Você está na página 1de 15

Reunio Facilitadores 05/06/12

Embalagens Certificadas

Conforme previa a Portaria INMETRO

n. 453, de 19 de dezembro de 2008, a

partir de 19/12/2011 as bombonas


recondicionadas deveriam ser
certificadas

RESOLUO n 420 DA ANTT


6.1.2.5 Os numerais a seguir sero usados
para estas espcies de embalagem:
1. Tambor;

2.
3.
4.
5.
6.
7.

Barril de madeira;
Bombona;
Caixa;
Saco;
Embalagem composta;
Recipiente pressurizado.

RESOLUO n 420 DA ANTT

6.1.2.6 Para identificar o tipo de material, so


empregadas as seguintes letras maisculas:
A. Ao (todos os tipos e revestimentos);
B. Alumnio;
C. Madeira natural;
D. Madeira compensada;
F. Madeira reconstituda;
G. Papelo;
H. Material plstico;
L. Txteis;
M. Papel, multifoliado;
N. Metal (exceto ao e alumnio);
P. Vidro, porcelana ou cermica.

RESOLUO n 420 DA ANTT


Bombonas TF e TR

RESOLUO n 420 DA ANTT


Grupo de Embalagem I : substncias que apresentam
alto risco;
Grupo de Embalagem II : substncias que apresentam

risco mdio;
Grupo de Embalagem III : substncias que
apresentam baixo risco.

RESOLUO n 420 DA ANTT


Uma letra maiscula indicando o(s) grupo(s) de
embalagem para o(s) qual (quais) o projeto-tipo
foi homologado;
X - para os Grupos de Embalagem I, II e III

Y - para os Grupos de Embalagem II e III


Z - somente para o Grupo de Embalagem III

CERTIFICAO BAIXO RELEVO

Entenda Certificao Baixo Relevo

Classe de risco e
Densidade do produto

Presso
Hidrulica
de teste

Ano de
fabricao

Tipo da
Embalagem

1H1 / Y 1.4 / 150 / 08

BR / MBP / DPC 064


Smbolo
da ONU

Pas de
Origem

Fabricante

rgo
Certificador

Entenda Certificao Baixo Relevo


Classe de
risco

Capacidade
de carga

Para Resduo
Slido

Tipo da
Embalagem

1H2 / Y / 250 /S/ 08


BR / MBP / DPC 064
Smbolo
da ONU

Pas de
Origem

Fabricante

rgo
Certificador

Ano de
fabricao