Você está na página 1de 20

18-05-2010

Marketing Desportivo e Comportamentos Tribais

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING EPGEDRO
ESTÃO DO DESPORTO
DIONÍSIO
INDEGDirector Mestrado
– ISCTE-IUL
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Agenda

 Princípios do Marketing
Desportivo

 As emoções no desporto

 Adeptos e tribos

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

1
18-05-2010

As novas tribos

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Âmbito do Marketing Desportivo

Patrocinadores Anunciantes
Organizações prestadoras
de serviços de desporto

Desporto Desporto
espectáculo lazer

Patrocinadores Anunciantes

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

2
18-05-2010

Especificidades do Marketing
Desportivo
Necessidade de Concorrência

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Especificidades do Marketing
Desportivo
Incerteza quanto ao resultado

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

3
18-05-2010

Especificidades do Marketing
Desportivo
O produto essencial não depende dos
responsáveis de Marketing

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Especificidades do Marketing
Desportivo
Espontaneidade na actuação dos artistas

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

4
18-05-2010

Especificidades do Marketing
Desportivo
Participação dos Consumidores

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

As emoções no Desporto
Qual é a marca nacional que é capaz de nos
fazer chorar desta forma?

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

5
18-05-2010

As emoções no Desporto
Qual é a marca nacional que é capaz de nos
fazer vibrar desta forma?

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

As emoções no Desporto
Qual é a marca nacional que é capaz de nos
envolver desta forma?

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

6
18-05-2010

Marketing Desportivo
Um marketing de emoções

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Marketing Desportivo
Focalização
De simpatizantes a fãs de Curto
Prazo
CONSUMIDORES DE PRODUTOS E SERVIÇOS DESPORTIVOS
Elevado envolvimento

+
+
Sócios “Fãs”

Sócios
“Regulares”

Espectadores
regulares
Reduzido envolvimento

Espectadores
Envolvimento

ocasionais

- Simpatizantes

Reduzida participação Elevada participação


Focalização - +
de LONGO Participação
Prazo
PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

7
18-05-2010

Quem rivaliza com o desporto em


capacidade de atracção?

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Adeptos e Tribos desportivas

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

8
18-05-2010

Adeptos e Tribos desportivas


Impacto nos mercados
De um mercado de segmentos Para um mercado de tribos de
de consumidores-tipo apaixonados

o Consumidor o Coleccionadores
o Cliente o Adeptos
o Utilizador o Experts
o Comprador o Frequentadores
o ... o ...

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Adeptos e Tribos desportivas


A importância do link social
“Le lien importe plus que le bien”

Cova
tribo paixão

autenticidade apropriação

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

9
18-05-2010

Adeptos e Tribos desportivas


O conceito de neo-tribo
As tribos utilizam símbolos com os
quais os membros se identificam:

— momentos,
— locais,
— cultos,
— rituais
— um imaginário colectivo

Diferem dos grupos de referência ou dos segmentos psicográficos

É o simbolismo que cria o universo para a tribo e não são


funcionalidades do produto ou serviço

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Adeptos e Tribos desportivas


Momentos, locais e rituais

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

10
18-05-2010

Adeptos e Tribos desportivas


Os grandes momentos de culto

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Adeptos e Tribos desportivas


Tribalismo – as noções fundamentais

— Paixão — Compromisso

— Culto — Rituais
— Simbolismo
PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

11
18-05-2010

Adeptos e Tribos desportivas


Os tipos de tribos

Uma marca comercial - um estilo de vida

Uma actividade

Um clube, uma associação, um ídolo, uma


modalidade

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Adeptos e Tribos desportivas


A tribo dos patins em linha em França
— Friday Night Fever

— Paris – Place d’Italie – todas as 6ª feiras

— 3.000 a 5.000 patinadores percorrem a cidade


semanalmente

— Também em Bordéus, Lyon, Marselha, Rennes


e Estrasburgo

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

12
18-05-2010

Adeptos e Tribos
Imaginário
desportivas
A relação com a
tribo Simpatizantes
Vários milhões

Membros Lugares
- Adeptos
Reuniões Participantes - Devotos
18.000

28.000

2 milhões
Praticantes

PEDRO DIONÍSIO
Dia – a – dia Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DOBernard
DESPORTO - INDEG
Cova – ISCTE-IUL
e Veronique Cova

Adeptos e Tribos desportivas


Imaginário
Invisibilidade da tribo
O trevo tribal
Evidência física
da tribo

Reuniões Lugares

Dia – a – dia
PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO Bernard
DESPORTOCova
- INDEG – ISCTE-IUL
e Veronique Cova

13
18-05-2010

O estudo das tribos

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

O estudo das tribos

Estudo qualitativo e quantitativo dos Praticantes


e Simpatizantes de Surf

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

14
18-05-2010

Surf

 Existe uma tribo de surfistas (culto, valores, rituais,


símbolos...)
 Existe um grupo aspiracional de simpatizantes que se
identifica com a imagem e o estilo do universo surfista

 O elo de ligação que os simpatizantes mantêm com a tribo é a


utilização de roupas e acessórios de marcas de surf

 Os surfistas NÃO querem ser confundidos com os simpatizantes,


pelo que não gostam de usar marcas e modelos demasiado
comerciais

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Surf
 Os surfistas distinguem entre marcas
que apoiam (financiam) as
competições

 e as OUTRAS que apenas utilizam motivos


surfistas na sua comunicação

 Os simpatizantes agem de forma contrária

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

15
18-05-2010

Surf As marcas
A roupa das marcas de equipamentos de surf está cada
vez mais fashion

 As marcas de surf correm o risco de perder a verdadeira


tribo quando pretendem chegar aos aspiracionais
 O que fazer?
 Política contínua de apoio ao surf
 Desenvolvimento de gamas diferenciadas e de canais de
distribuição diferenciados
 Apoio na transformação de simpatizantes em surfistas, para
garantir fidelização
 Aposta em linhas que acompanham a moda (feminina,
sobretudo)

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

A estratégia das marcas face às tribos

Uma estratégia de marketing tribal enfatiza o valor de ligação do produto ou


marca – põe-se ao serviço dos membros da tribo
Esta comunidade não é uma comunidade da marca mas uma
comunidade servida pela marca

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

16
18-05-2010

Estratégias de marca para aproximação das tribos


— Definir os públicos-alvo
— Aproximar a comunicação desses públicos
— Alinhar a activação dos patrocínios com os
interesses desses públicos
— Conceber eventos e ocasiões de contacto
com esses públicos
— Reforçar mensagem de legitimidade de
apoio à tribo
— Disponibilizar-se para servir a tribo e não
para servir-se dela
— Estimular feedback dos públicos
fomentando Comunicação interactiva

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

As marcas comerciais ao serviço da tribo

— Informação pertinente

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

17
18-05-2010

As marcas comerciais ao serviço da tribo

— Animação na captação de fãs

— Animação no divertimento associado ao desporto

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

As marcas comerciais ao serviço da tribo

Caixa e Automobilismo:
— Associação de valores entre a
marca e a tribo

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

18
18-05-2010

As marcas comerciais ao serviço da tribo

Lacoste - um exemplo de
actuação integrada

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Call it a clan, call it a network,


call it a tribe, call it a family:
Whatever you call it, whoever
you are, you need one.
Jane Howard
Escritora inglesa

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

19
18-05-2010

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

Acompanhe a Comunidade online

Gestão e Marketing do Desporto

http://gestao-desportiva.blogspot.com/

PEDRO DIONÍSIO
Director Mestrado
MARKETING E GESTÃO DO DESPORTO - INDEG – ISCTE-IUL

20

Você também pode gostar