Você está na página 1de 2
© uso do porqué Dependendo da fungao que desempenha na oragao, o porquéé escrito de formas diferen- tes, Vamos conhecé-las. Leia as seguintes oragGes para, em seguida, responder no cademo as questoes: (&) Nao entendo por que a juventude é considerada uma fase de rebeldia. (®) Muitos jovens s4o rebeldes porque esto passando por conflitos. (© porqué da questao nao foi explicado (D) Por que o humor dos adolescentes muda com tanta frequéncia? ‘Divide Warmer * Identifique a oragéo em que 0 porqué foi substantivado, isto é, assumiu a fungao de substantivo. Como ele foi escrito? [oe . © Identifique'a oragao em que o porqué est sendo usado como conjuncio e verifique a forma como ele esta escrito. Oracio B, porque . * Ha'um exemplo de frase interrogativa direta eum exemplo de frase interrogativa indireta. Identifique-as e verifique a grafia do porqué nesses casos. Oragoes A’e D, por que, titulo ori ratar do ck No caderno, copie e complete as regras com as formas: por que, porque e porqué. A form°4'@ utilizada nas interrogativas diretas e indiretas. Equivale a por que motivo, por qual razdo. A forma *@ usada quando estiver substantivada. Significa 0 motivo, a razao. i ; : 4 oe A form’ ® € empregada quando tiver a fun¢ao de conjuncao. Nesse caso, ela inicia uma oracdo, introduzindo uma relacao de causa ou explicagao. Equivale a pois, uma vez que, come, jé que. Leia agora estas frases interrogativas diretas. (A) Por que querem mudar nossa maneira de pensar? @) A juventude no Brasil possui caracteristicas peculiares. Por qu Vocé saberia dizer por qual razao a expressio por qué, na frase B, esté acentuada? Quando surge no final de uma frase, imediatamente antes de um ponto (final, de exclamagao ou de wt Bin elit ede gg se Ra ad gal A acs A aba cathe sae and rgd Real A icy porque @ Copie as frases abaixo no cademo, completando-as com as diferentes formas de porqué. a) Os jovens so considerados rebeldes * contestam os valores preestabelecidos. b) Gostaria de saber’ slirgem os conflitos. Porque a . c) * os pais nao conseguem viver em harmonia como 05 filhos adolescentes? d) Nao podemos dizer que todos os jovens sejam rebeldes * cada pessoa possui suas carac- Fetinae POTqUC teristicas,P" | rorqués e)Alguns pesquisadores estudam os * do comportamento tipico dos adolescentes, ‘a por qué f) Alguns alunos nao fizeram a tarefa, *? por que g) Vocé sabe x os alunos nao fizeram a tarefa? h) Igualdade de direitos entre todos os seres hu- por que manos: essa é a causa * lutamos. porqué i) Eu nao saberia explicar 0% de certas injustigas sociais. Por qué j) Muita gente supervaloriza a aparéncia. ! Em seu caderno, transforme em perguntas indiretas as perguntas diretas a seguir. a) Por que vocé nao gostou do filme? Vacé nao gostou do filme, por qué? . b) Por que precisamos viver em harmonia? Precisamos viver em harmonia, por qué? ) Por que é dificil manter o bom humor? E diffcil manter o bom humor, por qué? Agora, transforme em perguntas diretas as seguintes perguntas indiretas. a) Chegou atrasado, por qué? Por que chegou atrasado: b) Vocé esta de mau humor, or qué? Por que vocé esté de mau humor? pera Em alguns casos, 0 porqué represen- ta a uniao da preposicao pore do nome relativo que. Nesses casos, equivale a pelo(a) qual, pelos(as) quaise grafa-se separadamente. Veja os exemplos: i a) Q ideal por que lutamos é nobre. _ b) Essas sdo as injusti¢as por que os ns /os indigenas sofreram. ¢)E dificil conseguir trabalho quando se é jovem, por qué? Por que € dificil conseguir trabalho quando se & jovem? acorde com as indicagées a seguir: a) uma frase interrogativa direta; b) uma frase interrogativa indireta; @ Elabore frases no caderno empregando as formas: por que, porque, porqué e por qué, de c) uma frase em que 0 porqué tenha a fungao de conjuncaio; d) uma frase em que 0 porqué tenha a funciio de substantivo. ‘Troque de caderno com um colega para que um verifique se as formas empregadas pelo outro estao corretas. Pessoal.