Você está na página 1de 20

ZONA DE CONVERGÊNCIA

INTERTROPICAL
E
VENTOS ALÍSIOS

Liz Machado
Maicon Alves
Definição
ZCIT

 É uma zona de convergência em baixos


níveis (divergência em altos níveis) na
região de fronteira entre os hemisférios
Norte e Sul, área onde os ventos alísios
provenientes dos Hemisférios Norte e Sul
convergem.
Formação
 Assemelha-se a um cinturão com atividades
convectivas, de 3 a 5 graus de largura, onde
espalham-se Cbs.

 A ZCIT é uma banda de nuvens que circunda a


faixa equatorial do globo terrestre ,formada
principalmente pela confluência dos ventos
alísios do hemisfério norte com os ventos alísios
do hemisfério sul.
Circulação Geral da Atmosfera
Quando e onde ocorre

 A ZCIT está inserida numa região onde


ocorre a interação de características
marcantes atmosféricas e oceânicas, tais
como:
 Zona de confluência dos Alísios (ZCA);
 Zona de Máxima Temperatura da Superfície
do Mar (TSM);
 Zona de Máxima Convergência de Massa;
 Zona da banda de Máxima Cobertura de
Nuvens Convectivas.
Deslocamento da ZCIT
 Muda de posição ao longo do ano devido
a variações na circulação atmosférica e
na TSM, situando-se mais ao norte em
julho e outubro (com posição mais ao
norte em torno de 14°N) e mais ao sul em
janeiro e abril (posição extrema entre 5° e
6°S), implicando em distintas condições
sobre o nordeste.
Identificação

 A identificação da ZCIT é feita, por


imagem de satélite e mapas.
ZCIT e o EL NIÑO
 A ZCIT se desloca para águas mais
quentes e se afasta das águas mais frias.

 As TSM podem afetar o deslocamento da


ZCIT
Dipolo Negativo: águas
Dipolo Positivo: águas mais
mais frias no Atlântico sul
quentes no Atlântico sul e águas
e águas mais quentes no
mais frias no Atlântico Norte.
Atlântico Norte.
Influências da ZCIT no Brasil

 A banda de nebulosidade associada à


ZCIT do Atlântico Oeste exerce grande
influência na convecção e precipitação no
nordeste.
Ventos Alísios
 Definição
 É o encontro dos ventos dos dois
hemisférios.
 Os alísios são fortes correntes de ar que
chegam a cobrir 1/3 da superfície da terra,
se desenvolvendo melhor na costa leste
das bacias oceânicas.
Quando e Onde Ocorre
 Em baixos níveis atmosféricos
caracterizados por grande consistência
em sua direção.

 No Hemisfério Sul os ventos alísios


sopram de sudeste e no Hemisfério Norte
sopram de nordeste.
 Sopram constantemente dos trópicos para
o equador, em baixas altitudes.

 São ventos úmidos que provocam chuvas


nas imediações do equador, o encontro.
Identificação

 É uma conseqüência da ZCIT, devido a


convergência dos ventos na região do
equador, é desviado para a esquerda no
HS e a direita no HN.
Ventos Alísios e o el niño
 Os efeitos do el niño
 Os ventos alísios diminuem sensivelmente sua
intensidade;
 A presença de águas quentes e convergência de
umidade do ar favorecem a formação de nuvens
convectivas profundas sobre o setor centro-leste
do Pacífico;
 Sobre o Atlântico equatorial, incluindo o leste da
Amazônia e Semi-Árido Nordestino nota-se
predominância de um ramo de ar descendente
inibindo a formação de nuvens.
Ventos Contra-Alísios
 Os contra-alísios sopram do equador para
os trópicos, em altitudes elevadas.

 Os contra-alísios são ventos secos e os


responsáveis pelas calmarias tropicais
secas que geralmente ocorrem ao longo
dos trópicos.
FIM !!!