P. 1
Democratização do acesso, permanência e sucesso escolar - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima

Democratização do acesso, permanência e sucesso escolar - Prof. Dr. Paulo Gomes Lima

|Views: 1.458|Likes:
Publicado porPaulo Gomes Lima
Estudo sobre o Eixo III do Documento Referência da CONAE - 2010.
Estudo sobre o Eixo III do Documento Referência da CONAE - 2010.

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Paulo Gomes Lima on May 09, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/09/2012

pdf

text

original

EIXO III

TÍTULO II – DOS PRINCÍPIOS E FINS DA EDUCAÇÃO NACIONAL Art. 2º - A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.(Finalidade) - O art. 3° reforça os princípios que orientarão a consecução deste...

TÍTULO III – DO DIREITO À EDUCAÇÃO E DO DEVER DE EDUCAR Art. 4° - O dever do Estado com educação escolar pública será efetivado mediante a garantia de: Incisos I ao IX: Oferta obrigatória e gratuita do ens. fund., obrigatoriedade extensiva ao ensino médio, atendimento a alunos de necessidades especiais, creches, pré-escola, alunos trabalhadores..., padrões mínimos de qualidade de ensino...

CAPÍTULO II - DA EDUCAÇÃO BÁSICA Art. 24 – Org. da Educação Básica(níveis fundamental e médio): I - a carga horária mínima anual, II - a classificação em qualquer série ou etapa... Art. 25: Relação n° de alunos e o prof., a carga horária e as condições materiais do estabelecimento.

Artigo 2° - Diretrizes assumidas pela União Municípios, Distrito Federal, Estados:

I - estabelecer como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir; II - alfabetizar as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico; III - acompanhar cada aluno da rede individualmente, mediante registro da sua freqüência do seu desempenho em avaliações, que devem ser realizadas periodicamente; IV - combater a repetência, dadas as especificidades de cada rede, pela adoção de práticas como aulas de reforço no contra-turno, estudos de recuperação e progressão parcial; V - combater a evasão pelo acompanhamento individual das razões da nãofreqüência do educando e sua superação; VI - matricular o aluno na escola mais próxima da sua residência; VII - ampliar as possibilidades de permanência do educando sob responsabilidade da escola para além da jornada regular; [...]

Na maioria das 295 metas propostas, agrupadas em cinco prioridades, tivemos resultados abaixo do esperado. “Algumas não são quantificáveis, o que dificulta a fiscalização. No novo plano, queremos ter menos objetivos, e todos numéricos e realizáveis”, diz Fernandes. "O PNE traça os objetivos, mas sua implementação é responsabilidade dos diferentes níveis de governo, que precisam criar planos de ação", diz Francisco das Chagas Fernandes, secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) e coordenador geral da comissão organizadora da Conae.

Justificativa que não explica o não alcance das metas do PNE 2001-2010

Meta:
Universalizar o Ensino Fundamental

Status

Observações
Em 2008, 2,4% dos brasileiros de 7 a 14 anos ainda estavam fora da escola (680 mil crianças ) – Norte e Nordeste Em 2009, 59% das matrículas já foram feitas no novo sistema de seriação. Em 2010 prevê-se 100% Atingiu apenas um terço dos mais de 29 milhões esperados

Implantar o Ensino Fundamental de 9 anos

Assegurar a EJA para 50% da população que não cursou o ensino regular

LEGENDA/OBJETIVOS ATINGIDOS QUASE-ATINGIDOS NÃO-ATINGIDOS

Fonte: Censo Escolar 2009

Meta:
Reduzir em 50% a repetência e o abandono

Status

Observações
No que diz respeito ao abandono no E.F., os resultados são bons: entre 2001 e 2007 – 50% (de 9,6 para 4,8% (exatos 50%). A repetência aumentou de 11 para 12,1% no mesmo período – os demais países da América Latina apresentam 4%. Defasagem idade/série caiu de 35% para 25,7%
Entre 2001 e 2008, a taxa de analfabetismo caiu apenas de 13% (16 milhões de pessoas) para 10% (14,5 milhões) Na pré-escola faltam apenas 2,4 pontos percentuais para atingir a meta proposta (4-5 anos). na creche somente 17,1% das crianças são atendidas

Erradicar o analfabetismo até 2010

Atender 50% das crianças de até 3 anos e 80% das de 4 e 5 anos

Meta:
Implantar o piso salarial e planos de carreira

Status

Observações
O piso se tornou uma realidade apenas em 2009. O valor, que neste ano chega a 1.024 reais para 40 horas trabalhadas depende de aprovação nas assembléias legislativas e câmaras municipais para implementação efetiva.
Com exceção da Educação Infantil, todos os outros níveis de ensino são avaliados pelo MEC

Aprimorar sistemas de informação e avaliação

Evolução do gasto por aluno* Apesar do aumento recente, ainda estamos atrás de vizinhos como o Chile e muito distantes de Finlândia e Coréia do Sul, campeões dos exames.

Fonte: Education at a Glance (edições de 2001 a 2009).

LEGENDA OCDE Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->