Você está na página 1de 9
y GUIA PRATICO ,. DOS TOQUES INSTRUTOR OGA RAUL 2 P Quando falamos de curimba na Umbanda, estamos basicamente nos referindo ao espago, setor ou segmento da gira reservado para a execucio dos canticos e toques no atabaque, muitos consideram as pessoas que apenas cantam como curimbeiros, e os que tocam 0 atabaque de atabaqueiros, mas podemos classificar tudo como curimba. Esse guia sera todo focado nas questées explicativas sobre os toques usados na Umbanda, deixando os fundamentos dos canticos para outra ocasiao. Nossa Umbanda usufrui dos toques vindos das varias nagées africanas que aqui se instalaram na época da escravidao. A maioria dos toques entéo ganham o nome de suas nacées, podendo haver varia¢oes desses nomes, em relacao a cada regio do Brasil. Basicamente entdo, os toques usados na Umbanda sao Ijexa, Nag6, Marcacao, Congo, Angola e Barra Vento. ee 4 O Ijexa é um dos toque mais conhecidos da Umbanda, ¢ fora dela também, usado por muitos percussionistas e geralmente ouvido nos grupos de batuque ou percussao da Bahia, sendo © ritmo base dos Filhos de Gandhi. Calmo, simples e sereno, o Ijexd geralmente é usado para linha das aguas, como Iemanjé e Oxum, ¢ também casando muito com as energias da linha dos Pretos velhos. Consideramos 0 toque mais facil de aprendizado existente na curimba, por ser composto por apenas 4 batidas basicas. ONOMATOPEIA DO TOQUE Figura de linguagem usada para demonstrar 0 som que o toque emite, ajudando no aprendizado e memorizagio do mesmo. eae SEMPRE SE INICIANDO O TOQUE COM UMA BATIDA AGUDA AO MEIO ORDEM DAS MAOS Exemplificagio da sequéncia correta das maos ao executar 0 toque, sendo DIR a mao direta e ESQ a mao esquerda. A TA BATIDA At TUM BATIDA GRAVE NA BORDA* IDA AO MEIO* Um toque mais cadenciado, o Nag6 ganha esse nome devido a nagio Nag6, entre varias outras, que os negros pra cé vieram, sendo um povo que viveu que sudoeste da Nigéria, chamados também de Iorubis. ‘Toque muito usado nas varias linhas de Umbanda, considerado como genérico a todos, pela facilidade de variancia de intensidade que vocé consegue emitir a tocé-lo. © toque é um pouco mais robust, com maiores batidas, sendo 7 ao total, mas muito intuitivo e de uma sonoridade de facil aprendizagem e treino. ONOMATOPEIA DO TOQUE Figura de linguagem usada para demonstrar o som que o toque emite, ajudando no aprendizado e memorizacao do mesmo. eA “SEMPRE SE INICIANDO O TOQUE COM UMA BATIDA GRAVE NA BORDA! ORDEM DAS MAOS Exemplificagdo da sequéncia correta das maos ao executar o toque, sendo DIR a mao direta e ESQ a mio esquerda. WAS et TA BATIDA AGUDA AO MEIO* TUM BATIDA GRAVE NA BORDA* g - F MARCACAO Considerado um toque basico, a Marcaco se encaixa na maioria dos pontos cantados sem problemas. Composto por 8 batidas, parece ser complicado, mas é considerado de nivel médio para a aprendizagem, por ter uma sequéncia de maos que favorece a adaptagao ao toque e 0 tornando de facil “pegada’. ONOMATOPEIA DO TOQUE Figura de linguagem usada para demonstrar 0 som que o toque emite, ajudando no aprendizado e memorizacao do mesmo. CO a SEMPRE SE INICIANDO O TOQUE D0 COMECO, SEM BATIDA ADICIONAL ALGUMAY ORDEM DAS MAQS Exemplificagéo da sequéncia correta das maos ao executar 0 toque, sendo DIR a mao direta e ESQ a mao esquerda. DIR ESQ DIR / ESQ DIRESQDIRESO ; v/ TA BATIDA AGUDA AO MEIO* TUM BATIDA GRAVE NA BORDA* ; CONGO Intensidade é a caracteristica desse toque, muito usado para linhas de trabalho mais intensas e demandadas, como por exemplo, linhas dos baianos, caboclos e boiadeiros. Sua batida lembra muito a batida do funk carioca, se assemelhando também a varios ritmos do Brasil. Por causa da sua pegada mais forte, o Congo é 0 toque mais dificil até aqui mostrado para se dominar, mas nada que muito treino nao resolva. Suas batidas basicas nao sio muitas, sendo composto por 10 batidas. ONOMATOPEIA DO TOQUE Figura de linguagem usada para demonstrar 0 som que 0 toque emite, ajudando no aprendizado e memorizacao do mesmo. Se eA aa AU “SEMPRE SE INICIANDO O TOQUE COM UMA BATIDA GRAVE NA BORDA! ORDEM DAS MAOS Exemplificagao da sequéncia correta das maos ao executar 0 toque, sendo DIR a mao direta e ESQ a mao esquerda. EEA PAU ea TA BATIDA AGUDA AO MEIO* | | $) TUM BATIDA GRAVE NA BORDA* a p> =O ® BARRA VENTO Chegamos entao ao toque mais intenso da Umbanda, que geralmente é usado para pontos de descarrego, demanda, ou chegada de linhas de maior fluxo energético, como 60 caso dos extis, mas também para as linhas dos orixas Ians e Ogum. ‘anto os ogas, como os médiuns de corrente, sabem reconhecer de longe um Barra vento bem tocado, pois sua sonoridade é muito caracteristica. Em contra partida, é considerado por muitos, como 0 toque mais dificil de se dominar, nao pela sua quantidade de batidas, mas sim pela sua técnica especifica. ONOMATOPEIA DO TOQUE Figura de linguagem usada para demonstrar 0 som que o toque emite, ajudando no aprendizado e memorizagio do mesmo. TA TA TA / TUM TUM TUM SEMPRE SE INICIANDO O TOQUE COM UMA BATIOA GRAVE NA BORDA! ORDEM DAS MAOS Exemplificagéo da sequéncia correta das maos ao executar 0 toque, sendo DIR a mao direta e ESQ a mao esquerda. WA NT NTH TA BATIDA AGUDA AO MEIO* TUM BATIDA GRAVE NA BORDA* ~ UMBANDA DESIGNS?