Você está na página 1de 20
Ol Amigos: Curso Avangado de Matematica ESAF - Prof. Sérgio Carvalho Aula 1 - Progressao Aritmética - P. # Conceito: Progresso Aritmética, ou simplesmente P.A., é uma sequéncia em que cada termo, a partir do segundo, é a soma do anterior com uma constante. # Representagao: Designaremos 0 primeiro elemento de uma P.A. por a: , segundo elemento por a2 € assim sucessivamente, até 0 Ultimo elemento que € normalmente representado por an Assim, uma P.A. sera representada desta forma: ( a4, a2, a5, @4, ... an) A representacao acima se refere a uma P.A. finita comn elementos. Se a sequéncia for infinita, a representagao sera acrescida de reticéncias: (a1, a2, a3, a4, ... ) # Terminologia: Vejamos a seguinte PA: (4, 5, 9, 13, 17, 21) Um termo qualquer é identificado por ax, onde k indica a posi¢ao deste termo. Assim, temos, por exemplo, que o primeiro termo, a1, € igual a 1, enquanto as se refere ao quinto termo desta P.A., igual a 17. Ja 0 terceiro termo, as, € igual a 9. Como dito, a diferenca entre dois termos consecutivos de uma P.A. é uma constante, a qual sera chamada de razdo da P.A., designada pela letra r. Para descobrir 0 valor da raza, basta subtrair dois elementos consecutivos. Ha, portanto, varias formas de calcular o r. Vejamos: reag-ay=5-1=4 r=a3—a=9-5=4 rag—as=13-9=4 # Progressao Aritmética Constante: Uma progressao aritmética é dita constante quando a sua razdo é igual a zero. Neste caso todos os termos da P.A. tem o mesmo valor. Exemplos: PA (4,44...) >Raz4o=0 PA. (24, 21, .., 21) > Razo=0 P.A.(77,77,77) > Razdo=0 www.olaamigos.com.br 1 Ol Amigos: # Progressao Aritmética Crescente Uma P.A. é dita crescente quando a sua razao é maior que zero. Neste caso, consequente (elemento posterior) de um termo qualquer é sempre maior que ele proprio Exemplos: PA.(1,2,3,...) > raza A. (15, 24, 27, ...) > razdo= 6 A, (16, -12, 8) > razao=4 # Progressao Aritmética Decrescente Uma P.A. é dita decrescente quando a sua razéo € menor que zero. Neste caso, 0 consequente de um termo qualquer é menor que ele proprio Exemplos: PA. (81, 29, 27,...) > razio=-2 P.A. (75, 68, 61, ...) > razao A.(9,0,-9) > razao # Notagées Especiais: ~ Para 3 termos: (x, X+f, x#2r) Ou (Xr, x, X#r) ~ Para 4 termos: (x, X+r, x#2r, x+3r) OU (X-3Y, XY, x+Y, X+3y), em que y=r/2 ~ Para 5 termos: (x, x+r, x#2r, x#3r, x#4r) Ou (X-2r, Xer, x, XT, #21), # Exercicios de Fixagao: 01) Determine x de modo que (x, 2x+1, 5x+7) seja uma P.A. 02) Obtenha uma P.A. de 3 termos tais que sua soma seja 24 e seu produto seja 440. 03) Obtenha 3 nlimeros em P.A. de modo que sua soma seja 3 e a soma de seus quadrados seja 11 04) Obtenha uma P.A. crescente de 4 termos tais que o produto dos extremos seja 45 e 0 dos meios seja 77. 05) Determine o valor de x, tal que os numeros 2x, 3x e x sejam termos consecutivos € distintos de uma P.A. www.olaamigos.com.br 2 Ol Amigos: # Termo Geral de uma P.A.: Como sabemos, 0 proximo termo de uma P.A. ¢ igual a ele proprio somado a razao r. Assim, para um P.A. qualquer, podemos dizer que 0 segundo termo é igual ao primeiro termo, ay, mais a razao r: ag=a;tr Jao terceiro termo € resultado da soma do segundo termo com a raz4o: a3=aatr Assim, substituindo aquela penultima informagao na equacao anterior, teremos: a3=a,tr > az3=(aj;tr)t+r > as=a,+2r Vimos que 0 quarto termo da P.A. é resultado da soma do terceiro com a razao. Ou seja ag=a3tr Ejaque: aj =a,+ 2r Entdo, teremos que: ag=a3+r > ag=(a;+2r tr > ag=a, t+ 3r Ja temos, até aqui, o seguinte atatr a3 = ay + 2r ag = ai + 3r Dai, seguindo este mesmo raciocinio, teremos também que: a5=a,+4r ag = ay + Sr a7=a,+6r www.olaamigos.com.br 3 Ol Amigos: Assim, generalizando, diremos que, partindo-se do primeiro termo (ai), a formula do termo geral de uma P.A. sera dado por: ay = a, +(n—-1).r De outra forma, é também possivel calcular 0 valor de um termo qualquer da P.A., tendo como ponto de partida um outro termo diferente do primeiro. Quando usamos 0 ay como referéncia, o paréntese da férmula fica com a subtragdo (n — 4). Vejamos: an = ay + (n—-1).r Dai, se 0 elemento de referéncia for, por exemplo, 0 az, a formula mudard e o paréntese tera a subtracdo (n— 2). Assim An = a2 + (Nn — 2). Assim, teremos: as = a2 + 3r ag =a2+4r a7 = a2 + 5r Na mesma linha de raciocinio, se o elemento de referéncia agora for 0 a3, a formula mudara @ 0 paréntese tera a subtragao (n— 3). Assim An = a3 + (n- 3). Assim, teremos: as =a3 + 2r ag =a3+3r a7 =a3 + 4r www.olaamigos.com.br 4 Ol Amigos: Generalizando, podemos entdo dizer que o termo geral da P.A,, tendo por base um elemento qualquer am (diferente de a;), ser dado por: an = am + (N-m).r # Resumo da dpera: — Avancando n termos para a direita, a partir de um referencial qualquer, somamos n vezes a raz&o r aquele termo inicial Vejamos: Do a; para 0 as > avanco de 2 termos > somamos a; + 2.1 (= as) Do as para 0 as > avango de 5 termos > somamos as + 5.1 (= ae) Do as para 0 ai2 > avango de 7 termos > somamos as + 7.1 (= ai2) — Recuando n termos par a esquerda, a partir de um referencial qualquer, subtraimos n vezes a razor daquele termo inicial Vejamos Do as para 0 a; > recuo de 2 termos > subtraimos as - 2.r (= a1) Do as para 0 a3 > recuo de § termos > subtraimos as - 6.r (= as) Do a12 para 0 as > recuo de 7 termos > subtraimos ay2— 7.1 (= # Exerci 1s de Fixagao: Considere a seguinte PA. (1, 9, a2, 25, 33, 26, 49, 57, 65, a10, 81, a12, 97) 1) Caleular a, em fungao de a; 2) Calcular as em fungdo de ay 3) Calcular ag em fungao de ay 4) Calcular as em fungao de a 5) Calcular ay em fungao de a; 6) Calcular aio em fungao de ay 7) Caleular ayy em fungao de ar Considere a seguinte P.A.: (a1, 9, 17, 25, 33, a5, 49, 57, 65, aio, 81, 89, 97) 8) Calcular a1 em fungao de as 9) Calcular ag em fungao de ay 10) Calcular ayo em fungao de ays www.olaamigos.com.br 5 Ol Amigos # Mais Exercicios de Fixagao: 01) Calcule 0 17° termos da P.A. cujo primeiro termo é 3 e cuja razdo é 5. 02) Obtenha 0 12°, 0 27° € 0 100° termos da P.A. (2, 5, 8, 11, ...) 03) Obtenha a raz&o da P.A. em que o primeiro termo € -8 e 0 vigésimo € 30. 04) Qual o termo igual a 60 na P.A. em que 0 2” termo € 24 e a razdo ¢ 2? 05) Determine a P.A. em que 0 6° termo € 7 € 0 10°¢ 16. 06) Quantos nimeros impares ha entre 14 e 192? # Propriedades de uma P.A.: PRIMEIRA: um termo qualquer de uma P.A. pode ser calculado como a média aritmética entre 0 seu antecedente e 0 seu consequent Qe + Mest 2 Assim, teremos: a4 + a6 a5 =—— a7 + a9 2 _ 2+ G4 413 = a SEGUNDA: a soma de dois termos equidistantes dos extremos de uma P.A. finita € igual @ soma dos seus extremos. Vejamos a seguinte P.A.: (1, 3, 6, 7, 9, 14, 13, 15, 17, 19) Se somarmos seus extremos, teremos: (1, 3, 5, 7, 9, 11, 13, 15, 17, 19) ay + ay =1+19=20 www.olaamigos.com.br 6 Ol Amigos: Avancando do a; para 0 ap, € recuando do aio para 0 as, e somando estes termos, teremos (1, 3, 5, 7, 9, 11, 13, 15, 17, 19) ag + a= 3+17=20 Avangando do az para 0 as, e recuando do ay para 0 as, e somando estes termos, teremos: (1,3, 5, 7, 9, 14, 13, 15, 17, 19) a3 + ag=5+15=20 Avangando do as para 0 as, e recuando do as para 0 a7, e somando estes termos, teremos: (1, 3, 5, 7, 9, 14, 13, 15, 17, 19) aa+ar=7413=20 Finalmente, avangando do a, para 0 as, ¢ recuando do ar para o as, e somando estes termos, teremos: (1, 3, 5, 7, 9, 11, 13, 15, 17, 19) as +ae=9+11=20 # Interpolagao Aritmética: Em qualquer P.A., os termos a; € a, $0 ditos extremos, e os demais, meios Fazer uma interpolagao aritmética significa inserir ou intercalar K meios aritméticos entre a4 @ ap. Para isso, 86 € preciso calcular a razao da P.A. Considerando que iremos interpolar k elementos entre os extremos, 0 numero de termos total da P.A. sera de (k+2) Ou seja:n =k +2 Aplicando o termo geral da P.A., teremos: an = ar +(n-1).r ay = ay + (k+2—1).r an = ay + (K+ 1).7 an— ar = (k + 1). www.olaamigos.com.br 7 Ol Amigos: Dai: (@n = 41) (k+ 1) # Exercicios de Fixacao: 01) Interpolar 5 meios aritméticos entre 1 e 2. 02) Intercalar 5 meios aritméticos entre -2 e 40. 03) Quantos meios aritméticos devem ser interpolados entre 12 e 34, para que a razéo da interpolagao seja %? 04) Intercalar 12 meios aritméticos entre 100 e 200. # Soma dos termos de uma P.A.: Sera dada pela seguinte formula: De onde saiu esta férmula, professor? Vejamos! Vamos trabalhar com a seguinte P.A.: (2, 4, 6, 8, 10) Agora, vamos reescrevé-la, invertendo a ordem dos seus termos. Teremos: (10, 8, 6, 4, 2) Comparemos as duas sequéncias, colocando-as uma abaixo da outra. Teremos: 2 4 6 8 10 10 8 6 4 Somando os termos correspondentes, teremos: 2 4 6 8 10 10+ B+ 6+ 4+ 2+ 12 12 12 12 12 www.olaamigos.com.br 8 Ol Amigos: Vemos que os resultados das somas so todos iguais. Isto ocorre justamente porque a soma dos termos equidistantes dos extremos de uma P.A. é igual 4 soma dos seus extremos. (Vimos isto na pagina 2 desta aulal). Os elementos da primeira coluna da tabela acima (2 e 10) correspondem aos extremos desta PA. (a=2 e as=10), E esta soma, que deu igual a 12, se repete 5 vezes, j4 que existem 5 elementos nesta sequéncia Se muttiplicarmos entao o resultado da soma dos extremos (12) pelo nlimero de elementos da P.A. (5), ento chegaremos a 60. © que fizemos foi isto: (€1 * An) . E preciso agora enxergar que este somatério (60) surgiu quando somamos os termos da P.A. duas vezes! Ou seja: 2.S_ = (a4 + an). Assim, para termos a expresstio da soma (uma Unica vez) dos termos da P.A., dividiremos aquele resultado acima por 2 Dai _ Gitar ~ 2 Sn # Exerci 1s de Fixagao: 01) Calcule a soma dos 25 termos iniciais da P.A. (1, 7, 13, ...) 02) Obtenha a soma dos 200 primeiros termos da sequéncia dos numeros impares positives 03) Qual a soma dos 120 primeiros nuimeros pares positives? 04) Determine a P.A. em que 0 vigésimo termo € 2 € a soma dos 50 termos iniciais ¢ 650. 05) A soma dos vinte primeiros termos de uma P.A. é -15. Calcule a soma do sexto termo dessa P.A. com o décimo quinto termo. 06) Se a soma dos 10 primeiros termos de uma P.A. € 50 € a soma dos 20 primeiros termos também é 50, determine o valor da soma dos 30 primeiros termos. www.olaamigos.com.br 9 Ol Amigos: # Questdes de Concurso: 01. (ESAF/2014) Em uma progressdo aritmética, tem-se astas=29 e atar=23. Calcule a soma dos 200 primeiros termos dessa progressao aritmetica a) 60.500 b) 60.700 c) 60.600 d) 60.400 e) 60.800 02, (ESAF/2014) A soma dos 200 primeiros termos da progress&o (4, 7, 10, 13, ...) é igual a a) 60.200 b) 60.300 c) 60.100 d) 60.500 e) 60.400 www.olaamigos.com.br 10

Você também pode gostar