Você está na página 1de 2

Pais e profissionais estejam atentos ao desenvolvimento do beb e da criana.

Muitos pais chegam ao meu consultrio com queixas de que seu filho com idade entre
2 anos ou 2 anos e meio, no fala, no conseguindo se comunicar de forma
convencional. Ao investigar observa-se que os comprometimentos no so apenas na
comunicao.
Seguem alguns comportamentos caractersticos no TEA. Lembrando que
o diagnstico s poder ser realizado por um especialista e que estes
comportamentos no esto presentes em todas as crianas com a mesma
intensidade, cada pessoa nica, por isso so vrios os nveis de desenvolvimento,
sendo chamado de Transtorno do Espectro Autista-TEA.

A criana no se reconhece pelo nome. Os pais a chamam e ela no responde,


ocasionado dvidas ser que est ouvindo bem;

Durante a amamentao, a criana com autismo no interage com a me;

Pode passar por voc e no notar sua presena;

A criana prefere ficar sozinha;

No fala, no olha e demostra certa apatia;

Choro sem problemas aparentes;

Tm uma fisionomia pouco expressiva e no interage com outras crianas;

No acompanham os acontecimentos a sua volta;

Os autistas muitas vezes separam os objetos por cor, tamanho, etc.

A criana fica longo tempo fazendo o mesmo movimento, com o mesmo objeto;

A criana pode apresentar movimentos corporais repetitivos;

Utiliza as pessoas como instrumento. Leva a pessoa pela mo at o objeto de


desejo;

Pode ter ausncia de fala;

No consegue brincar de forma convencional, se preocupada com partes do


objeto ou brinquedos;

Repetio de palavras ao invs de pronunci-las espontaneamente.

Se forem observados comportamentos que lhes faa ficar em dvida, procure


profissionais especializados para que sejam iniciadas as avaliaes. O diagnstico
precoce, a estimulao, a organizao das atividades e tratamentos, resultaro em
significativa melhora no desenvolvimento da vida da criana.
Nilva das Graas Pontello
Psicopedagoga Clinica e Institucional
Rua Nossa Senhora de Ftima 523, Bebedouro SP.