P. 1
energias renovaveis ou alternativas

energias renovaveis ou alternativas

|Views: 446|Likes:
"energias renováveis"
Trabalho realizado para a disciplina de Área de projecto
Aborda os temas

EB23 Caldas das Taipas
8ºB
"energias renováveis"
Trabalho realizado para a disciplina de Área de projecto
Aborda os temas

EB23 Caldas das Taipas
8ºB

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Ana Rita Silva Faria on May 11, 2010
Direitos Autorais:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

01/27/2013

Conteúdos

:

• Introdução
• Energias renováveis • Tipos de energias renováveis • Principais tipos de energia • Energia solar

• Energia eólica
• Energia hídrica • Energia geotérmica • Energia dos oceanos

• Hidroenergia • Biomassa

Conteúdos :

• Integração de energias renováveis • Incentivo à utilização de energias renováveis
• Utilização das energias renováveis • Principais fontes de energia • Possíveis problemas de energias renováveis

• Vantagens de se recorrer às fontes de energia renováveis
• Alguns obstáculos das energias renováveis • Consumo e produção de energia • Conclusão

Introdução :
“Será possível que as energias renováveis ultrapassem os combustíveis fósseis em termos de fonte primária de energia até ao final do século XXI?”

As Energias Renováveis – ER – serão abordadas numa perspectiva de um conhecimento integrador na problemática das Alterações Climáticas.

Continuação

Os bens naturais são as fontes de riqueza materiais que o homem dispõe para satisfazer as suas necessidades sempre em mudança, e são avaliados de acordo com as utilizações que as sociedades fazem deles. O homem procura tirar deles as maiores vantagens e, com o seu engenho – tecnologia – aproveitálos o melhor possível, tornando-os recursos. Se, por um lado, é indubitável que os recursos naturais têm uma importância vital em si mesmos, por outro, devem ser considerados como uma “recompensa” pela capacidade do homem os localizar, os extrair e deles usufruir. O aproveitamento dos recursos depende de numerosos factores, entre os quais a existência de procura, de meios de transporte adequados, do capital disponível, da qualidade e da quantidade dos próprios recursos e em especial da tecnologia que transforma os bens em recursos naturais.

Energias renováveis :
Entende-se por: “Energias renováveis são todas aquelas formas de energia cuja taxa de utilização é inferior à sua taxa de renovação. As suas fontes podem ter origem terrestre (energia geotérmica) gravitacional (energia das marés) e solar (energia armazenada na biomassa, energia de radiação solar, energia hidráulica, energia térmica oceânica e energia cinética do vento e das ondas). Também são consideradas fontes de energia renovável os resíduos agrícolas, urbanos e industriais.”

Tipos de energia renovável :

Principais tipos de energia :
•A energia solar •A energia eólica •A biomassa •A Hidroenergia

Energia solar:
A energia do Sol pode ser convertida em electricidade ou em calor, como por exemplo os painéis solares foto voltaicos ou térmicos para aquecimento do ambiente ou de água;

Energia Eólica:
A energia dos ventos que pode ser convertida em electricidade através de turbinas eólicas ou aerogeradores;

Energia hídrica:
A energia da água dos rios, das marés e das ondas que podem ser convertidas em energia eléctrica, como por exemplo as barragens;

Energia Geotérmica:
A energia da terra pode ser convertida em calor para aquecimento do ambiente ou da água;

Energia dos oceanos:
A conversão de energia a partir das ondas apresenta claras semelhanças com a eólica. Dado que as ondas são produzidas pela acção do vento, os dois recursos apresentam idêntica irregularidade e variação sazonal. Em ambos os casos extrai-se energia dum meio fluido em movimento e de extensão praticamente ilimitada.

Hidroenergia:
É a energia cinética das massas de água dos rios, que fluem de altitudes elevadas para os mares e oceanos graças a força gravitacional. Este fluxo é alimentado em ciclo reverso graças a evaporação da água, elevação e transporte do vapor em forma de nuvens, naturalmente realizados pela radiação solar e pelos ventos. A fase se completa com a precipitação das chuvas nos locais de maior altitude.

Biomassa:
a energia química, produzida pelas plantas na forma de hidratos de carbono através da fotossíntese - processo que utiliza a radiação solar como fonte energética - é distribuída e armazenada nos corpos dos seres vivos graças a grande cadeia alimentar, onde a base primária são os vegetais. Plantas, animais e seus derivados são biomassa. Sua utilização como combustível pode ser feita das suas formas primárias ou derivados: madeira bruta, resíduos florestais, excrementos animais, carvão vegetal, álcool, óleos animais ou vegetal, gaseificação de madeira, biogás etc.

Integração de energias renováveis:
A integração de energias renováveis nos edifícios é um desafio para o qual o objectivo é conceber um edifício eficiente que permita a incorporação de um sistema que capte a energia e a transforme numa fonte de energia que seja útil para o edifício. Na realidade a colocação de, por exemplo, painéis solares na cobertura do edifício não são por si só uma medida eficiente de energia, pois se não tivermos em conta a eficiência do edifício esta pode nem ser suficiente para comportar a energia, por exemplo, da iluminação quanto mais do resto dos sistemas.

Continuação

Daí a importância da integração dos sistemas de energias renováveis em edifícios eficientemente energéticos que até esse ponto esgotaram todas as possíveis estratégias de design passivo na sua concepção ou que na sua reabilitação foram tidas em conta medidas de reabilitação energética e de eficiência energética.

Incentivo à utilização de energias renováveis:
O incentivo à utilização de energias renováveis e o grande interesse que este assunto levantou nestes últimos anos deve-se principalmente à consciencialização da possível escassez dos recursos fósseis (como o petróleo) e da necessidade de redução das emissões de gases nocivos para a atmosfera, os GEE (Gases de efeito de estufa). Este interesse deve-se em parte aos objectivos da União Europeia, do Protocolo de Quioto e das preocupações com as alterações climáticas.

Utilização das energias renováveis:
A utilização das energias renováveis, como por exemplo os painéis solares térmicos e foto voltaicos, para a produção de calor e de energia eléctrica a partir do aproveitamento da energia solar, é uma forma para a qual Portugal dispõe de recursos de grande abundância, comparando a disponibilidade de horas de Sol por ano com outros países da União Europeia. No entanto, estes devem ser tidos como complementos à arquitectura dos edifícios que não devem descurar o aproveitamento de estratégias de design passivo, como o uso da orientação solar, da ventilação natural, da inércia térmica e do sombreamento, entre outras. Estas estratégias são uma solução bastante vantajosa devido às condições climatéricas favoráveis para a obtenção de uma maior sustentabilidade nos edifícios em Portugal.

Principais fontes de energia:
Fonte Petróleo Parte do Total Produzido (%) 35,8

Carvão
Gás natural

23,7
20,1

Energia nuclear
Outros*

6,6
13,8

Possíveis problemas de energias renováveis:
Segundo Wolfgang Palz no seu livro Energia Solar e Fontes Alternativas, a energia solar recebida pela terra a cada ano é dez vezes superior a contida em toda a reserva de combustíveis fósseis. Mas, actualmente a maior parte da energia utilizada pela humanidade provém de combustíveis fósseis Petróleo, carvão mineral, xisto etc.

Continuação

A vida moderna tem sido movida a custa de recursos esgotáveis que levaram milhões de anos para se formar. O uso desses combustíveis em larga escala tem mudado substancialmente a composição da atmosfera e o balanço térmico do Planeta provocando o aquecimento global, degelo nos pólos, chuvas ácidas e envenenamento da atmosfera e todo meio-ambiente.

Continuação

As previsões dos efeitos decorrentes para um futuro próximo, são catastróficas. Alternativas como a energia nuclear, que eram apontadas como solução definitiva, já mostraram que só podem piorar a situação. Com certeza, ou buscamos soluções limpas e ambientalmente correctas ou seremos obrigados a mudar nossos hábitos e costumes de maneira traumática.
As reservas conhecidas de petróleo devem durar apenas mais 75 anos; as de gás natural, um pouco mais de 100 anos; as reservas de carvão, aproximadamente 200 anos.

Vantagens de se recorrer às fontes de energia renováveis:
• É consentâneo com a estratégia global de desenvolvimento sustentável; • Permite reduzir a dependência da União Europeia das importações de energia e assegurar assim a segurança do aprovisionamento; • Contribui para melhorar a competitividade global da indústria europeia; • Tem efeitos positivos no desenvolvimento regional e no emprego; • A opinião pública é favorável.

Alguns obstáculos das energias renováveis:
A generalização da utilização das energias renováveis confronta-se com os seguintes obstáculos:
• Os custos de investimento são elevados e os períodos de recuperação muito longos; • Os diferentes actores envolvidos na tomada de decisões que afectam o sector das energias renováveis conhecem mal o potencial destas; • Uma atitude de resistência geral às mudanças; • Os problemas técnicos e económicos de ligação às redes de electricidade centralizadas não têm actualmente solução; • Existem dificuldades associadas às flutuações sazonais de certas energias (eólica e solar); • Algumas energias (os biocombustíveis) requerem uma infra-estrutura apropriada.

Consumo e produção de energia:

Conclusão :
O valor dos recursos depende largamente da capacidade, do engenho/técnica e da experiência e ciência do homem em saber detectálos. A divulgação da sua utilização só se manifesta quando a sua necessidade é reconhecida, como no caso da madeira e do ferro para a construção de barcos. No passado, o homem preocupava-se com a posse de minerais, de carvão e de borracha. Alguns países chegaram a envolver-se em guerras para poderem controlar a disponibilidade dos produtos. Hoje, as necessidades humanas são um pouco diferentes. O homem já não depende apenas das fontes locais para obter os recursos, e o melhoramento de meios de transporte reduziu o custo das matériasprimas para a indústria.

• Ana Rita nº3 • Dima nº10

Escola Básica 2,3 Caldas das Taipas *

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->