Você está na página 1de 2

Teoria do Delito

================
|-> Tipo Objetivo: Descricao da conduta criminosa.
|
|
|-> Direto |-> O agente quis o resul
tado.
1. Tipicidade |
|
co de produzir o resultado e nao
|
|-> Tipo Subjetivo

|-> Dolo |
|
|
|-> Eventual |-> O agente assume o ris
se importa com que o resultado ocorra.
|
|
|
|
|-> Inconsciente: Falta de observacao

do dever de cuidado.
|-> Culpa |
(*) |-> Consciente: Ha' previsibilidade d
o resultado mas o agente acredita, sinceramente, que ele nao ocorrera'.
|-> Imprudencia: Fazer.
(*) Tipos |-> Negligencia: Nao fazer.
|-> Impericia: Falta de habilida
de tecnica.
|-> Ausencia de descricao da conduta criminosa no
CP.
1.1. Excludentes da Tipicidade |
|-> Ausencia de dolo ou de culpa.

2. Antijuridicidade ou Ilicitude: Contrariedade ao ordenamento juridico.


|-> Estado de necessidade:
Agente que lesa outro para salvar-se de perigo atual e inevitavel.
|
|-> Legitima defesa: Agente
repele injusta agressao, atual ou iminente, usando moderadamente os meios de qu
e dispoe.
2.2. Excludentes da Antijuridicidade ou da Ilicitude |
|-> Estrito cumprimento do
dever legal: Agente cumpre exatamente o determinado pelo ordenamento juridico, s
em excessos.
|
|-> Exercicio regular de di
reito: Agente exercita uma faculdade de acordo com o direito.

|-> Imputabilidade: Agente inteiramente capaz.


|
3. Culpabilidade |-> Potencial consciencia da ilicitude
|
|-> Exigibilidade de conduta diversa
|-> Inimputabilidade = Sentenca absolutoria im
propria (medida de seguranca)
|
|-> Erro de proibicao

3.3. Excludentes de Culpabilidade |


|-> Coacao moral irresistivel
|
|-> Obediencia hierarquica a ordem aparente le
gal