P. 1
Dia da Espiga

Dia da Espiga

|Views: 2.369|Likes:
Publicado porAnabelaSilva

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: AnabelaSilva on May 13, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/12/2013

pdf

text

original

Em 2010 - 13de Maio

TRADIÇÃO JÁ EM DESUSO EM MUITAS LOCALIDADES

Em algumas localidades é tradição:

•Passeio matinal, em que se colhem espigas de vários cereais, flores campestres e raminhos de oliveira para formar um ramo, chamado RAMO DA
ESPIGA

•O ramo deve ser colocado por trás da porta de entrada, e só deve ser substituído por um novo, no Dia da Espiga do ano seguinte.

A espiga é para que haja pão
(que nunca falte comida, que haja abundância em cada lar)

Para que nunca falte a luz
Dantes as pessoas alumiavam-se com lamparinas de azeite, e o azeite faz-se com as azeitonas, que são o

A cor dos malmequeres e das papoilas, simboliza alegria

vinho
Para que não falta alegria

Para que não falte o dinheiro

Para que não falte AMOR E VIDA

HISTÓRIA

Era uma vez três espigas que se encontram à beira da mesma mó: uma de centeio, outra de trigo a terceira, uma grande espiga de milho. Eram muito antipáticas umas para as outras.

Dizia o trigo para o centeio: - Chega-te para lá, centeio centeiaço que tu não fazes as funções que eu faço. Ao que o centeio lhe respondia: - Cala-te lá, trigo espadanudo que tu não acodes ao que eu acudo. Mas o espigão de milho era o mais ralhão: - Caluda! Tudo caluda! Vocês não são como eu graúdas, vocês não são como eu barbudas, vocês não são como eu folhudas, vocês não são como eu

- Calem-se lá, espigas miúdas suas choninhas, suas lingrinhas, suas fuinhas, caras bicudas, comigo não fazem vocês farinha! As outras iam para responder, mas a mó pôs-se a trabalhar... E não é que a farinha delas todas e de outras mais de centeio, de trigo e milho, foi parar a uma padaria - veja-se a coincidência! - especializada, precisamente, em belos pães de mistura... Provei um, ainda quente, barrado com manteiga. Estava óptimo!

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->