O JORNAL

DE NITERÓI

Jornalista Cristiana Lôbo foi
destaque de evento que reuniu empresários e lideranças
políticas e de classe

Sindilojas lota
salão do Praia
Clube com
palestra
sobre cenário
econômico
nacional

ANO 37 • Nº 1.465 • R$ 1,00 • 2a QUINZENA DE MAIO • 2016

Pág. 2

O prefeito Rodrigo Neves
e o vice Axel Grael
comemoram a marca
alcançada pela obra

TransOceânica: Túnel Charitas-Cafubá
completa 2.000 metros de perfuração
Pág. 3

“MEC ou MINC? Deixem o
Temer trabalhar” é a
crônica do jornalista
André Santa Rosa
Pág. 3

Associação de
Magistrados do Estado
do Rio define Prêmio
Patrícia Acioli
Pág. 9

Projeto Palco Aberto do
Teatro Municipal recebe
o show da cantora
Beth Bruno
Pág. 11

2

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

SANTA ROSA

Sindilojas lota salão do Praia Clube com
palestra sobre cenário econômico nacional
• Foi um sucesso a palestra
da jornalista Cristiana Lôbo
(GloboNews) e do
economista Samy Dana (TV
Globo) no Praia Clube São
Francisco na noite de 3 de
maio, tendo como tema
“Cenário Econômico do
Brasil”. Organizado pelo
Sindilojas Niterói com apoio
do sistema Fecomércio/RJ, o
evento reuniu mais de 500
pessoas, sendo prestigiado
por expressivo número de
lojistas de todos os portes e
segmentos, empresários e
lideranças políticas e de
classe.
Lá estiveram, entre outros,
os presidentes do Sindifisco/
Niterói, Marcelo Bazhuni; da
ACEC, Joaquim Andrade, e
do Sindicato dos
Contabilistas, Valdecir de
Sousa Terra; os empresários
Robson Gouvêa (expresidente da CDL, do
Sindilojas e da ACEC), e
Marcelo Leiroz; o deputado
Comte Bittencourt e os exdeputados Felipe Peixoto e

Silvio Lessa, este
acompanhado do filho,
vereador Bruno Lessa.
O prefeito Rodrigo Neves
fez questão de participar,
fazendo-se acompanhar
pelos secretários municipais
César Barbiero (Fazenda),
Giovana Victer
(Planejamento), Vítor Júnior
(secretário executivo) e Dayse
Monassa (Obras e Serviços
Públicos).
— Nós somos os heróis da
resistência: somos grandes
empregadores, grandes
pagadores e, também,
grandes formadores de
opinião, no dia a dia de
nosso contato com o público
— disse o diretor-secretário
da Fecomércio RJ, Nathan
Schiper, que abriu o evento
em nome do presidente da
Federação, Orlando Diniz.
Em seu pronunciamento
Charbel Tauil destacou as
mais recentes vitórias do
empresariado local,
assinalando porém que as
grandes obras em áreas

Os empresários Robson Gouvêa e Charbel Tauil

públicas precisam ser sempre
antecedidas por
conversações com os
comerciantes da região a ser
afetada, para que se
discutam previamente
alternativas para minimizar
os impactos nas vendas:

— Em alguns casos basta
inverter a mão de uma rua ou
criar um atalho temporário,
para resolver boa parte dos
problemas do lojista —
comentou Tauil, que não
deixou de criticar o excesso
de feriados em Niterói. —

Não há de ser com portas
fechadas a todo instante que
iremos gerar empregos e
impostos. Nós apoiamos o
projeto de lei que visa
transformar o 22 de
Novembro em simples data
comemorativa pelo
aniversário da cidade,
deixando de ter o caráter de
feriado — ressaltou.
Rodrigo Neves, por sua
vez, destacou a parceria
constante do Sindilojas/
Niterói desde o primeiro dia
de sua gestão:
— O Sindicato tem apoiado
projetos em benefício do
município como um todo,
dando sustentação, por
exemplo, à iniciativa de
estruturar o “Niterói que
queremos”, que veio a ser o
primeiro planejamento
estratégico que a cidade
jamais teve. E tudo isso sem
que o Sindilojas tenha jamais
deixado de manter sua
postura de independência e
cobrança de providências,
aliás como deve mesmo ser.

Vladimir Herzog abre inscrições
para o 8º Prêmio Jovem Jornalista
Fernando Pacheco Jordão
• Até 12 de junho, estudantes
dos cursos de jornalismo de
todo o País podem inscrever
propostas de pauta no 8º Prêmio Jovem Jornalista Fernando
Pacheco Jordão, uma iniciativa
do Instituto Vladimir Herzog
para estimular o processo jornalístico de futuros profissionais. Nesta edição, serão contempladas as dez melhores
propostas de pauta. Além do
apoio de grandes nomes do
jornalismo brasileiro que atuarão como mentores dos grupos na produção das matérias, os autores indicados terão
oportunidade de publicar as
reportagens em um e-book a
ser editado pelo Instituto.
Neste ano, as propostas deverão abordar: ”A epidemia do
vírus zika no Brasil e as consequências diretas e indiretas no
cotidiano da população, especialmente das mulheres”. A intenção é estimular a produção de

pautas e reportagens sobre a
importância de ações de planejamento familiar e proteção
à maternidade e à infância,
além de colaborar com a discussão sobre a autonomia reprodutiva das mulheres e a
necessidade de políticas sociais para crianças com síndromes neurológicas associadas
ao vírus zika.
As inscrições podem ser realizadas pelo site www.jovem
jornalista.org.br e o processo
permite cadastro individual
ou em equipes de até três estudantes por pauta. Os projetos
deverão contar, obrigatoriamente, com a participação de
um professor-orientador vinculado à instituição de ensino
dos participantes e uma indicação para qual tipo de mídia
a matéria será desenvolvida:
jornal, revista, rádio, televisão
ou multimídia.

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

3

SANTA ROSA

TransOceânica: Túnel Charitas-Cafubá
completa 2.000 metros de perfuração
Para celebrar a marca, prefeito fez uma vistoria na obra nesta segunda-feira, 23
Foto: Luciana Carneiro

• Parte integrante da TransOceânica, o túnel Charitas-Cafubá atingiu a marca de 2.000
metros de perfuração somando as duas galerias.
“Estamos tirando do papel
um projeto falado há 70 anos.
Isso é algo extraordinário, que
nos deixa mais confiantes e
esperançosos de que o futuro
será melhor que o presente e o
passado. Montei quatro grupos de trabalho com suas equipes e derrubamos a ideia de se
fazer pedágio no túnel. O projeto tem um conceito muito bem
estruturado. Ele é mais do que
uma obra viária. Não pensamos apenas em um túnel sem
pedágio e sim em um projeto
de transporte público que
mude o paradigma da mobilidade. Teremos o BHLS, que vai
vir do Engenho do Mato até
Charitas em um corredor de
transporte e as pessoas vão levar 20 minutos para fazer o

Rodrigo Neves percorre túnel com
engenheiros e convidados

trajeto. Tudo com mais conforto e pontualidade. Vamos resolver o problema de eixos saturados na cidade, como a Roberto Silveira e o Largo da Batalha e retirar 30 mil veículos
de circulação”, disse.
A secretária municipal de
Urbanismo e Mobilidade Urbana, Verena Andreatta, afirmou que o projeto da TransO-

ceânica virou realidade.
“O projeto era esperado há
décadas. Hoje ele é realidade e
um grande orgulho. Vamos integrar duas regiões da cidade,
a Oceânica e a das praias da
baía, e essa integração vai mudar a configuração urbana de
Niterói. A TransOceânica vai
melhorar a vida de todos, as
pessoas vão ter condição de

trafegar entre as duas regiões
em menos de meia hora em um
sistema novo que vai dar qualidade aos usuários do transporte coletivo. Uma infraestrutura urbana chega a Niterói requalificando todo bairro por
onde passa, principalmente na
Região Oceânica, com uma integração intermodal com a estação das barcas”, declarou.

Quiosques para atendimento — A Prefeitura está
disponibilizando quatro quiosques para a população tirar
dúvidas e minimizar os impactos da obra podem provocar. Os postos estão localizados nos seguintes endereços:
Estande Catamarã Charitas,
na Av. Quintino Bocaiva, de
segunda a sexta, das 7h às
13h; Contêiner Itaipu Multicenter, Estrada Francisco da
Cruz Nunes 6501, Itaipu, de
segunda a sexta, das 8h às
20h e aos sábados, das 10h às
16h, no Shopping Itaipú Multicenter; Escritório Cafubá Trabalho Técnico Social - TransOceânica - Raul de Oliveira Rodrigues 1.850/201, segunda a
sexta, das 9h às 15h; Escritório
Preventório Trabalho Técnico
Social – TransOceânica, na
Travessa Santa Candida 10 –
Charitas, de segunda a sexta,
das 9h às 15h. Tel: 7743-3113.

MEC OU MINC? DEIXEM O TEMER TRABALHAR
André Santa Rosa

E

nquanto parte da
classe artística
está ocupando espaços públicos na
luta pela restauração da Cultura como Ministério, o presidente Michel
Temer vai refazendo as contas para devolver à pasta o
seu ‘status’ anterior. Ao que
parece mandou que se fizessem estudos para viabilizar
seu retorno.
É evidente que a bandalheira feita pelo PT, Dilma e
asseclas, com o dinheiro público, quebrou o país. Quando o assunto é recursos, o
atual presidente vai ter que
fazer ginástica financeira. O
fato de ter efetuado a junção
de dois ministérios bastante
próximos e que, historicamente, andaram juntos, sob

a mesma pasta, não inviabilizaria a Cultura brasileira.
Muito pelo contrário, uma administração harmonizada com a
Educação pode trazer muitos
frutos positivos, pois através do
ensino das artes na seara educacional, atinge-se maior parte
da população que necessita da
arte para seu desenvolvimento
pessoal e educativo.
Assim, acoplar a Cultura na
Educação só traria benefícios
ao povo que se quer desenvolvido e mais preparado, coisa
que a Educação não faz sozinha, precisando da arte para
atingir este objetivo.
A grita, ao que parece, não é
por causa de a Cultura ter deixado de ser ou não ministério, e
sim, porque imaginam que, tornando-se uma secretaria, vinculada à pasta da Educação, a
Cultura deixará de ter e distribuir as verbas que andam enriquecendo alguns artistas, esco-

lhidos a dedo, de acordo com sua
ideologia e cor partidária.
Há artistas que embolsaram
alguns milhões de reais apenas
porque têm vínculo familiar com
senadores petistas, por exemplo. Outros tantos porque apoiam os esquerdistas que foram
apeados do poder, com a suspensão do mandato da Dilma.
Na verdade, tem muita maracutaia por trás deste movimento “Volta Minc”, muitos interesses ocultos e vantagens indevidas. Infelizmente, muitos artistas que nos encantam com sua
arte, na sua vida pessoal não
mereceriam nossos aplausos.
Por outro lado, o presidente
Temer deverá voltar atrás e
devolver o Minc, como querem
os interessados, o que não significa que a bagunça com o dinheiro público vá continuar.
A situação em que o governo de Lula e Dilma deixou o
Brasil requer cuidados como se

o país fosse um grande doente no centro de tratamento intensivo, portanto, merecedor
de reparos em sua rota, uma
vez que já víamos o fundo do
poço quando o tema é finanças
públicas.
Priorizar gastos é mais do que
preciso, é vital para que o país
volte a sonhar em estar entre as
grandes nações do planeta. E,
cá entre nós, quem aprende ou
apreende arte estando com
fome, sem segurança pública,
sem teto, sem comida na mesa,
sem saúde adequada?
Não advogo minguar recursos
para as artes, mas tornar esta
distribuição mais equitativa, honesta, sem parcialidades e estritamente no limite das suas
necessidades.
Michel Temer tem um país
para reconstruir, um país quebrado por alguns dos que estão agora ocupando os prédios públicos, embora saibamos

que muitos dos que estão ali
são apenas massa de manobra dos antigos donos do
poder e são mesmo inocentes úteis. Apesar de cultos,
não enxergam que estão
sendo usados pela bandidagem que se utilizou do poder nos últimos treze anos.
Temer é um jurista, um
mestre em Direito Constitucional, professor universitário, enfim, um homem experiente o suficiente para
saber dosar as verbas a
serem distribuídas daqui
para a frente, evitando desperdícios e saberá ajustar
as contas públicas, tenhamos MEC, de novo, ou
Minc.
André Santa Rosa é advogado, jornalista e ator
santarosa.ator@gmail.com

4

SANTA ROSA

Placas em braile nos
prédios públicos
Projeto de lei foi aprovado na Câmara de Niterói
• De autoria do vereador Bruno Lessa (PSDB), foi aprovado
na Câmara de Niterói na última quarta-feira 11, o projeto
de lei nº 177/2015 que prevê a
colocação de placas identificadoras em braile nos corredores, portas, entradas de salas e
de gabinetes nas repartições
públicas municipais.
“O projeto quer garantir mai-

or acessibilidade aos deficientes visuais. Precisamos avançar, e muito, no que diz respeito a inclusão das pessoas com
deficiência na nossa sociedade. Fico feliz com a aprovação
dessa matéria”, comemora.
Após ser votado em primeira e segunda discussão, o projeto segue para a sanção do
prefeito.
Foto: Sergio Gomes

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

Estupro e diluição do superego
• O estupro coletivo contra uma jovem de 16 anos
na zona oeste do Rio de
Janeiro nos deixa escandalizados. Como pode
uma barbárie dessas?
Penso que esse ato hediondo mostra objetivamente
a quebra dos laços de sociabilidade, o aumento da
indiferença pelo Outro, o
crescimento de uma visão
consumista onde o corpo
alheio é também mercadoria disponivel e o achatamento do superego.

Sem os limites dados pelo
superego, é impossível vida
social. Freud alertou sobre isso
no início do século passado.
A sociedade e seus indivíduos estão perdendo a noção
do que é certo e errado, justo e injusto, ganho honesto e
roubo, sexo e violência etc. O
sentimento socialmente introjetado pelas normas sociais que antes nos davam os
limites e, se ultrapassávamos, vinha a culpa, está hoje
estraçalhado por uma cultura
que valoriza o prazer pessoal

acima de qualquer coisa.
O Outro não é nada. No
máximo, instrumento para
meu uso e gozo.
É urgente repensarmos
o modelo societário. Não
basta punir os agressores.
Necessário mudarmos a
matriz cultural machista,
agressiva e desumanizadora. Sinto-me triste e
atingido de alguma forma.
Marcio Sales Saraiva
saraivamsales@gmail.com

Filantrópicas de Niterói se unem
em busca de melhorias públicas

Bruno Lessa

Maiores de 60 anos poderão
ter acesso gratuito a museus e
casas culturais do Estado
• Pessoas maiores de 60 anos poderão ter gratuidade nos
ingressos de museus e casa de cultura do estado. É o que
estabelece o projeto de lei 2.523/13, do ex-deputado Ricardo Abrão, que a Assembleia Legislativa do Estado do
Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quinta-feira, dia 19.
A proposta altera a Lei 2.796/97, que concedia a gratuidade para maiores de 65 anos. O autor diz que o texto
aperfeiçoa a norma atual, adequando a novas diretrizes
do Estatuto do Idoso. “A proposta equipara esta regra a
outras leis já em vigor, buscando com isso o maior acesso
à cultura e ao lazer para os idosos”.
O texto seguirá para a sanção ou veto em até 15 dias
úteis do governador em exercício, Francisco Dornelles.

• Instituições filantrópicas de
Niterói se reuniram na sede
da Associação Pestalozzi de
Niterói e decidiram, juntas,
cobrar melhorias por parte do
poder público, entre elas o
cumprimento da lei que criou,
em 2014, o Marco Regulatório
do Terceiro Setor.
As principais reivindicações são atraso no repasse de
verbas, a descontinuidade de
programas e a não contratua-

lização de serviços com o poder público, que põe em risco
o futuro das atividades desempenhadas por elas, principalmente na área da pessoa
com deficiência.
Participaram do encontro,
além da Pestalozzi de Niterói,
que foi a anfitriã, dirigentes da
Associação de Pais e Amigos
dos Deficientes Auditivos; Associação Fluminense de Reabilitação; Casa Maria de Magda-

la; Apae e Associação Fluminense de Amparo aos Cegos.
“É o início, de um trabalho em
conjunto que queremos desenvolver. O problema que a Pestalozzi enfrenta é, em sua maioria, o mesmo que as demais
estão enfrentando. Acreditamos que unidas poderemos ter
um mecanismo maior de pressão e cobrança”, disse José
Raymundo Martins Romêo,
presidente da Pestalozzi.

NOVOS DISCOS — O pianista niteroiense Marvio Ciribelli está com dois novos discos no forno. O primeiro “Beyond the Horizon”, junto com a banda holandesa Focus, terá lançamento internacional no segundo semestre desse ano. O outro CD traz samba jazz e faz homenagem a saudosa casa noturna carioca, Vogue.
NOVA SINALIZAÇÃO — O MAC terá, pela primeira vez, uma sinalização moderna e trilíngue
(português, inglês e espanhol). Desenvolvido pela designer Vanessa Braga, o projeto vai trabalhar com grafismos baseados em formas geométricas simples, como círculos e triângulos. Tudo
foi pensado para interferir o mínimo possível nas obras de arte: tanto o próprio MAC, quanto as
peças que lá serão expostas.
DANÇA — Após uma temporada de grande sucesso em São Paulo e Goiânia, a Cia de Ballet de
Niterói recebe o Canoas Coletivo de Dança, no Teatro Municipal de Niterói, nos dias 24, 25 e 26 de
junho, para apresentar os espetáculos “Romeu e Julieta” e “Um Whatsapp para Shakespeare”.

NOSSO GRUPO PUBLICIDADE E EDITORA LTDA.
CNPJ: 06.091.234/0001-78
Rua Matoso Maia, 46 • Bairro de Fátima • Niterói
CEP: 24.070-020
Editora Chefe: Maria Sílvia de Souza Tani (15428 MT)
Diretora: Maria Sílvia de Souza Tani
Assessoria Jurídica: Ennio Figueiredo Júnior
Diagramação: José Rosário (freelancer: 2710-3984)
Distribuição: Ernesto Guadelupe

Tels.:(21) 3619-2915/ 99751-2915
e-mail: santarosajornal@gmail.com
silviatani@oi.com.br
Matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores

CIRCULAÇÃO: Bairro de Fátima • Boa Viagem • Centro • Charitas • Cubango • Fonseca • Ingá • Icaraí • Jardim Icaraí • Jurujuba
• Pendotiba • Santa Rosa • São Domingos • São Francisco • Região Oceânica • Vital Brazil etc...

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

5

SANTA ROSA

Câmara de Niterói ganha espaço cultural
e sala para reunião de comissões
Foto: Sergio Gomes

• O Presidente da Câmara
Municipal de Niterói, Paulo
Bagueira entregou dois novos espaços. Uma galeria de
exposições e uma sala para
reunião de vereadores e das
comissões permanentes da
Casa. O primeiro espaço ganhou o nome do ex-vereador
Carlos Augusto Bittencourt
Silva, o Gugu, Já o segundo,
recebeu o nome do vereador
Carlos Alberto Magaldi, os
dois falecidos no ano
passado.
“O conjunto dos vereadores aprovou por unanimidade o nome dos dois ex-colegas para dar nomes aos novos espaços. Estou honrado
de poder prestar essas homenagens junto aos demais colegas, essas duas homenagens”, disse Bagueira.
Viúva do homenageado,

Regininha Bittencourt agradeceu a lembrança do nome
de seu marido, para dar
nome ao novo espaço de cultura da Câmara. “Agradeço
aos vereadores pela homenagem. Gugu era um homem
que amava Niterói e nos deixou o legado de dar continuidade ao seu projeto. Essa iniciativa nos dá força para continuar”, disse.
A Galeria de Exposições
Carlos Augusto Bittencourt
Silva também dá acesso ao
Salão Nobre da Câmara. Ela
está recebendo durante o mês
de maio, a exposição Niemeyer em Niterói, do fotógrafo Paulinho Muniz, que mostra as obras em andamento
do maior arquiteto brasileiro
em Niterói. O espaço também
serve de acesso ao elevador
que liga o pavimento térreo

ao 2º andar da Câmara.
“A instalação e funcionamento do elevador segue o
nosso propósito de dar acessibilidade a todos os setores

da Casa. Com ele, a pessoa
com deficiência tem acesso a
qualquer local da Câmara”,
explica Bagueira.
Já a Sala de Reuniões Carlos

Alberto Magaldi será um espaço para o uso compartilhado de todos os vereadores e
atenderá as comissões permanentes da Casa. “Antes, qualquer tipo de reunião era realizada na sala da presidência.
Agora temos esse espaço, com
mobiliário e equipamentos
que darão mais conforto aos
vereadores e convidados”,
disse Bagueira, lembrando
que a homenagem a Magaldi
era um justo reconhecimento
a um colega que foi covardemente assassinado.
“Fico muito agradecida do
nome de Magaldi ser lembrado pelos vereadores e pela
Câmara que ele tanto gostava.
Dizia pra mim que era a sua
segunda casa. Ele tinha muitos amigos aqui e essa homenagem retrata isso”, disse a
viúva Marisa Magaldi.

6

SANTA ROSA

2a QUINZENA DE MAIO • 2016
Foto: Luciana Carneiro

AGORA É LEI:
bancos terão funcionário
exclusivo para auxiliar idosos
e pessoas com deficiência
• Os bancos do estado do
Rio deverão disponibilizar
um funcionário exclusivo
para auxiliar idosos e pessoas com deficiência nos caixas eletrônicos. Essa é a determinação da Lei 7.282/16,
de autoria do presidente da
Assembleia Legislativa do
Estado do Rio de Janeiro
(Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB), sancionada
pelo governador em exercício, Francisco Dornelles, e
publicada no Diário Oficial
do Poder Executivo desta se-

gunda-feira (30/05).
"Hoje, com a tecnologia,
os bancos diminuíram muito o número de funcionários. Mas na questão dos
idosos é preciso ter cuidado. Temos diversos casos
onde idosos são ludibriados ao pedir a ajuda de terceiros", explicou o parlamentar. Os bancos terão 90
dias para se adaptar à exigência. A partir desse prazo, o descumprimento pode
gerar multa de até 50 mil
UFIRs-RJ.

E AGORA??? — Ex-presidente da OAB/RJ, Wadih Damous, prestando um desserviço ao Brasil. Ao propor a
presente mudança na Lei, este deputado do RJ pretende
anular as delações, o que viria desfazer muitas condenações que se basearam nestas delações que mandaram pra
cadeia os bandidos do PT e asseclas. É isto que você quer?
Anotem este nome para não votar nele nas próximas eleições: Wadih Damous!!!! Que se serviu do cargo de Presidente da OAB/RJ para ser deputado. A OAB não deveria
se prestar a isto...

Modelos na passarela

MAC: a passarela da Louis Vuitton
Marca francesa desfilou no museu que em breve reinaugura comemorando 20 anos
FESTEJADÍSSIMA!
— Cátia Gomes
comemorou mais um
aniversário cercada
dos familiares,
inúmeros amigos e,
claro, recebendo o
carinho todo especial
do amado Márcio
Saraiva. Muitas
alegrias e amor em
sua vida, Cátia!

• Na tarde deste sábado 28,
o Museu de Arte Contemporânea recebeu um evento de
grande renome internacional: o desfile da marca francesa Louis Vuitton.
Prestigiaram o evento:
Rodrigo Neves, prefeito de
Niterói com seu vice, Axel

Grael; Paulo Bagueira, presidente da Câmara de Vereadores de Niterói; Sergio Zveiter,
deputado federal e as respectivas esposas.
“Iniciamos as tratativas com
a Louis Vuitton em outubro e,
de fato, esta é uma das enseadas mais bonitas do mundo.

Para Niterói é um orgulho
receber tantos visitantes
ilustres. E a Louis Vuitton
tem muito a ver com o
MAC que é uma obra do
maior gênio da arquitetura
brasileira, o mais importante da arquitetura mundial, Oscar Niemeyer.

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

7

SANTA ROSA
Fotos: Belvedere Bruno

Festa de elegância e glamour
santarosajornal@gmail.com

Muito elegantes: Tereza e Camila Mariz

Um casal nota 10 – Irma e Gastão Van Gasse

• Alegria e emoção predominaram na reunião organizada por Irma para festejar o marido
Gastão Van Gasse, que celebrou mais um aniversário. Música ambiente, delicioso coquetel
com finas bebidas, jantar seguido de variadas sobremesas a todos encantaram. A decoração
em flores delicadamente dispostas sobre as mesas davam ímpar delicadeza à celebração. Parabéns, Gastão! Paz, alegria e muita festa em sua vida...

ELA MERECE !!! — Em solenidade na Câmara Municipal de Niterói, a jornalista e cientista política Cláudia Cataldi, foi agraciada com o título de Cidadã Niteroiense, por
indicação de Paulo Bagueira, presidente da Câmara Municipal de Niterói. Na foto: Cláudia Cataldi, durante entrevista com o presidente da República, Michel Temer, no
Palácio do Jaburu.

O JORNAL SANTA ROSA
FAZ A DIFERENÇA...
HOMENAGEM — Será nessa sexta-feira, 03 de junho, às
19h, na Câmara Municipal de Niterói, que o advogado
Marcio Aleluia receberá homenagem do Conselho de Ministros Evangélicos de Niterói (COMENIT), entre outras
personalidades, que se destacaram em 2015/2016, pelos
relevantes serviços à nossa cidade. Compareça, você é nosso convidado!!!

O aniversariante entre convidadas

8

SANTA ROSA

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

CULTURA

ALBERTO ARAÚJO

a.alberto.sousa@bol.com.br

• A renomada tradutora e
docente Helena Ferreira lança seu livro Poemas Antes
do Sono, no dia 02 de junho,
às 17 horas, na Sede Social
do PEN Clube do Brasil –
Praia do Flamengo 172/901,
no Flamengo/RJ.
Trata-se de uma obra de estreia, contudo, a autora, ilustre
mestra de língua e literatura
espanhola da Universidade
Federal do Rio de Janeiro, demonstra perfeito domínio do
verbo poético, impregnado de
tons da lírica moderna com
viva interlocução com temas do
passado. Um programaço!!!
AMOR AO PRÓXIMO — Com a proposta de arrecadar agasalhos para serem doados às instituições filantrópicas, a OAB/Niterói aderiu à campanha Calor Humano, com lançamento na 16ª
Subseção, nessa terça-feira 31, às 10h. A caixa coletora estará no
hall de entrada, na Av. Amaral Peixoto 507. O encerramento será
no último dia de junho e as peças serão distribuídas em Niterói.

... É um espetáculo que mescla poesia, música e dança e
tem apresentações marcadas
para os dias 3, 4 e 5 de junho,

na sexta e sábado às 21h e
domingo às 20h, no Teatro
Eduardo Kraichete, na Associação Médica Fluminense,

em Niterói.
São poemas de Angela
Gemesio, que falam sobre a
existência humana e sobre - o
amor e seus vários tipos:
"amor vinculação", "amor
romântico", "amor
companheiro" e o "amor
compaixão".
Os poemas são dramatizados de forma lúdica, pela
atriz Angela Gemesio e pelo
ator Sergio Di Paula, todos
mesclados com músicas internacionais como: "Ne Me
Quitte Pas"; Os Girassóis da
Rússia; Strani Amori; Besame
Mucho.
Todas as músicas serão
interpretadas pela soprano
Magda Belloti.
Av. Roberto Silveira 123,
em Icaraí. Imperdível!!!

CONVITE

MEDALHA — Em sessão solene, o Colégio Brasileiro de Genealogia
outorgou uma Medalha de
Prata comemorativa do
Centenário do seu fundador Dr. Carlos G. Rheingantz, do 65º- aniversário
do CBG e do 450º aniversário da Cidade do Rio de
Janeiro, ao seu Sócio Efetivo Prof. Francisco T. de
Albuquerque, Presidente
do Instituto Cultural Frederico Guilherme de Albuquerque e à professora
Cybele Moreira de Ipanema, Sócia e 1ª Secretária
do Instituto Histórico e
Geográfico Brasileiro. Registramos para desejar
felicidades.

• A Diretoria do Cenáculo Fluminense de História e Letras
convida para a posse do acadêmico Paulo Roberto Cecchetti,
na Cadeira nº 6, patronímica de Fagundes Varela, sendo saudado pela acadêmica Márcia Pessanha, no dia 03 de junho, às
17h, na Academia Niteroiense de Letras, Rua Visconde do
Uruguai 456, Centro.

ACADEMIA NITEROIENSE DE LETRAS
Programação de junho/2016
• Dia 8, às 12h30 — Almoço de adesão comemorativo ao 73º aniversário
de fundação da ANL, no
Restaurante 7 Grill (Rua
Gavião Peixoto; Dia 22, às
17h — Sessão de homenagem ao centenário de nascimento de Manoel de
Barros. Oradora: Márcia
Pessanha; Dia 29, às 17h,

“A Influência das Festas
Juninas na Literatura Brasileira”. Palestrante: Gilson Rolim;
Obs: Os eventos serão
na sede da Academia Niteroiense de Letras,
Rua Visconde do Uruguai 456 — Centro, com
entrada franca.

Cybele Moreira de Ipanema e Francisco Tomasco de Albuquerque

UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... 
O Centro Literário da

Região Oceânica — CLARON — em homenagem
ao seu 3º aniversário, está
com inscrições abertas, até
o dia 30 de maio, para o “II
Festival de Poesias e Contos”. Informações no blog:

//claronniteroi.blog spot.
com.br/ 
Nas dependências da Representação da ONU (UNIC/
Rio), no Palácio Itamaraty
(Ministério das Relações Exteriores), o Presidente-Chanceler do IFEC, Prof. Raymundo

Nery Stelling Júnior foi empossado Pró-Reitor da FUUSA —
Florida University-USA. Parabéns ao ilustre profeswsor que
só orgulho traz ao nosso país! 
O fotógrafo Alaor Filho,
do Comitê Olímpico Brasileiro, apresentará na Galeria de

Arte La Salle, 40 imagens que
contam a história das Olimpíadas em lances, sacadas, arremessos, chutes e braçadas. A
mostra será inaugurada no
dia 30 de agosto, às 20h.
Aguardem!!! 
Com curadoria de Desirée

Monjardim, a mostra “Pintando Tudo”, de Arthur
Goulart, 9 anos, ficará em
cartaz até 06 de junho,
com visitação de segunda
a sexta, das 9h às 17h, com
entrada franca.

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

9

SANTA ROSA

Associação de Magistrados
define Prêmio Patrícia Acioli
• A nova edição do Prêmio
AMAERJ Patrícia Acioli será
no dia 7 de novembro, definiu
a diretoria da associação, presidida por Renata Gil. A reunião teve o objetivo de definir
mudanças e aprimoramentos
para a nova edição do concurso, cujo lançamento será no
dia 02 de agosto, no Tribunal
Pleno do TJ/RJ.
Estiveram presentes: Ricardo Alberto Pereira (2º vice-presidente); Luiz Alfredo Carvalho Junior (secretário-geral);
Eunice Bitencourt Haddad (2ª
secretária); Márcia Succi (diretora de Direitos Humanos e
Proteção Integral) e Flávio
Marcelo de Azevedo Horta Fer-

Músicos do Programa Aprendiz

nandes (Conselho Deliberativo), para alinhar detalhes sobre a organização do prêmio.
Para este ano duas novas
categorias foram criadas: Magistrado, destinado a profissionais de todo o Brasil que tenham projetos em curso que
valorizem os Direitos Humanos e cidadania; e Hors Concours, vai homenagear uma
personalidade nacional que
tenha atuado nos Direitos
Humanos.
Criado em 2012, o prêmio
presta homenagem à magistrada da 4ª Vara Criminal de São
Gonçalo, assassinada em Piratininga em agosto de 2011, em
Niterói, por policiais militares.

15 ANOS DE MÚSICA E CIDADANIA
• O Programa Aprendiz, mantido pela Prefeitura de Niterói
e considerado um dos maiores programas socioculturais
de educação musical ativos
no país, está completando seu
15º aniversário e para celebrar
vai promover a exposição
Aprendiz: 15 Anos de Música
e Cidadania, a partir do dia 15
de junho, às 18h, na Sala Leila
Diniz. Na abertura da mostra,

haverá uma apresentação
com jovens músicos do projeto, todos também personagens da mostra.
Promovida Pelo Instituto
Memória Musical Brasileira
(IMMuB), que também cuida
da gestão do Aprendiz, a exposição fotográfica reúne histórias e momentos marcantes
da trajetória de 15 anos do
programa. Sob curadoria de

Alline Ourique, que também é
autora da maioria das fotos, o
foco da mostra é o caráter
transformador característico
desse programa sociocultural.
Através do ensino da música,
o Aprendiz busca atuar na
forma que crianças e adolescentes percebem o mundo e
na maneira que se expressam.
Rua Professor Heitor Carrilho 8, Centro/Niterói.

Grupo da Associação encarregado de realizar o evento

10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos
no mundo chega a Niterói em junho
• A 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo,
realizada em todas as capitais
do país e em mais de mil pontos de exibição espalhados
por cidades brasileiras, acontece em Niterói entre os dias
08 e 10 de junho. Neste ano,
um dos pontos de exibição escolhidos pela produção da
Mostra, o Núcleo de Produção Digital de Niterói (NPD),
órgão ligado à Subsecretaria
Municipal de Ciência e Tecnologia, tem o apoio do Espaço Cultural Correios, que vai
exibir seis filmes brasileiros,
com entrada gratuita. Após as
sessões haverá diversas atividades como debates e campanha para a emissão de documentos com isenção, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e
Direitos Humanos.

PROGRAMAÇÃO
• Dia 08 de Junho, quartafeira, 18h: Solenidade de
abertura oficial do evento “500
— Os Bebês Roubados Pela Ditadura Argentina”, de Alexandre Valenti. Argentina/Brasil,
em 2013.
Durante a ditadura militar na
Argentina foram sequestrados
bebês e crianças, filhos de presos
e desaparecidos políticos ou
nascidos em prisões clandestinas ou centros de tortura e extermínio. O grupo “Avós da Praça
de Maio” criou o “Banco dos
500”, para localizar as 500 crianças a partir de amostras de
seus próprios sangues.
Logo após, haverá debate sobre Infância/Direito à Memória e à Verdade, com Nadine
Borges, ex-membro da Comissão da Verdade do Rio, e Wal-

deck Carneiro, Prof. da Faculdade de Educação da UFF e
Deputado Estadual.
• Dia 09 de Junho, quintafeira, 16h: “Abraço de
Maré”, de Victor Ciriaco. Brasil, 2013. Documentário livre.
O dia a dia de quem mora em
um centro urbano é sempre
atribulado. Porém, bem no meio
disso tudo, cinco pessoas vivem
na mais pura sintonia entre a
natureza e a cidade. Do asfalto
ao mangue, o curta-metragem
documental “Abraço de Maré”
traz para a tela a história de
vida de uma família ribeirinha,
que mora em uma casa de taipa
às margens do rio Potengi. Esse
filme nos leva a refletir sobre
essa dualidade e o quanto a realidade que nos parece ser tão
distinta nos é, na verdade, tão
próxima.

Namara Gurupy, Jorge Lindenberg
e Dilma Resende

Rotary Club
faz chá
beneficente
• O Rotaract Club Niterói/
Icaraí, formado por um grupo
jovem do conhecido Rotary

Club, tomou a iniciativa de realizar campanhas em prol de
projetos para ajudar
a nossa cidade, através de projetos sociais, culturais e ambientais.
Em sua última reunião presidida pelo
seu jovem diretor Jorge Lindenberg, foi realizado na Casa da
Amizade um chá beneficente em benefício do Instituto Educacional Professor
Ismael Coutinho), (IEPIC), com palestrante da Drª
Namara Gurupy, ex-presidente da OAB/Mulher e atual
membro do Conselho da
OAB/Niterói. Também lá estiveram: Karla Simões, Dilma
Resende, escritora e advogada
especialista em Direito Digital, além da presidente do Rotaract Patrícia Fernandez e
sua diretoria.

10

SANTA ROSA

O SORRISO
DA MANHÃ
Hilário Francisconi

ÉNossa
manhã em Santa Rosa.
Senhora Auxiliadora, no outeiro do complexo do
Colégio Salesianos, vigia e abençoa o bairro, a cidade...
A poucos passos à frente, enquanto desço a minha rua,
uma senhora uniformizada com o logotipo da prefeitura municipal varre a calçada; a cobrir-lhe a cabeça, um chapéu
amarelo de abas largas.
Noto que o seu semblante personifica a monotonia do serviço que
executa. Varre e varre, todas as
manhãs exatamente iguais, o mesmo folhiço da mesma árvore naquela
mesma esquina. Vai e vem, juntando em
montículos o que a enorme árvore decidiu não servir-lhe mais. E sei que voltará na manhã seguinte, e ainda na outra, na outra ainda e em todas as outras manhãs dos seus dias sempre
iguais. À exceção de uma abençoada aposentadoria, parece-me por nada mais esperar essa mulher.
Então eu a saúdo com
um “bom dia”. E de repente a essência indissolúvel de nossos espíritos torna-se
única e, a despeito de todo o peso do mundo, a mulher
ergue a sua cabeça e põe à mostra, de sob o chapéu amarelo, o brilho matinal de seus grandes olhos e o rasgar de
um sorriso que escancara as portas daquele milagre.
H. Francisconi
Jornalista MT 36682/RJ

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

Uma viagem inesperada
Belvedere Bruno

Q

uando decidi sair,
após a clausura que
me impus durante
seis meses, depareime com estranha figura. Falava em tom firme sobre as qualidades dos produtos que vendia. Eram bombons

e balas sortidas. Comprei e experimentei, prosseguindo meu
caminho.
Próximo à padaria, encontrei meu pai com as monografias das reuniões teosóficas
que frequentava às quartasfeiras. Disse-me, satisfeito, que
encontrara um livro de Alice
Bailey que procurava há anos.
Lembrou-me do aniversário

de vovó que seria no final da
semana. Bisa faria o bolo. Os
filhos levariam salgados e bebidas. Pensei em mais um
compromisso: comprar o presente dela. Talvez um CD de
Glenn Miller.
Segui, sentei-me na areia da
praia, e por sorte, encontrei
inúmeros colegas. O que me
chamou a atenção foram os
trajes de praia das moças. Ousados. Depois, olhando ao redor, vi que todas estavam vestidas da mesma forma. Biquines fio-dental e asa-delta disseram. Apenas eu parecia
um peixe fora d’água.
Ouvia melodioso som vindo
de um rádio próximo. “Lucy
in the sky with diamond”. A
turma cantava junto, com empolgação, à medida que planejavam a festa de fim de semana. Onde seria e o que cada
um levaria? E os burburinhos
sobre quem ficaria com quem.
Havia interesse entre as garotas em um jovem recém-chegado de Porto Alegre. Só falavam
nos seus olhos azuis.
Já anoitecia quando o “bicho-grilo”, me olhando, disse
que era hora de acordar. Assustei-me. Disse que as balinhas haviam feito um bom trabalho. Uma viagem no túnel
do tempo. Que bênção, refleti.
Quem acreditaria nessa experiência? Mas sempre ouvi o
povo dizer que eu não regulava bem da cabeça, ora!
Lembrei, então, de papai,
bisa, vovó. Que vontade de
capturar tudo aquilo que havia vivenciado e nunca mais
deixar escapar.
Senti que precisava me desapegar e viver o hoje com todas
as suas mazelas. Havia, no
entanto, a necessidade de chorar minha saudade. E chorei o
mais que pude.
Retornando à casa, mendigos me abordaram, um som de
funk saía não sei de onde e jovens pareciam alheios a tudo.
Sirenes me atordoavam. Pessoas corriam pelas ruas perseguindo não sei quem nem por
quê.
Preciso, com urgência, criar
roteiros que não me paralisem
ou sufoquem.
Saudade dos Beatles. Saudade de papai. Saudade até de
Glenn Miller.
Belvedere Bruno é escritora
belvederebruno14@gmail.com

11

SANTA ROSA

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

Show para os apaixonados em Niterói

Universo Íntimo no Oscar Niemeyer
• A abordagem do espetáculo
“Universo Íntimo” reúne as
emoções de quatro jovens,
seus conflitos e os caminhos
para superar a crise no relacionamento, de 03 a 12 de junho: sextas, às 21h; Sábados,
às 21h e Domingos, 19h. A
obra contemporânea de Humberto d’Assumpção é tão tangível, os personagens tão reais que farão o espectador entrar em contato com o seu universo mais íntimo. O pecado
está em deitar por amor ou
trair sem amar? Qual seu maior segredo? Quem é você de
verdade?
Leila é uma mulher de negó-

cios forte e decidida casada
com Bruno, um Bon vivant, artista plástico, ainda tentando
se encontrar. Saullo, um homem moderno e líder nato, casado com Júlio que está passando por uma crise existencial e de baixa autoestima.
O encontro desses Universos causa uma confusão que
chamamos de vida! Universo
Íntimo é uma peça sobre o autoconhecimento. Sobre os pequenos detalhes, os pequenos
silêncios e as grandes mentiras. No elenco: Carolina Fernandes, Diogo Oliveira, Mau
Alves e Plínio Lopes. Texto:
Humberto D’Assumpção.

Exposição “Brasil na Era da Bossa
Nova”, do fotógrafo Antonio Nery
nho até 03 de julho de
2016.

• A Sala Carlos Couto abre as
portas para a exposição “Brasil na Era da Bossa Nova”, do
fotógrafo Antonio Nery. Nessa mostra, composta por um
precioso legado visual da história da música brasileira, o
curador Luiz Ferreira expõe o
registro cuidadoso, sensível,
criterioso, metódico e precioso
que o renomado fotógrafo fez
dos primórdios da “Bossa
Nova” e da cena musical de
sua época.
Nery acompanhou aqueles
jovens artistas que se apresentavam com um estilo musical
novo - que viria revolucionar e
influenciar, não só a música
brasileira, mas também a música internacional. A mostra
pode ser visitada de 1º de ju-

ANTONIO NERY —
Repórter Fotográfico,
por Luiz Ferreira
• Antonio Nery é um
fotógrafo singular. Fez
um nome profissional
respeitado por todos
dentro do fotojornalismo,
principalmente no fotojornalismo diário, na “pauleira” do
dia a dia das redações de jornal. E foram muitos e importantes os jornais para os quais
Nery contribuiu com seu talento: “Última Hora”, “O
Dia”, “A Notícia”, “Folha da
Tarde”, entre outros. Mas há
uma parte da carreira de Antonio Nery que ficará marcada
para sempre na história da
música popular brasileira: o
registro cuidadoso, sensível,
criterioso, metódico e precioso
que Nery fez dos primórdios
da “Bossa Nova” e da cena
musical de sua época. Entrada
franca.
Rua XV de novembro 35 –
Centro/Niterói.

• O cantor e compositor Tiago
Iorc desembarca em Niterói
para apresentar o show da
turnê “Troco Likes”, no Country Club (Rua Chile 135, Pendotiba), no dia 11 de junho, às
21h, para celebrar o fim de semana dos namorados.
Dono de uma bela voz e
grande inquietude criativa,
Tiago é um daqueles raros casos em que um artista consegue dialogar com o grande
público justamente pela alta
qualidade de seu trabalho,
que agora poderá ser conferida no show em Niterói.

Tiago Iorc

No Country, Tiago vai mostrar o porquê de seu público
crescer a cada turnê, envolvido pelas suas sinceras e bem
feitas composições. O repertório, 100% autoral, contará com
temas como “Coisa linda” (Tiago Iorc e Leo Fressato), “Um
dia após o outro” (Tiago Iorc e
Daniel Lopes), “Mil Razões”
(Tiago Iorc e Dani Black), “Até
Aqui” (Tiago Iorc e Duca Leindecker), “Amei te Ver” (Tiago
Iorc), “It´s a Fluke (Tiago Iorc,
Jesse Harris e Maycon Ananias), entre outras. Vendas e informações: (21) 2616-4000.
Foto: Nando Chagas

Beth Bruno
em “Entre
Mundos”
• O projeto Palco Aberto, do
Teatro Municipal de Niterói,
recebe o show “Entre Mundos” da cantora Beth Bruno,
nesta quinta-feira 2, às 19h.
Intérprete consciente de jazz
e música brasileira moderna,
Beth Bruno é uma das grandes vozes do cenário nacional dos últimos tempos.
Com técnica vocal impecável, a cantora enquadra o que
há de melhor na arte sulamericana, e já emocionou ao
lado de mestres como Gilberto Gil e Djavan.
Nascida em Niterói, Beth
iniciou sua carreira em festivais de Música Popular Brasileira no Estado do Rio de
Janeiro, onde ganhou prêmios de melhor intérprete. Em
quatro décadas, participou
de gravações e shows ao lado
de talentosos instrumentistas, como Nico Assumpção,
Márcio Montarroyos, Artur
Maia, Marco Pereira, Paulo
Moura e Leo Gandelman. Fez
parte, também, do musical
“Pobre Menina Rica”, com
Carlos Lyra. Gravou faixas
de discos, como “Elas Cantam Caetano Veloso”, além
de trilhas sonoras para cinema e televisão. Trabalhou
como vocalista com os astros
internacionais Al Jarreau e
Marcus Miller.
Rua XV de novembro 35 –
Centro/Niterói.

Beth Bruno

12

SANTA ROSA

2a QUINZENA DE MAIO • 2016

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful