Salmo 103

Por
Ildo Mello

Salmo 103
1. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o
que há em mim bendiga ao seu santo nome.
2. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te
esqueças de nem um só de seus benefícios.
3. Ele é quem perdoa todas as tuas iniquidades;
quem sara todas as tuas enfermidades;
4. quem da cova redime a tua vida e te coroa de
graça e misericórdia;
5. quem farta de bens a tua velhice, de sorte que
a tua mocidade se renova como a da águia.

Salmo 103
6. O SENHOR faz justiça e julga a todos os oprimidos.
7. Manifestou os seus caminhos a Moisés e os seus
feitos aos filhos de Israel.
8. O SENHOR é misericordioso e compassivo;
longânimo e assaz benigno.
9. Não repreende perpetuamente, nem conser va para
sempre a sua ira.
10.Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos
retribui consoante as nossas iniquidades.
11. Pois quanto o céu se alteia acima da terra, assim é
grande a sua misericórdia para com os que o
temem.

Salmo 103
12.Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim
afasta de nós as nossas transgressões.
13. Como um pai se compadece de seus filhos, assim
o SENHOR se compadece dos que o temem.
14. Pois ele conhece a nossa estrutura e sabe que
somos pó.
15. Quanto ao homem, os seus dias são como a
relva; como a flor do campo, assim ele floresce;
16. pois, soprando nela o vento, desaparece; e não
conhecerá, daí em diante, o seu lugar.

Salmo 103
17. Mas a misericórdia do SENHOR é de eternidade a eternidade,
sobre os que o temem, e a sua justiça, sobre os filhos dos filhos,
18. para com os que guardam a sua aliança e para com os que se
lembram dos seus preceitos e os cumprem.
19. Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono, e o seu reino
domina sobre tudo.
20. Bendizei ao SENHOR, todos os seus anjos, valorosos em poder,
que executais as suas ordens e lhe obedeceis à palavra.
21. Bendizei ao SENHOR, todos os seus exércitos, vós, ministros
seus, que fazeis a sua vontade.
22.Bendizei ao SENHOR, vós, todas as suas obras, em todos os
lugares do seu domínio.
23. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR.

Bendizei ao Senhor!
Exortando a si mesmo (v. 1-2)
Motivos
pessoais (v. 3-5)
como povo de Deus (v. 6-18)
Universais (v. 19)
Exortação Universal (v. 20-22)

Exortando a si mesmo (1-2)
Bendiga ao Senhor a minha alma!
Bendiga ao Senhor todo o meu ser!
Não esqueça de nenhuma de suas
bênçãos!
Pois é fácil reclamar da vida
Não importa quão difícil seja a jornada de sua
vida, você pode sempre contar com a bênção e
socorro de deus.

Motivos Pessoais (v.3)
É ele que perdoa todos os seus pecados
“Feliz aquele cujas maldades Deus perdoa e cujos pecados
ele apaga!” (Sl 32.1)
“Novamente, terás compaixão de nós; acabarás com as
nossas maldades e jogarás os nossos pecados no fundo do
mar.” (Mq 7.19)

cura todas as suas doenças
relação das enfermidades com o pecado (1Co 11.30).
Dos dez leprosos curados por Jesus, apenas um regressou
para agradecê-lo (Lc 17.15-18).

Motivos Pessoais (4-5)
resgata a sua vida da sepultura
o salmista esteve à beira da morte por
conta de uma grave enfermidade.
coroa de bondade e compaixão,
enche de bens a sua existência,

Motivos Pessoais (v.5)
de modo que a sua juventude se renova como a águia
“Ele fortalece ao cansado e dá grande vigor ao que está sem
forças. Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços
tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam
as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam
exaustos, andam e não se cansam” (Isaías 40:29-31).
No batismo somos restaurados ao estado de santidade que Adão
tinha antes de pecar. Como a águia, que renova a sua plumagem,
através da graça do batismo nós nos vestimos de santidade e
justiça. E temos tal pureza renovada sempre que confessamos
os nossos pecados (1 Jo 1.9) e temos os nossos pés sempre
lavados por Cristo antes de participamos da Ceia do Senhor (Jo
13.5) para que dela possamos participar com dignidade.

Motivos como povo de Deus
(6-7)
A boa mão de Deus na história do povo
O Senhor faz justiça
defende a causa dos oprimidos.
Manifestou
os seus caminhos a Moisés,
seus feitos aos israelitas.

Motivos como Povo de Deus
Um Pai Compassivo e misericordioso
Com relação aos nossos pecados (v. 8-11)
Por conta da nossa finitude e fragilidade
(v. 13-18)

Motivos como povo de Deus
Com respeito aos nossos pecados
(v. 8-11)
O Senhor é compassivo e misericordioso,
mui paciente
Não acusa sem cessar nem fica ressentido
para sempre;

Motivos como povo de Deus
Não nos trata conforme os nossos pecados
“Mas, depois de tudo o que aconteceu como castigo
pelas nossas maldades e pelas nossas grandes culpas,
nós sabemos que tu, ó Deus, nos castigaste menos do
que merecíamos e nos deixaste com vida.” (Es 9.13).
Como o Oriente está longe do Ocidente, assim ele
afasta para longe de nós as nossas transgressões.
Não precisamos mais remoer o passado, porque Deus
perdoa e esquece.
Devemos perdoar como ele nos perdoou.

Motivos como povo de Deus
Por conta da nossa finitude e fragilidade

(v. 13-18)

Como um pai tem compaixão de seus filhos;
Infelizmente, nem todos tem pais amorosos. Se esse for o
seu caso, Deus se oferece a você para ser o pai terno e
compassivo que você nunca teve.
Como o Pai do Filho Pródigo (Lc 15).
“Quando Israel era criança, eu já o amava e chamei o meu
filho, que estava na terra do Egito... fui eu que ensinei o meu
povo a andar; eu os segurei nos meus braços...” (Os 1.1 e 3)

Motivos como povo de Deus
grande é o seu amor
como os céus se elevam acima da terra
“... compreender a largura, o comprimento, a
altura e a profundidade, e conhecer o amor de
Cristo que excede todo conhecimento, para que
vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus.”
(Ef 3.18)
o amor leal do Senhor está com os que se
lembram de obedecer aos seus preceitos.

Motivos Universais
(v. 19)
O Senhor estabeleceu o seu trono nos céus,
e como rei domina sobre tudo o que existe.

Exortação Universal
(v. 20-22)
Bendigam ao Senhor…
vocês, seus anjos poderosos, que obedecem à sua palavra.
todos os seus exércitos,
seus ser vos, que cumprem a sua vontade.
todas as suas obras em todos os lugares do seu domínio.
a minha alma!

O que significa louvar
a Deus?
Significa lembrar-se de tudo o que Deus fez
por você (v. 2).
Estar arrependido e disposto a obedecer e a
agradar a Deus (v. 17-21).

Você tem sido grato(a) a Deus?
Você tem louvado a Deus com a sua vida?

Quando você se sentir
como se não tivesse motivos
para louvar a Deus,
leia o Salmo 103.

Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
–Bispo Ildo Mello

https://youtu.be/0YFLW8_1xsg

Vídeo desta Mensagem

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful