P. 1
Receitas Com Carne Que Rendem

Receitas Com Carne Que Rendem

|Views: 2.550|Likes:
Publicado pormariosalimon
Receitas de fácil preparação e que rendem para ganhar tempo no dia a dia
Receitas de fácil preparação e que rendem para ganhar tempo no dia a dia

More info:

Categories:Types, Recipes/Menus
Published by: mariosalimon on May 06, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/17/2013

pdf

text

original

Receitas com carne que rendem

O que fazer com 1 frango resfriado inteiro cortado nas juntas 1. separar os peitos e o sasami (filetes logo abaixo do peito). Os peitos rendem 4 bifes finos pelo menos. O sasami rende um strogonoff ou picadinho com legumes à chinesa. 2. Alternativamente, tempere os peitos com bastante alho, sal e um pouco de azeite. Ferva uma panela grande de água e coloque os peitos, adicionando também uma cenoura, batata baroa, cebola, pimentão e ervas. Ferva os peitos até que fiquem firmes e, ao serem furados, não deixem brotar caldo leitoso. Desfie os peitos e divida de modo a poder fazer salpicão, canellone com molho branco, arroz temperado etc. O caldo (brodo) pode ser usado para fazer risoto, capelleti in brodo, sopas de vários tipos etc. 3. Desossar as coxas e sobrecoxas. Deixar pelo menos duas horas em azeite, alho, sal e um pouco de molho inglês. Ficam ótimas grelhadas ou assadas como molho de tangerina (tanjal, pinga e um pouco de água com maizena. Pode trocar o tanjal por granadina, xarope de rosas, calda de maracujá etc). Também pode ser cortada em tiras grnades depois de grelhar, com cobertura de molho teriaki (shoyu, açúcar, mirin e limão). Saborosíssimas se apenas cortadas em tirinhas pequenas e fritas com bastante alho, cebola e talos de cebolinha ou alho poró. 4. Separar os miúdos e temperar bem com bastante limão, alho e sal. Fritar picadinhos com uma tira de bacon picada. Quando o bacon soltar óleo, colocar cebola picada Quebrar dois ovos e deixar coagular antes de mexer. Mexer com cuidado para que fiquem grumos. Eu gosto de colocar muita azeitona picada em pedaços grandes. Salgue bem. Coloque farinha, que pode ser de mandioca, milho ou o que for do gosto do freguês. Vá mexendo até começar a queimar o fundo. Pique uma ou duas bananas, dê uma mexida e tampe. 5. Desmembre a carcaça, pescoço, coxinhas e asas e tempere a gosto, Dá duas canjas ou uma panelada de frango com açafrão ou uma galinhada. Carne moída Aqui temos um pequeno batalhão, de modo que compro patinho em peça, moído duas vezes. Por vinte anos, separei a carne em pacotinhos do tamanho de um punho grande. Recentemente, tive que aumentar o tamanho. Coloco os punhados em um saquinho de congelar de 1K e achato em retângulos para um fácil descongelamento. Vamos do mais fácil para o mais complicado, considerando sempre que já se temperou a carne com alho amassado, sal e azeite. Como regra geral, descongele pelo menos umas três horas antes e, depois de temperar, deixe tomar gosto por pelo menos uma hora.

1. um pacote de carne, refogada, bem sequinha, sai rapidamente quando somente colocamos uma cebola grande bem picada e salsa a gosto. 2. 1 pacote refogado no ponto, antes de secar, mais uma cebola grande picada, um tomate maduro picado grosseiramente e um pouco de ervas como manjericão ou tomilho. Vai com arroz ou macarrão. 3. Dois pacotes achatados em forma de retângulo num plástico, recheados com massa de tomate, mozzarella cebola, azeitona preta e um ovo cozido em rodelas. Assar o “rocambole” primeiro coberto com papel alumínio e depois dourar. 4. Mesma receita, só que recheada com espinafre, cebola, alho e azeite. 5. Dois pacotes. Picar bastante uma cebola, salsa, uma tirinha de bacon e um pedaço de pimentão. Juntar um ovo e farinha de trigo e amassar até dar liga. a. Variação 1, kafta: troque o pimentão por bastante hortelã e coloque um pouco de pimenta síria. Enrole as kaftas ou faça em forma redonda e achatada, que nem eram os kibinhos fritos em azeite da vó Lida. Grelhe numa frigideira ou asse. Sirva com molho vermelho, vinagrete ou um tahine. b. Variação dois, bifinhos da D. Elenir (Mãe da Tina): amasse bifinhos na mão ou com a ajuda de um plástico, para que fiquem bem fininhos. Passe no ovo e, depois, em farinha de mandioca, fritando até que fiquem bem moreninhos. c. Variação 3, almôndegas no desespero: faça bolinhas pequenas com a carne moída e frite de uma vez em uma frigideira. Sirva com molho de tomate, macarrão ou mesmo sequinhas com arroz da hora. d. Variação 4, almôndegas do jeito que eu gosto: não coloque pimentão e troque a farinha de trigo por de rosca, enrole as almôndegas e frite em óleo quente e abundante. Vão bem com o bom e velho arroz com feijão e uma salada de alface, tomate e cebola.

Contrafilé

Compro logo uma peça e peço que cortem em bifes grossos. Em casa, separo de quatro em quatro e congelo.

1. faça borboletas com cada bife ou corte-os em dois na espessura. Bata com o martelo e tempere com azeite, alho e um pouco de molho inglês. Grelhe ao ponto preferido. Passe cebolas na frigideira com um

pouco de sal e vinagre. 2. Corte em tirinhas finas, tempere com azeite, alho e sal e frite bem com uma cebola em tiras e umas tiras de pimentão. 3. Faça um picadinho bem miúdo mesmo e frite bem. Se soltar caldo, reserve. Quando estiver no ponto, jogue um pouco de vinho tinto e o caldo, mais um pouco de água com maizena ou farinha trigo para uma leve engrossada. O falecido e saudoso Rosental, cozinheiro de JK, que tinha um restaurante aqui em Brasília, quebraria ainda dois ovos sobre o caldo e serviria tudo fervendo, com uma farofa de ovos. 4. Partindo do mesmo picadinho, pode-se, antes da fase de colocar vinho, bifurcar-se para um molho vermelho com cebola, cebolinha e salsa. Esse vale a pena fazer na pressão, pois o contrafilé não é lá muito macio.

Fraldinha (receita serve para filé mignon, carré e paleta de suíno etc)

Carne saborosa e forte, fácil de fazer. A Alida já comeu esta aqui em casa.

Deixe marinando de véspera em uma travessa com sucos de uma laranja e um limão mais mel, vinho (ou cachaça, rum, jerez etc), azeite, salsa. Cebolinha, cebola, shoyo, catchup, mostrada etc. Isso é do gosto de cada um. Eu gosto de fazer mesmo uma poção de bruxa.

Asse coberto com alumínio e coloque pimentão, cebolas e tomates cortados em quartos. Quando estiver no ponto desejado, deixe dourar. No meio do processo, dou umas regas e reservo o caldo, pois gosto de fazer um engrossado (meio copo de água com uma ou duas colheres de maizena – vai do gosto) com vinho e cogumelos.

Carnes de panela (coxão duro, músculo, capa de contra-filé etc.)

Compro logo de peça e corto tudo em cubos médios, separando os punhados e temperando na mesma lógica da carne moída acima. Não tempero antes de congelar porque o cheiro fica muito forte na geladeira.

1. Cozidão com legumes: fritar bem, até dourar, na panela de pressão e cozinhar com cebola, pedaços grandes de abobrinha, batata, cenoura chuchu, milho verde no sabugo cortado, batata baroa e o que mais for do gosto. 2. Uma variação fácil é picar menos coisas e em tamanho menor (vagem vai bem aqui) para fazer uma sopa deliciosa. Colocar um macarrão desses próprios para sopa. 3. Frite bem na panela de pressão, até dourar. Coloque um tomate picado e uns pedacinhos de pimentão e dê uma mexida. Junte um pouco de massa de tomate – umas duas colheres de sopa - e um copo de água e mande pressão. Dá um caldo grosso e escuro muito bom. 4. Parta da mesma receita e coloque mais massa de tomate e água, cozinhado uma massa junto, que pode ser penne, fusilli ou otra do gosto. Espaguetes não funcionam bem.

Lagarto Esta carne é muito dura, porém saborosíssima, e rende muito, Vale a pena fazer para congelar em porções. 1. Deixe marinar por um dia pelo menos. Doure a peça em óleo muito quente (ou de metade em metade, se a peça for muito grande). Cozinhe na pressão até começar a soltar fiapos, sinal de que está desmanchando. Reserve o caldo para um molho, arroz ou sopa. Corte em fatias finas (faca elétrica ajuda muito) e sirva com molho. Também se podem montar camadas em uma travessa intercalando com vinagrete. Isso fica muito bom curtido por uns dias, servido com pão da hora ou em beirutes.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->