Você está na página 1de 3

Laboratório Clínico ...

Setor: Bacteriologia Preparo de esfregaço para exame bacterioscópico (Gram)


Sub-setor: Parasitologia Indexação:

Preparo de esfregaço para exame bacterioscópico (Gram)

1. Indicação médica
Pesquisa e identificação presuntiva de microorganismos em diferentes espécimes biológicos, visando
a um diagnóstico provável e rápido de diferentes infecções bacterianas. Indiretamente, sem ser solicitado
pelo médico, é usado como parte dos procedimentos de identificação de germes isolados de culturas de
espécimes biológicos.

2. Princípio
Para o preparo de um bom esfregaço para exame bacterioscópico, partindo de material espesso ou não,
temos de seguir normas padronizadas para que os esfregaços sejam bem feitos. O Setor de Microbiologia,
depois de corar as lâminas, tem de observar uma grande extensão destas para conclusão do diagnóstico. Se o
esfregaço é mal feito, acumulando material na lâmina sem estendê-lo apropriadamente, isso resulta numa
superposição de células, muco, bactérias etc, impossibilitando a diferenciação de detalhes ou mesmo a
visualização dos elementos, o que torna difícil ou mesmo impossível o diagnóstico.

3. Equipamento
A confecção do esfregaço é feita manualmente.

4. Amostra
Espécimes biológicos diversos.

5. Material
• Lâminas de vidro novas.
• Swabs
• EPI

6. Procedimentos
1. Preparar todo o material, bem como a sala de coleta.
2. Chamar o paciente (nome completo).
3. Explicar o procedimento ao paciente.
4. Pedir ao paciente para conferir os dados de identificação no comprovante de coleta e assinar se estiver
de acordo.
5. Expor o local da colheita e examinar cuidadosamente o tipo de material a ser colhido. Usar foco de luz,
se necessário.
6. Usar os equipamentos de proteção individual padronizados.
7. Colocar o paciente em posição adequada para coleta.
8. Colher o material com um swab e com pequenos movimentos espirais, espalhar o material o máximo
possível, por toda a lâmina, até esgotá-lo (figuras A, B, C, D, E, F).
9. Descartar os materiais contaminados.
10. Informar ao paciente o término do procedimento.
11. Indicar-lhe a saída.

Distribuição: Versão 1.0


No. de Cópias: Página 1 de 2
LABConsult - Tecnologia e Informações para Laboratórios Clínicos - www.labconsult.com.br
Laboratório Clínico ...
Setor: Bacteriologia Preparo de esfregaço para exame bacterioscópico (Gram)
Sub-setor: Parasitologia Indexação:

12. Protocolar e encaminhar para o setor a amostra colhida.


13. Organizar a sala de coleta.
14. Registrar a coleta.

7. Formas de envio
Lâminas, em porta-lâminas devidamente identificadas.

8. Rejeição
• Material insuficiente.
• Material não identificado.

9. Notas adicionais
• A amostra deve ser colhida antes que o paciente receba algum tratamento geral ou local.
• O material deverá ser colhido de acordo com suas características; para tal deve-se usar swabs ou seringa
com agulha, lâmina de bisturi etc.
• A primeira porção de uma secreção, se abundante, deve ser desprezada e havendo uma crosta recobrindo
uma lesão, esta deve ser removida antes da coleta.
• Independentemente do pedido médico, deverá ser colhido material para exame a fresco.

10. Desenho esquemático

11. Referências
1. ISENBERG, H. D. Clinical Microbiology Procedures Handbook. 1ª Ed.,Washington, ASM, 1992.

Distribuição: Versão 1.0


No. de Cópias: Página 2 de 2
LABConsult - Tecnologia e Informações para Laboratórios Clínicos - www.labconsult.com.br
Laboratório Clínico ...
Setor: Bacteriologia Preparo de esfregaço para exame bacterioscópico (Gram)
Sub-setor: Parasitologia Indexação:

Atividade Nome Rubrica Data


Redigido por: Enfermeira Suely Paiva Dezembro/1998
Dra. Luisane Vieira – CRMMG 18860
Aprovado por: Dir.Tec.:
UGQ:
Revisto por:
Aprovado por: Dir. Tec.:
UGQ:
Revisto por:
Aprovado por: Dir.Tec.:
UGQ:
Substituído por:

Distribuição: Versão 1.0


No. de Cópias: Página 3 de 2
LABConsult - Tecnologia e Informações para Laboratórios Clínicos - www.labconsult.com.br

Você também pode gostar