P. 1
apostila vestcon

apostila vestcon

4.81

|Views: 31.074|Likes:
Publicado porsandra

More info:

Published by: sandra on May 24, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/25/2014

pdf

text

original

PRODUTOS E SERVIÇOS FINANCEIROS – O LEASING: TIPOS,
FUNCIONAMENTO E BENS

Nesta aula serão estudadas as operações de arrendamento mercantil, mais
conhecidas como leasing. Tais operações, como será visto, têm características
e regulamentação bastante especificas

CONCEITO DE LEASING

Transação celebrada entre o proprietário de um determinado bem (arrendador)
que concede a um terceiro (arrendatário) o uso deste por um período fixo. É
facultado ao arrendatário a opção de comprar, devolver o bem arrendado ou
prorrogar o contrato, em seu vencimento. O leasing (também chamado
arrendamento mercantil) é tratado pela Lei 6.099/74 e suas alterações.
Segundo este mesmo normativo, “considera-se arrendamento mercantil, para
efeitos desta Lei, o negócio jurídico realizado entre pessoa jurídica, na
qualidade de arrendadora, e pessoa física ou jurídica, na qualidade de
arrendatária e que tenha por objeto o arrendamento de bens adquiridos pela
arrendadora, segundo especificações da arrendatária e para uso próprio
desta”.

No Brasil, as entidades autorizadas a realizar operações de Arrendamento no
Brasil são os bancos múltiplos com carteira de arrendamento mercantil e as
sociedades de arrendamento mercantil. Podem ser objeto do leasing bens
móveis, de produção nacional ou estrangeira, e bens imóveis adquiridos pela
entidade arrendadora para fins de uso próprio da arrendatária, segundo as
especificações desta.

As operações de leasing são, basicamente, realizadas nas modalidades
operacional e financeiro.

LEASING OPERACIONAL

A sociedade arrendadora concede o uso da propriedade à arrendatária, mas
assume o compromisso de prestar assistência técnica bem como o risco
comercial da obsolescência do bem objeto do leasing. A figura a seguir
demonstra esquematicamente tal operação.

O leasing operacional tem as seguintes características:

as contraprestações são, em geral, mais elevadas que no leasing
financeiro;

o valor residual é relevante;

pode ser confundido com locação/

prazo de vigência contratual é normalmente curto;

é facultativa a cláusula de opção de compra;

possibilidade de rescisão mediante acordo bilateral;

não envolve a intermediação;

a recuperação do investimento pela arrendadora ocorre por meio do
arrendamento do mesmo bem a diversos clientes.

LEASING FINANCEIRO

E uma operação onde o arrendador atua como intermediário, adquirindo o
bem e concedendo o uso e a posse ao arrendatário, que se compromete a
pagar as contraprestações devidas. A figura representa uma operação de
leasing financeiro.

O leasing financeiro tem as seguintes características:

O prazo de vigência normalmente longo;

É obrigatória a cláusula de opção de compra, sendo que em
princípio, o contrato não pode ser rescindido antes do prazo
estabelecido;

A arrendadora não responde pela assistência técnica ou manutenção
do bem;

A arrendadora não mantém estoque do bem ;

Há, ainda, uma variante do leasing chamado leasing back. Nesta operação, os
bens que estavam no ativo permanente do arrendatário, são vendidos para a
empresa de leasing que, em seguida, os arrenda ao proprietário original dos
bens. Pela resolução 2309 do Banco Central, de 28.09.96, essa modalidade
somente está disponível para arrendatários pessoas jurídicas.

Outro tipo de leasing é o Subarrendamento, que se constitui na transferência
do contrato de leasing de uma arrendatária para outra. O arrendador contrata
um leasing com um arrendador ou fornecedor externo e subarrenda o mesmo
com empresa nacional

As diferenças entre o leasing operacional e o financeiro podem ser resumidas
conforme tabela a seguir:

EXERCÍCIOS

1. (CEF – 2004 – Fundação Carlos Chagas) O princípio básico que norteia uma
operação de leasing é o de que o lucro na produção de bens e serviços, não se
origina no fato de que, quem os produz, tenha a propriedade das máquinas e
equipamentos necessários para produzi-los, mas, sim, da forma como elas são
utilizadas na sua produção. Das afirmativas abaixo considera-se verdadeira:
a)A operação de leasing operacional é menos onerosa para o
arrendatário porque as prestações não amortizam o bem; caso o
arrendatário queira adquirir o bem terá que negociar com a
empresa de leasing, e a aquisição, se houver, será feita pelo valor
de mercado.
b)O contrato de arrendamento mercantil, que estabelece as
condições da operação de leasing e os direitos/obrigações de
arrendador e arrendatário é simples e sem nenhuma
peculiaridade, dispensando até mesmo exigência de garantias.
c)Lease-back é uma operação de arrendamento mercantil praticada
no mercado em que a empresa tomadora de recursos é
proprietária de, um bem e o arrenda para a sociedade de leasing.
d)Leasing operacional é a operação, regida por contrato, praticada
diretamente entre o produtor de bens (arrendatário) e seus
usuários (arrendador), podendo o arrendador ficar responsável
pela manutenção do bem arrendado ou por qualquer tipo de
assistência técnica que seja necessária para seu perfeito
funcionamento.
e)Leasing financeiro é uma operação de financiamento sob a forma
de locação particular, de médio a longo prazo, com base em um

Contraprestações menores

Contraprestações maiores

Valor residual irrelevante

Valor residual relevante

Risco operacional do arrendatário

Risco operacional do arrendadora

Não existência de estoques de bens

Existência de bens em estoque

Rescisão do contrato no vencimento

Rescisão mediante acordo bilateral

A opção de compra é obrigatória

A opção de compra é facultativa

Prazo do contrato geralmente corresponde a
vida útil do bem

Prazo do contrato menor que a vida útil do
bem

Semelhante a um Financiamento

Semelhante a uma Locação

Leasing Financeiro

Leasing Operacional

Contraprestações menores

Contraprestações maiores

Valor residual irrelevante

Valor residual relevante

Risco operacional do arrendatário

Risco operacional do arrendadora

Não existência de estoques de bens

Existência de bens em estoque

Rescisão do contrato no vencimento

Rescisão mediante acordo bilateral

A opção de compra é obrigatória

A opção de compra é facultativa

Prazo do contrato geralmente corresponde a
vida útil do bem

Prazo do contrato menor que a vida útil do
bem

Semelhante a um Financiamento

Semelhante a uma Locação

Leasing Financeiro

Leasing Operacional

contrato, de bens móveis ou imóveis, onde não há necessidade de
intervenção de uma empresa arrendadora.

Resposta: Somente o item `a` é verdadeiro.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->