P. 1
Contabilidade - Curso de Noções de Contabilidade 03 Estudo das Contas

Contabilidade - Curso de Noções de Contabilidade 03 Estudo das Contas

4.67

|Views: 6.149|Likes:
Publicado porContaconta

More info:

Published by: Contaconta on May 27, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2013

pdf

text

original

Curso Técnico em Gerencia Empresarial

3 – Estudo das Contas
Disciplina: Contabilidade Gerencial
Sala: 410

e-mail/msn:

Professor: William T. Silveira uniwill@pop.com.br

3

ESTUDO DAS CONTAS

3.1 CONCEITO As Contas representam registros de débitos e créditos da mesma natureza ou espécie, identificadas por nomes (títulos) que qualificam elementos patrimoniais (bens, direitos, obrigações, patrimônio líquido, despesas e receitas). Toda conta deverá ter titulação própria adequada para que possa reproduzir com clareza o fato ocorrido. Exemplo: · Todas as entradas e saídas de dinheiro em uma empresa são registradas na conta “caixa”. · O valor dos móveis comprados por uma cia. é registrado na conta “móveis e utensílios”. · Uma compra a prazo realizada pela empresa gera uma obrigação denominada “duplicatas a pagar”. · O valor que os proprietários de uma firma têm aplicado na mesma deve ser registrado numa conta denominada “capital social”. · Uma venda realizada pela empresa é registrada numa conta denominada “receita de vendas”. · Os juros pagos pela utilização dos recursos financeiros de terceiros são registrados numa conta denominada “despesas de juros” etc... 3.2 CLASSIFICAÇÃO Na Contabilidade existiram várias escolas que se especializaram nos estudos contábeis, notadamente na teoria das contas, entre as quais estudar-se-á: A Teoria Patrimonialista. 3.2.1 TEORIA PATRIMONIALISTA: A Teoria Patrimonialista entende que o patrimônio é o objeto a ser administrado e separa as contas que representam a situação estática (contas patrimoniais: bens, direitos, obrigações e o patrimônio líquido.) das contas que representam a dinâmica da situação (contas de resultados: receitas e despesas)

As contas são classificadas em: Contas Patrimoniais: compõem o Balanço Patrimonial e representam o Ativo, Passivo Exigível (PE) e Patrimônio Líquido (PL). Contas de Resultado: registram as variações patrimoniais e englobam receitas e despesas, servindo também para determinar o resultado do exercício. As contas que representam Bens, Direitos, Despesas e Custos têm saldo devedor. As contas que representam Obrigações (PE), Patrimônio Líquido (PL) e Receitas ,têm saldo credor. 3.3 FUNÇÕES DAS CONTAS A função das contas é controlar, mediante registro dos atos e fatos da administração econômica dos componentes do patrimônio e a formação dos resultados realizados em cada período de tempo (exercício social). Alguns exemplos de contas e suas respectivas funções: ATIVO Caixa: Conta utilizada para registrar todas as disponibilidades da empresa, tais como recursos em espécie, depósitos em bancos, aplicações no mercado financeiro etc. esta conta é movimentada a débito quando há entrada de recursos na empresa (recebimentos) e movimentada a crédito quando há saída de recursos da empresa (pagamentos). PASSIVO Fornecedores: Conta utilizada para registrar os valores a pagar aos fornecedores da empresa, decorrentes de compras efetuadas a prazo. É movimentada a crédito quando a empresa efetua uma compra e movimentada a débito quando a empresa efetua o pagamento junto ao fornecedor.

Curso Técnico em Gerencia Empresarial

3 – Estudo das Contas
Disciplina: Contabilidade Gerencial
Sala: 410

e-mail/msn:

Professor: William T. Silveira uniwill@pop.com.br

3.3.1

PLANO DE CONTAS

Plano de Contas o agrupamento ordenado de todas as contas que são utilizadas dentro de determinada empresa, considerado indispensável para o registro de todos os fatos contábeis. De acordo com sua atividade e seu tamanho, cada empresa deve ter o próprio Plano de Contas, com um único título de conta para determinada operação, evitando que diversas pessoas ligadas ao setor contábil (lançadores) registrem um mesmo fato contábil ou uma mesma operação com nomenclaturas diferentes. Um Plano de Contas deve conter as contas que serão movimentadas pela Contabilidade em função das atividades da empresa e o grau de pormenores depende do volume e da natureza de seus negócios. Não há razão, por exemplo, que uma empresa prestadora de serviços relacione em seu Plano de Contas a conta “Estoques” no seu Ativo Circulante, se ela não realiza operações com mercadorias. Entretanto, na estruturação do Plano de Contas devem ser considerados os interesses dos usuários (gerentes, proprietários da empresa, governo, bancos, etc.). Na prática, o Plano de Contas é numerado ou codificado de forma racional, o que facilita a contabilização por meio de processos mecânicos ou eletrônicos. Ratificando o que foi dito acima, cada empresa deve ter um plano de contas que atenda as suas necessidades. A seguir temos um modelo de plano de contas para uma indústria: Contas Patrimoniais
1. ATIVO 1.1 Circulante 1.1.1 Caixa 1.1.2 Bancos 1.1.3 Clientes 1.1.4 (-) Provisão para devedores duvidosos 1.1.5 Estoque de mercadorias 1.2 Ativo realizável a longo prazo 1.2.1 Duplicatas a receber 1.2.1 Empréstimos a diretores 1.3 Permanente 1.3.1 Imóveis 1.3.2 (-) Depreciação acumulada de imóveis 1.3.3 Veículos 1.3.4 (-) Depreciação acumulada de veículos 2. PASSIVO 2.1 Circulante 2.1 Fornecedores 2.1.2 Impostos a recolher 2.1.3 Salários a pagar 2.1.4 Duplicatas a pagar 2.1.5 Empréstimos a pagar 2.1.6. Contas a pagar 2.2 Exigível a longo prazo 2.2.1 Financiamentos 2.3 Resultado de ex. futuros 2.3.1 Receitas recebidas antecip. 2.4 Patrimônio Líquido 2.4.1 Capital 2.4.2 Reservas 2.4.3 Lucros ou prejuízos acum.

Contas de resultado
3. Despesas 3.1 Despesas operacionais 3.1.1 Aluguéis passivos 3.1.2 Energia elétrica 3.1.3 Telefones 3.1.4 Material de limpeza 5. Contas de apuração do resultado 4.1 Receitas operacionais 4.1.1 Receita com vendas 4.1.2 Aluguéis ativos 4. Receitas

3.4 NOÇÕES DE DÉBITO E CRÉDITO Na representação gráfica em forma de T que a contabilidade utiliza para representar as contas que compõem o patrimônio (Balanço Patrimonial), o lado esquerdo corresponde ao lado do débito e o direito ao crédito. Conforme abaixo: Contas Patrimoniais
ATIVO – DÉBITO Bens Direitos Obrigações Patrimônio Líquido PASSIVO - CRÉDITO

Curso Técnico em Gerencia Empresarial

3 – Estudo das Contas
Disciplina: Contabilidade Gerencial
Sala: 410

e-mail/msn:

Professor: William T. Silveira uniwill@pop.com.br

Nas contas de resultado, as despesas correspondem débito, enquanto que as receitas correspondem ao crédito, formando:
Contas de Resultado DÉBITO Despesas Receitas CRÉDITO

Para simplificar as ilustrações e as resoluções dos problemas, utilizaremos uma representação gráfica bastante simples, que será denominada RAZONETE. (No mesmo formato “T”) Título da Conta: Indica o elemento patrimonial ou de resultado. Lado Esquerdo: Indica o lado do Débito. Lado Direito: Indica o lado do Crédito. CAIXA D C

Um lançamento no lado direito de uma conta é denominado, crédito; um lançamento no lado esquerdo de uma conta é denominado, débito. Se o valor dos débitos for superior ao valor dos créditos a conta terá um saldo devedor, caso contrário, saldo credor. Uma conta pode apresentar saldo devedor ou credor e o seu saldo, em determinado período, é a diferença entre o somatório dos débitos e créditos efetuados nesta conta durante aquele período. 3.5 CONTAS RETIFICADORAS Também conhecidas como contas redutoras, as contas retificadoras cumprem o papel de corrigir, alterar o valor de determinada conta, afim de que se possa expressar o mais corretamente possível seu valor. Possuem sempre o saldo contrário em relação as demais contas do grupo. Grupo do Ativo: as contas do Ativo são de natureza devedora (débito). Entretanto, por força de lei, existem contas que embora de natureza credora (crédito), devem figurar no Ativo, retificando seus valores. Daí a permanência das referidas contas no Ativo, porém com sinal de menos. Ex.: Provisão de Créditos de Liquidação Duvidosa, Depreciação Acumulada, Amortização Acumulada. Grupo do Passivo: são contas de natureza devedora que devem figurar no Passivo, retificando seus valores. Ex.: Capital a Realizar, Lucros ou Prejuízos Acumulados.

EXERCÍCIOS: 1) O que é Contas ? 2) Como as contas podem ser classificadas? 3) Para que servem as contas de Resultado? 4) O que você entende por Despesa? E por receita? 5) Explique a função das Contas: Caixa e Duplicatas a Receber, e dê um exemplo de lançamento: 6) Represente através do Balanço Patrimonial e com o auxílio de Razonetes, a situação do Patrimônio da firma individual do Sr. Taca Facanavaca conforme os lançamentos a seguir: a) Sr. Taca Facanavaca inicia suas atividades comerciais com um Capital de R$ 800.000 em dinheiro. b) Compra à vista, em dinheiro, Móveis e Utensílios no valor de R$ 30.000; c) Compra de um Automóvel a prazo, mediante aceite de Duplicatas, no valor de R$ 250.000, d) Compra de Mercadorias à prazo, mediante aceite de Duplicatas, no valor de R$ 300.000

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->