias devem ser flexiveis, de modo a assimilar uma margem de erro em estima- tivas fisicas, de custos. As previsGes orcamentarias devem expressar claramente a relacao custo x beneficio dos servigos de manutencao, devendo constar em ata as deliberagGes sobre a realizacao ou nao destas intervengoes. 6 Requisitos para controle do processo de manutencao 6.1 Orcamento e contratacao dos servicos de manutencao 6.1.1 Os orgamentos dos servigos de manutengéio devem conter: a) dados do cliente; b) escopo dos servigos ou objeto; ©) descrigéo de cada atividade, com os respectivos prazos; 4) especiticacées técnicas de execugao e de manutengdo futura, desenhos, calculos ou projetos, quando aplicavel; e) condigdes comerciais, valor, forma de pagamento e validade da proposta; 1) _responsabilidades legais e obrigacdes de cada parte, incluindo o atendimento a legislagao perti- nente quanto & seguranga do trabalho; g) indicacao do responsavel técnico pela atividade, quando aplicavel; h) garantias e exclusées; previsao de seguros, se aplicavel 6 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ‘Arquivo de impressio gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusive de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 6.1.2 Para a avaliacaéo das propostas, recomenda-se observar: a) qualificacéo da empresa ou profissional em termos de capacidade técnica, recursos humanos © equipamentos necessarios ao desenvolvimento dos servigos; b) _experiéncia da empresa ou profissional na area, incluindo a mengao de outros servigos em anda- mento ou jd concluidos, e o eventual fornecimento de acervo técnico; ©) referéncias de outros clientes; 4d) proposta técnica apresentada, incluindo atendimento as normas aplicaveis e legislagdo; e) habilitagao juridica, regularidade fiscal, idoneidade e capacidade financeira da empresa ou profis- sional, avaliadas em relacdo ao porte de servigo contratado; e f) _prazo para a execugao, prego, condigdes de pagamento, cronograma fisico-financeiro com base no contrato; 6.2 Meios de controle 6.2.1 Antes do inicio dos servicos 0 executante deve providenciar: a) meios que assegurem condigdes necessarias & realizagdo segura dos servigos de manutengao; b) meios que protejam os usuarios das edificagdes de eventuais danos ou prejuizos decorrentes da execugao dos servigos de manutencao; ©) delimitagSes, informagées e sinalizagao de adverténcia aos usuarios sobre eventuais riscos. 6.2.2 Durante a realizagao dos servigos de manuten¢éo, todos os sistemas de seguranca da edifica- ‘¢d0 devem permanecer em funcionamento ou, se necessério, devem ser previstos sistemas alternativos. 6.2.3 Nao é permitida a obstrugdo, mesmo que temporaria ou parcial, das saidas de emergéncia. Caso seja necessatia, é imprescindivel criar rotas ou providéncias compativeis que devem ser imple- mentadas, antes da obstrugéo. 6.2.4 A execugdo deve seguir 0 cronograma fisico-financeiro. 6.2.5 Caso os servigos resultem em mudanga de caracteristicas técnicas da edificagao, o memorial descritivo, as especificagées, os respectivos projetos e o manual de uso, operacdo e manutenao da edificagao devem ser adequados. 6.2.6 Durante a realizagdo dos servigos, devem ser implementados controles a fim de garantir o cum- primento dos requisitos legais, de qualidade, custo e prazo, observadas as condi¢des contratuais. 7 Requisitos para a documentacao 7.1 Generalidades Aeestrutura de documentagao e registro de informagées deve ser concebida para propiciar evidéncias da gestao do programa da manutengao, custo x beneficio na realizagao dos servigos de manuten¢ao, redugo da incerteza no planejamento, projeto e execugao dos servigos de manutengao e auxilio no programa e no planejamento de servigos futuros. @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 7 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ‘Arquivo de impressio gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusive de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 A documentagao do programa de manutengao deve incluir: a) manual de uso, operacao e manutencao das edificagdes conforme ABNT NBR 14037; b) manual dos fornecedores dos equipamentos e servicos; ©) programa da manutengao; 4d) planejamento da manutengao contendo o previsto e 0 efetivo, tanto do ponto de vista cronolégico quanto financeiro; e) contratos firmados; 1) catélogos, memoriais executives, projetos, desenhos, procedimentos executivos dos servicos de manutencao e propostas técnicas; 4g) elatério de inspegao; h) documentos mencionados na ABNT NBR 14037:2011, Anexo A, em que devem constar a qualifi cago do responsavel e os comprovantes da renovacao; i) registros de servigos de manutengdo realizados; j) ata das reunides de assuntos afetos a manutengao; k) documentos de atribuicéo de responsabilidade de servicos técnicos. 7.2. Fluxo da documentagao condominio deve dispor de um fluxo, escrito e aprovado, de documentagao. Esta Norma recomenda que sejam seguidas as fases indicadas na Figura 1 As deliberagGes referentes & documentagao descrita na Figura 1 devem constar na ata do condominio. Mangal do us, rmanufonga Fegistos go ga @ Exemplo de registros de contratagao: proposta, mapa de cotagao, contratos, e-mails, ordens de servigo b Exemplo de registros de execugao: laudos, ART, termo de garantia, instrugao de manutengao Figura 1 - Fluxo da documentagao 8 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ‘Arquivo de impressio gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusive de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 7.3. Registros Dever ser mantidos registros legivels e disponiveis para prover evidéncias da efetiva implementacao do programa de manutengdo, do planejamento, das inspegGes e da efetiva realizagao das manutencoes. Recomenda-se que cada registro contenha: a) _identificagao; b) _fungdes dos responsaveis pela coleta dos dados que compdem o registro; ©) estabelecimento da forma de arquivamento do registro; 4d) estabelecimento do perfodo de tempo pelo qual o registro deve ficar armazenado, assegurando sua integridade. A organizagdo e a coleta de dados devem ser registradas de forma a indicar os servigos de manuten- G40 preventiva e corretiva, bem como alteragdes realizadas. 7.4 Arquivo Toda a documentagao dos servigos de manutencdo executados deve ser arquivada como parte inte- grante do manual de uso, operagao e manutencao da edificagao, ficando sob a guarda do responsével legal (proprietario ou sindico). Toda esta documentacéo, quando solicitada, deve ser prontamente recuperdvel e estar disponivel aos proprietarios, condéminos, construtorfincorporador e contratado, quando pertinente. Quando houver troca do responsével legal (proprietédrio ou sindico), toda a documentagao deve ser formalmente entregue ao sucessor. 7.5 In adores gerenci E recomendado que o sistema de gestéo da manuteneo disponha de indicadores de eficiéncia com a finalidade de avaliar: a) a relacdo entre custo e tempo estimados e efetivamente realizados; b) a taxa de sucesso das intervengdes, medida pela incidéncia de retrabalho necessério; ©) _arelagao ao longo do tempo do custo x beneficio gerado pelas manutengdes; d) apreservacao do valor da edificagéo ao longo de sua vida util, 8 Incumbéncias ou encargos 8.1 O proprietario de uma edificagao, 0 sindico ou a empresa terceirizada responsével pela gestéo da manutencao deve atender a esta Norma, as normas técnicas aplicaveis e ao manual de uso, ope- ragao e manutengao da edificagao. 8.2. O proprietario de uma edificacao ou o condominio deve fazer cumprir e prover os recursos para © programa de manutengao preventiva das areas comuns. @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 9 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exdusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 8.3 Oconstrutor ou incorporador deve entregar ao proprietario do imével o manual de uso, operagao. e manutengao da edificagdo que atende & ABNT NBR 14037. 8.4 _No caso de propriedade condominial, os condéminos respondem individualmente pela manu- tengo das partes auténomas e solidariamente pelo conjunto da edificacao, de forma a atender ao manual de uso, operacao e manutengao de sua edificagao 8.5 0 proprietario ou o sindico pode delegar a gestao da manuten¢ao da edificacao & empresa ou profissional contratado. 8.6 A empresa ou 0 profissional deve responder pela gestao do sistema de manutengao da edifica- go, ficando sob sua incumbéncia: a) _assessorar 0 proprietario ou o sindico nas decisdes que envolvam a manutengao da edificacao, inclusive sugerir a adaptaco do sistema de manutencao e planejamento anual das atividades, conforme indicado nas Segdes 4 e 5; b) _providenciar e manter atualizados os documentos e registros da edificacao e fornecer documentos que comprovema realizagao dos servigos de manuten¢ao, como contratos, notas fiscais, garantias, certificados etc; ©) implementar e realizar as verificagdes ou inspegdes previstas no programa de manutencao preventiva; d) _elaborar as previsdes orgamentarias; €) supervisionar a realizagdo dos servigos de acordo com as Normas Brasileiras, projetos e orienta- Ges do manual de uso, operagao e manutengao da edificagao que atenda a [ABNT NBR 14037); f) _orgar os servigos de manutencao; 9g) assessorar o proprietario ou o sindico na contratacao de servicos de terceiros para a realizagao da manutengao da edificagao; h) estabelecer e implementar uma gestdo do sistema dos servigos de manutengao, conforme esta Norma; i) orientar os usuarios sobre 0 uso adequado da edificagao em conformidade com o estabelecido no manual de uso, operacao e manutencao da edificagao; j) _orientar os usuérios para situagdes emergenciais, em conformidade com o manual de uso, ope- ragao e manutengao da edificagao. 10 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Anexo A (informativo) ABNT NBR 5674:2012 Modelo para a elaboracao do programa de manutengao preventiva A.1— Sugesto das inspegdes ou verificagdes para um edificio hipotético de acordo com a Tabela A1 Tabela A.1 - Exemplos de modelo ndo restritivos para a elaboracdo do programa de manutengao preventiva de uma edificagao hipotética Elemento/ ; Periodicidade | Sistema Atividade Responsavel componente Gaunatmrida | Faz@@drenagemde qua | Equipe de manutengao ‘no equipamento local : Equipamentos Veliféar apés oluso 40 g industiizados | adap | esvpamentoonivelde dies | Equipe de manutengo 5 i a combustivel e se hé obstrugo nas local s eriridas @ saldes de vertiagdo 3 , : 5 5 & Reservatéios de | Verifcar onivel dos reservatérios | Equipe de manutengao Sistemas qua potével_| _@ ofuncionamento das boias local hidrossanitérios | Sistema de Verificarofuncionamento Erquipe de manutengao inigagao dos dispostivos local Verifear o funcionamento & Bombas de équa Sistemas reac ane | atemar a chave no painelelético | Equipe de manutencéo hidossantrios. | _ PAVE! ASNS | _ para uizé-les em sistema de local 8 B todizio, quando aplicavel ie tluminagao | Eletuarteste defuncionamento | eae ge manutencé g 12080 | dos sisternas conforme instrugdes | NPE 4° Mmanutengao 3 de emergéncia local é Equipamentos do fornecedor industriaizados Eietuar teste de funcionamento |. ge manutencdo Grupo gerador | dos sisternas conforme instrugdes | “74'P* & local do fornecedor . Erquipe de manutengao Jara Manutengao geral men caanee local Empresa capacitada Fazer teste de funcionamento do ° Equipe de manutengao sistema de ventilacdo conforme pa g Pressurizagéo de | instrugdes do fornecedore projeto 4 escada ager manutengo geral doe < industriaizados a Pree ee do fornecedor ieee Ge | Fazerteste de funcionamenio | Equipe de manutengéo “spa ‘9°77’ | conforma instrugdes do fornecedor local @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados " Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela A.1 (continuagao) Elemento Periodicidade | Sistema Atividade Responsével componente Manutengao recomendada pelo Arcondicionado | fabricante ¢ atendimento Empresa especializada Equipamentos a legistagdo vigente eens uminagia de | Ester tet defuncionament | eayp. de manuengdo Meare a, |___ detodo o sistema conforme eer en a instrugdes do fornecedor F Fazer manutengao geral dos Piven | sistemas conform instrugdes do | Empresa especializada fomecedor . Sistema de Dados, $ automegio informatica, - S vor, telefonia Verifearofuncionamento | Equipe de manutengao, ¢ video, TV, CFTV | conforme instrugSes do fornecedor | local/Empresa capacitada < seguranga perimetral Revestimenios | Pedras nalurais | Verfcare se necessério,encerar | Equipe de manutengao de parede e piso. | (mérmore, graito ek a eteto e outros) pore LLimpar o ssterna das aguas Flos, giehas, | plus alstaraperiodcidade | i. 4s manutencéo calhas € ‘em fungo da sazonalidade, a i Sistemas candletas Raced enfattmn 6a do local hidrossantérios S wvadlffeneas Bombas de Testar seu funcionamento, | Equipe de manutencao incéncio observada a legislacdo vigente local Limpar e regular os sistemas : Gerador de dqua | de queimadoresefitros de €9u8 | rorecacapactade 3 quente Conforme instrugées E dos fabricantes 2 Equipamentos 3 ARTES Para uidades centres, vriear 4 fusiveis, ladde carga da bateria : tuminagao de | a eevee lendita. | Eaubs de manutengzo < Smergencs | da bateria comum conforme local intrugées dos fabricantes ‘Aplicar6leo lubriante nas dobradigas e maganetas g Pore coraoge | Veticaraaberuraeo | Eaube de manuengao E . ' feohamonto a 45°, Se for local 3 pane necessério fazer regulagem, 3 eee chamar empresa especiaizada & Banheita de < Equipe de manutengao hidromassage impar a tubulago gern! impar a tubulag local spa 12 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Tabela A.1 (continuagao) ABNT NBR 5674:2012 hidrossanitérios Aguas servidas Periodicidade | Sistema Elemento/ Responsavel componente coavatie de au Eletuarimpeza geral das | Equipe de manutengéo 4, vedas aun | gests oseus corgoeres | el enpice rapt at Cabas de sooo spo deans BF Sistemas | “Ge gordura ede Efetuer impeza geral Equipe de manuteng local Lajes, vigas e | Vericar a integridade estrutural Ee pilares conforme ABNT NBR 18575 | _F™Prese esperielizada Sistema de | Manutengao recomendada pelo | Empresa capacttada! seguranga fornecedor Empresa especializada Gerador de Agua \Verifcar sua integridade © Teconstiuir ofuncionamento do sistema de lavagem interna Empresa capacitada quente | dos depdsitos de aqua quente & 2 limpeza das charinés conforme & insttugo do fabricante 8 Equipamentos ‘Sistema de | Verificar o funcionamento, limpeza < industiaizados | aquecimento « regulager, conforme Empresa capactada individual legislagao vigente Banheira de hidtomassagemy | _, Lmpar@mantero sistema Empresa capactada 9°" | conform insrugdes do fornecedor spa Sistemas de | _Inspecionar sua integrdade © protegao contra | reconstuiro sistema de medG8° | 5 35a senecializada descargas de resisténcia conforme Pree ee atmostéricas legislagao vigente Desratizagao desinsetizagéo , cago de produtos quiricos | Empresa especializada (Residencial) picetae ce Det ioed oe reas mohhadas internas € externas, Verifear sua integridade © | iscinas, | reconsttuira protecdo mecanica, | Equipe de manutengao ° Impermesbiizaga0 | seryatrios, | sinais de inftragéo ou flhas da local 2 coberturas, impermesbilzagzo exposta 4 jardins, espethos é agua Reluntamentos e vedagses \Verifear sua integridade e reconstituir 0 rejuntamentos internos e exteros dos pisos, paredes, peitoris, soleras, ralos, pecas sanitérias, bordas de banheiras, chaminés, grelhas de ventilagdo, @ outros elementos Exquipe de manutengao local Empresa capacitada @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 13 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela A.1 (continuagao) Elemento! Periodicidade | Sistema Atividade Responsével componente Paredes exeras | rcara mtegidade @ Equipe de manutengao Hachadas : local Empresa reconstitir, onde necessério emuros especializada Piso acabaco, Equipe de manutengao Revestimentos de parede, piso e teto Veriicar a integridade © revestmento 2) econsttuir, onde necessério paredes ¢ tetos local Empresa especiaizada Equipe de manutengao \Verifcar a integridade & Deck radia | consi oderecesiio | [eal Eroresa Epo de mantngio Instalagoes: pr ‘ fecal a : diixiiode | Reaper ton a tinerces elétricas capacitada/Empresa especializada \Vetifcar falhas de vedacao, fixagao das esquadrias, quarda- corpos, ¢ reconstituir sua integridade, onde necessério Equipe de manutengao local’ Empresa especializada Efetuar limpeza geral das ‘esquadtias incluindo os drenos, Teapertar parafusos aparentes, regula frelo e lubrfcagzio Esquadtias em geral Equipe de manutencao local’ Empresa Observar a tipologia ea are complexidade das esquadrias, (0 projetos e instrugdes dos fornecedores ‘Acada ano \Verticar a presenga de fssuras; falhas na vedagao e fxagdo ‘nos cabslhos e reconstitir sua Equipe de manutengao Vidos e seus sistemas de fixagao local’ Empresa integridade, onde necessério copociaizara \Verifcar as tubulagées de ‘qua potével e servida, para 7 ° Enquipe de manutengao - detectar obstrugdes, falhas aa es Tubulagdes " local Empresa ‘ou entupimentos, e fxagao © eee jceiemas reconstituir a sua integridade, o hidrossanitérios ———— Metais, 7 7 . ar os elementos de vedacao | Equipe de manutengao sxssiose | Sets eretiese patos | hed ragisros : a Equipamentos de incénaio Recarregar os extintores Empresa especialzada Inspecionar periodicamente de ‘Sistemas de Peer d acordo com a legislagao vigente Equipamentos | protegao contra ee industratzados |" descargas | Emlocals expostos & corso atmosiéreas | 56" feduios intervalos entre verficages 14 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela A.1 (continuagao) Petiodicidade | Sistema Ca) Atividade Responsével componente Veriear integridade estratural , Bo dos componentes, vedagaes, | Fauipe de manutengao 32 Sistoma de cobertura ° local Empresa gs fixagbes, e reconstiui etratar, Paces conde necessario are, se necesséri,pntar, pee Pilar | cuipe de manutengao encerar, envernizar ou executar Esquachias e elementos de madeira local/ Empresa tratamento recomendado peuciaed pel frnecedor a sf Villars acess par | Emupe do mantegio ge Esquadiias e elementos de ferro | ou executartratamento especiico | local/ Empresa, <8 recomnendado pelo fornecedor especialzada f omadas, | Vetfearas.conexées, estado | Equipe de manutencdo Instalagdes dos cortatos eli o seus local Empresa E interuptores e cléticas componentes, e constr | capactadalEmpresa pontos de uz eo conde necessério. especilizada Efetualavagem cues - e ue de manutengéo sé Verifear os elementos ¢, se ee a3 Fachada necessiioolctarinspegio | Otte g £ ‘ender &s prescrigdes do as reatrio ou laudo de inpegao Em funcdo da tipologia da edificagao, das condigdes de uso, da complexidade dos sistemas e equipa- mentos empregados e das caracteristicas dos materiais aplicados, o programa de manutengao pode ser elaborado considerando a orientacao dos fornecedores, de profissionais e de empresas especiali- zadas. Como exemplo, podem ser citados, entre outros: — elevadores, escadas e esteiras rolantes, plataformas de transporte de pessoas e cargas; — piscina, quadras poliesportivas, playground, méveis e elementos decorativos; — revestimentos especiais (f6rmica, pisos elevados, materiais compostos de aluminio); — esquadrias especiais; — sistemas especiais elétricos, eletrénicos e automatizados; —_ sistemas de impermeabilizagao. — sistema de prevengao e combate a incéndio © ABNT 2012 - Todo os stios reservados 15 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Anexo B (informativo) Modelo para a elaboragao do programa de manuteng¢ao preventiva B.1 Objetivo Em atendimento a 7.2 desta Norma, este anexo apresenta uma lista com 0 modelo de registros que convém que estejam disponiveis no condominio, constituindo evidéncias de que as atividades de manutengao foram levadas a efeito. A elaboracao de planilhas (check-lis) de verificagdes pode seguir 0 modelo feito especialmente para cada edificagdo, com suas caracteristicas e grau de complexidade B.2 Classificagao dos registros Convém que os registros sejam classificados, entre outras opgdes pela natureza dos sistemas ou dos subsistemas, ou pela natureza dos elementos ou dos componentes da edificagao. B.3 Tabela dos principais registros A Tabela B.1 indica uma lista possivel dos principais registros, a qual pode variar de edificio para edifico. Tabela B.1 - Lista dos registros Gerais Programa de prevengao de riscos ambientais (PPRA) Programa de manuten¢do preventiva Planilha ou lista de verificagdes da execugao do programa de manutengao preventiva Relat io de verificagdes das manutengdes corretivas executadas Atas de assembleias com aprovacao do programa de manutengao_ Sistemas eletromecanicos Relatério anual de verificagdes dos elevadores (RIA) Atestado de inicializagéo do gerador Relatério de verificacdes da manutengao dos elevadores Verificagdes e relatério das instalagées elétricas Verificagdes e relatdrio de medigao ohmica Verificagdes e relatério de manutencao das bombas 16 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela B.1 (continuagao) Sistemas eletromecanicos Atestado SPDA — Sistema de Protegao e Descarga Atmosférica Protegéo contra descargas atmostéricas Automagao de dados, informatica, voz, telefonia, video e televiséo Gerador de Agua quente -———__— Veriticagaes com registros no livro de manutengao ou em formulatios especificos ou, dependendo do caso, “Aquecedor coletivo em relatério da empresa contratada Ar-condicionado Circuito fechado de TV Antena coletiva Grupo gerador Quadro de distribuigao de circuitos Verificagdes com registros no livro de manutencao Tomadas, interruptores e pontos de luz Elevadores Verificagdes com registros no livro de manutengao ou — em formulatios especificos ou, dependendo do caso, Exaustao mecanica em relatorio da empresa contratada_ Equipamentos em geral Relagéio de equipamentos Certificado de garantia dos equipamentos instalados Manuais técnicos de uso, operago e manutengao dos equipamentos instalados Livro de registro das atividades da manutengao Sistemas de seguranca Automagao de portées Verificagées com registros no livro de manutengao ou = em formulatios especificos ou, dependendo do caso, Instalagdes de interfone em relatérios da empresa contratada Sistemas de seguranga especificos Certiticado da empresa contratada Instalagdes hidraulico-prediais e gas, Verificagdes com registros no livro de manutengao ou Instalages hidrdulicas/esgotos/guas | em formularios especificos ou, dependendo do caso, pluviais/loucas/metais/bombas em relatorios e certificado da empresa contratada/ cettificado e atestado de potabilidade da agua Atestado de instalacao de gas Verificagdes de limpeza dos reservatérios com registro no livro de manutencao @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 17 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela B.1 (continuagao) Instalagdes hidraulico-prediais e gas Verificacdes da limpeza do pogo de esgoto, pogo de agua servida, caixas de drenagem e esgoto, om registro no livro de manutengao Banheira de hidromassagem Sistemas de combate a fogo ou incéndios Auto de verificagao do corpo de bombeiros (AVCB) (quando obrigatério) Certificado de recarga de extintores Atestado da brigada de incéndio Ficha de inscri¢ao no cadastro de manutencao (FICAM) do sistema de seguranga contra ineéndio das edificagdes Apdlice de seguro de incéndio ou outro sinistro que cause destruicao (obrigatoria) @ outros opcionais Certificado de ensaio hidrostatico de extintores Livro de ocorréncias da central de alarmes ‘Sprinklers e seus componentes industrializados (bombas, valvulas de fluxo, detectores de fumaga etc.) Vetificagdes com registros no livro de + imanutengao ou em formularios especificos Pressurizagao de escada ou, dependendo do caso, em relatdrios, como Equipamentos de incéndio certificado da empresa contratada lluminagao de emergéncia Revestimentos de paredes / pisos e tetos Pedras naturais (marmore, granito € outros) Azulejo/ceramica/pastilha Paredes e tetos internos revestidos de argamassalgesso liso/ou executado com componentes de gesso acartonado (drywall) Paredes exterasifachada Verificagdes com registros no livro de {| inanutengio ou em formuldrios especiticos Piso cimentado, piso acabado em concreto, contrapiso Rejuntamento e tratamento de juntas Paredes externas/fachada Forros de gesso Pisos de madeira, tacos e assoalhos 18 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Tabela B.1 ABNT NBR 5674:2012 (continuagao) Revestimentos de paredes / pisos e tetos Revestimentos especiais ([érmica, pisos elevados, materiais compostos de alum{mio) Verificagées com registros no livro de Forros madeira manutencao ou em formuldrios especificos Esquadrias Aluminio Ferro Verificagées com registros no livro de Madeira manutengao ou em formularios especificos Vidros Lazer Jardim Playground Quadra poliesportiva Verificagées com registros no livro de Piscina manutengao ou em formuldrios especfficos. Sauna seca Convém que os registros incluam referéncias s condigées de higiene Sauna tmida SPA Desratizagao e desinsetizago Pintura e imp jermeabilizagao Pinturalverniz (internamente e/ou externamente) Verificagdes com registro no livro de Impermeabilizagao manutencao ou em formuldrios especificos @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 19 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela B.2 - Agendamento e periodicidade Condominio: Folha: J Enderego: Ne Responsével legal: Gestao ano ‘Semana Sistema Elemento/componente Atividade Responsével Verificar o nivel dos Sistemas Reservat6rios reservatorios hidrossanitarios de agua potavel e funcionamento das boias Carimboidatalassinatura ——— Verificar 0 Sistema de inigagao funcionamento dos dispositivos __| Carimibo/deta/assinatura Verificar, apés 0 uso do equipamento, o nivel de dleo combustivel e se ha obstrugao nas entradas e saidas de ventilagéo Carimbo/data/assinatura hidrossanitarios Equipamentos industrializados rors Equipamentos industrializados Fazer a drenagem de guna unis gua no equipamento | Carimbo/datalassinatura 20 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Anexo C (informativo) Modelos de verificagées e seus registros Este Anexo apresenta exemplos de modelos informativos para as verificagdes e seus registros, con forme Tabelas C.1,C.2eC.3 Tabela C.1 - Modelo de livro de registro de manutencao Sistema / subsistema Atividade Datada | Responsével realizagao | pela atividade Prezo Custos Tabela C.2 - Modelos de lista de verificacdes para um subsistema ~ Manutencao preventiva da central de interfone (modelo possivel) Condominio Enderego Equipamento Caracteristicas do equipamento Tipo XYZ Central de interfones — N° apt? Servicos a serem realizados (incluir periodicidade) Status Verificacao das protegdes (fusiveis/disjuntores) Verificagao do sistema de alimentagao Verificagao das conexdes elétricas Verificacao das placas de comando Verificagao do circuito eletronico Vetificagao das sinalizagdes de operagao Verificagao da limpeza geral Verificagao do reaperto das conexdes Realizagao de testes de funcionamento Verificagaéo da auséncia de interferéncias no sistema @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados a Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela C.2 (continuagao) Manutengdes corretivas a serem realizadas em fungao do status: Hora de inicio Hora de término Data Data da préxima verificagao Responsdvel pelo servigo’ Empresa responsével: Responsavel pelo condominio: Tabela C.3 - Manutengao preventiva da central de alarme (modelo possivel) Condominio Enderego Equipamento Caracteristicas do Central de alarme do sistema de combate equipamento Wee XYZ aincéndio Servigos a serem realizados (incluir periodicidade) Status Verificacdo dos fusiveis Verificagao do sistema de alimentagao C.A. Veriticagao do sistema de alimentagao C.C. Verificagao e testes do sistema automatic Verificacao e testes dos sensores de fumaga Veriticacao dos motores e ventiladores do sistema de pressurizacao Verificagao € testes dos interruptores de acionamento manual Verificagao e testes dos pressostatos hidraulicos Verificagao dos chicotes de comando Testes de lampadas de comandbs sinsticos Veriticacao e testes da interface com sistema de pressurizagao de escadas Verificagao da conformidade com a ABNT NBR 9077 Verificagao da conformidade com a legislagao vigente Vetificagdo e testes dos comandos elétricos 22 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Tabela C.3 (continuagao) ABNT NBR 5674:2012 Servicos a serem realizados (incluir periodicidade) Status Verificagao das protegdes (fusiveis/disjuntores) Verificacao e testes dos dispositivos visuais Verificagao dos circuitos hidraulicos de combate a incéndio Veriticacao dos chuveiros automaticos Verificacao da integridade e existéncia de avisos pertinentes Verificagao das sinalizagdes de operagao_ Verificagao das saidas e rotas de fuga de emergéncia Reaperto das conexées elétricas Limpeza e protecao das placas de comando eletrnico Testes gerais de comando e funcionamento do sistema Manutengdes corretivas a serem realizadas em fungao do status. Hora de inicio Hora de término Data Data da proxima verificagao Responsdvel pelo servigo’ Empresa responsive! Responsével pelo condominio: @ ABNT 2012-- Todos os direitos reservados 23 Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela C.4 - Modelos de lista de verificagdes para um equipamento - Manutencao preventiva das bombas (modelo possivel) Condominio Enderego Equipamento Bombas 01 a 04 Motor Modelo N° de série Bomba Modelo Poténcia Quadro de comando | Modelo N° de série Servigos a serem realizados (incluir periodicidade) Status Elétrica Rec | Rec | Press | Press 01 | 02 01 02 Verificagao dos disjuntores e fusiveis Veriticacao dos contactores de comando Verificagao do relé térmico Verificacao e teste dos sinalizadores do quadro Verificacao do sistema de alimentacao de C.A. Vetificagao e reaperto dos bornes e cabos Verificagéo da temperatura de trabalho do motor Corrente elétrica de partida Corrente elétrica de trabalho Testes de funcionamento manual Testes de funcionamento automatic Testes de alarmes 24 @ ABNT 2012 - Todos 0s direitos reservados Arquivo de impressao gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] Arquivo de impressdo gerado em 02/04/2016 06:36:25 de uso exclusivo de FREDERICO AUGUSTO COELHO DA SILVA [318.219.873-49] ABNT NBR 5674:2012 Tabela C.4 (continuagao) MecAnica/hidraulica o1 | 02 | 03 | 04 Verificagao dos mancais Lubrificagaio dos mancais Limpeza geral do equipamento Verificagao da tubulacao (vazamento + oxidagao + conservagao) Verificagao das valvulas hidraulicas Verificagao da boia de nivel Verificagao do nivel de ruido (dB A) Manutengées corretivas a serem realizadas em fungao do status Hora de inicio Hora de término Data Data da préxima verificacao Responsdvel pelo servigo: Empresa responsavel. | Responsavel pelo condominio: | © ABNT 2012 - Todo os stios reservados 25