Você está na página 1de 26

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Proponente: Vítor Scarpari Citadin
Orientador: Prof. Mauro Rosa, PhD. & Coorientador: Prof. Diego Issicaba, PhD.

EEL | CTC

AVALIAÇÃO DA CONFIABILIDADE DO SISTEMA ELÉTRICO
DE UMA PLATAFORMA PETROLÍFERA OFFSHORE USANDO
SIMULAÇÃO DE MONTE CARLO

. Detalhes e Operação do Sistema Elétrico. Simulações.Sumário I. III. Desenvolvimento do algoritmo. II. resultados e conclusões. IV. Introdução.

Fator Financeiro: Prejuízos com a estrutura. . III. tóxicas e explosivas. insumos e multas. Fator Ambiental: Substâncias inflamáveis. II.Motivação I. Fator Social: Trabalhadores e moradores da região afetada.

.Teoria da Confiabilidade Indicar a probabilidade de um sistema completar a sua função durante um tempo. • Prevenção de eventos. • Eficiência e produtividade. • Manutenções pontuais.

Instalação Elétrica: • 4 geradores principais de 31.8. Função: Produzir. 60 Hz. FP 0. 480 V .25 MVA . FP 0. armazenar e processar petróleo e gás natural.7 MW.Detalhes FPSO 1. diesel.8. 2. 60 Hz . • 1 gerador emergencial de 2 MVA .8 kV. . 13. gás. • Carga instalada: 71.

55992 480 • Telecomunicação.8k CCM Produção: PN 5143002A 5 0 5.8 k PN 5143001C 3 31.57786 13.74312 480 CDC Essencial: PN 5148001B 12 0 0.75146 480 PN 5143004B 10 0 0. CDC Utilidades: • Guindastes e UPS.81317 13. . • Compressor (gás). Bombas e acionamento. Bombas e aquecimento.Distribuição das Cargas CDC Principal: Barra Nº Geração [MVA/ MW] Demanda [MW] Tensão [V] PN 5143001A 1 31.8 k PN 5143001B 2 31.25 / 25 6.8 k PN 5143001D 4 31.6 0 480 • Climatização.35223 4.4925 480 PN 5143004A 9 0 0. • Tranformadores.25 / 25 2.16417 13.25 / 25 24. • Bombas (oléo e água). PN 5148001C 13 2 / 1.58357 480 PN 5148001A 11 0 0.44237 4.84445 480 • PN 5143003B 8 0 0.16k CDC Produção: PN 5143003A 7 0 0.36811 13.25 / 25 24.16k • PN 5143002B 6 0 4.

. Crítico: Baterias alimentam as cargas indispensáveis.Modos de Operação Normal: 3 Geradores de 31. o mesmo é isolado e o gerador de emergência é acionado (até 45 s) . Essencial (Emergência): Caso a geração principal não suprir a demanda do painel de emergência.25 KVA alimentando todas as cargas da plataforma.

. • Geradores. • Linhas de Transmissão. Componentes testados: • Barras.Modelagem do Sistema • Nível Hierárquico (NH2) .

.Modelo de Markov • Estado Operativo (x = 1). • 4 Causas de falha por componente. Modelo de falha usual “Dois estados de Markov”. • Estado Falho (x = 0).

• Retorna índices de confiabilidade para as barras. • Adaptação para o modo de emergência.Descrição do Algoritmo Características: • Opção com ou sem memória. .

• 4 Taxas de falha (λ) por componente. . • Carga total instalada em cada barra. se possui ou não geração. isto é. • 4 Tempos médios de reparo (MTTR) por componente. • Capacidade de geração em cada barra. • Códigos de cada linha e das barras conectadas.Entrada de dados • Código e tipo da barra.

2. • Esforço computacional reduzido. Método de seleção de estados: Simulação de Monte Carlo Não-Sequencial. • Sem cronologia de eventos. • Correlações podem ser modeladas facilmente. Cálculo da indisponibilidade equivalente (UT).Sorteio de Estados 1. .

3.Configurador Se o estado do componente é falho (x = 0): 1.  São formados ilhamentos em cada iteração com a verificação da potência gerada total e da demanda total para verificar se haverá corte de carga em cada ilha do sistema. Geradores: barra respectiva com capacidade de geração nula. . Linhas: barras de ida e chegada sem conexão direta. 2.  Saída de dados: Vetor com corte de carga nas barras. Barras: desligamento do gerador e retirada das linhas conectadas (corte).

EPNS . • Representa a frequência de corte de carga em [occ/ano] de um componente. • Representa o valor do corte de carga em [MW] associado ao estado x. LOLF . • Representa a probabilidade de corte de carga em [pu] no componente.Frequência esperada de perda de carga. .Estimação dos Índices LOLP .Potência esperada não suprida.Probabilidade de perda de carga.

16417 25 6.81317 25 24.55992 0 0 0 / 1.Simulação .84445 0 0.57786 0 5.44237 0 4.58357 0 0.75146 0 0.4925 0 0.74312 0 0.6 (emergência) .Introdução Cenário 1 – Operação normal Cenário 2 – Geração de emergência N º 1 2 3 4 5 6 7 8 9 1 0 1 1 1 2 1 3 Dados das Barras Demanda Capacidade de Geração [MW] [MW] 24.35223 0 0.36811 25 2.

Causas de Falha .

LOLP – Cenário 1 .

LOLP – Cenário 2 .

EPNS – Cenário 1 .

EPNS – Cenário 2 .

LOLF – Cenário 1 .

LOLF – Cenário 2 .

• Decréscimo acentuado nos valores dos confiabilidade das barras do painel de (aproximadamente 20% do cenário 1). obteve-se uma leve elevação nos valores dos índices de confiabilidade das barras de geração e produção do sistema.Comparações dos Cenários • No cenário 2. índices de emergência .

Conclusões Constatou-se que o sistema elétrico avaliado é seguro. . Provou-se estaticamente que as redundâncias do modo de operação de emergência são altamente eficazes.

com Telefone: (48) 9816-3349 .Contato E-mail: vitorcit@gmail.