Você está na página 1de 1

IPEA: cada R$ 1 gasto com Bolsa Famlia

adiciona R$ 1,78 ao PIB


Valor.com.br 2013

O Bolsa Famlia tem um dos menores custos entre os chamados


programas de transferncias sociais, mas o que tem o maior efeito
multiplicador sobre a economia, de acordo com dados apresentados nesta terafeira, 15, pelo Instituto de Pesquisa Econmica Aplicada (Ipea), durante balano
dos dez anos da iniciativa.
Para o ministro da Secretaria de Assuntos Estratgicos (SAE) e
presidente do Ipea, Marcelo Neri, um dos principais atributos do programa seu
bom custo-benefcio. Os gastos com o Bolsa Famlia representam apenas 0,4%
do Produto Interno Bruto (PIB), mas cada R$ 1 gasto com o programa gira R$
2,4 no consumo das famlias e adiciona R$ 1,78 no PIB.
Para efeito de comparao, em outro programa de transferncia, o
Benefcio de Prestao Continuada (BPC) gasto 0,6% do PIB, com gerao de
R$ 1,54 em consumo e R$ 1,19 no PIB. O seguro-desemprego, cujos gastos
alcanam tambm 0,6% do PIB, rende R$ 1,34 em consumo e R$ 1,09 no PIB.
[... Sobre programas similares em outros lugares] Neri frisou, ainda, que
o valor gasto em percentual do PIB com o programa bastante inferior ao
despendido por pases da Europa e pelos Estados Unidos este ltimo, de
acordo com o Ipea, transferiu 2% do PIB no ano passado (US$ 315 bilhes) para
programas chamados focalizados.