Você está na página 1de 5

AULA FUNÇÕES QUÍMICAS: ÁCIDOS, BASES, ÓXIDOS E SAIS - Prof° Maura Eduarda - 9° ano 1

caixapretadaciencia.wordpress.com
O Vinagre contém um ácido: o ácido acético. O iogurte contém outro ácido: o ácido láctico. O leite de
magnésia contém uma base: o hidróxido de magnésia. O ácido acético possui propriedades semelhantes ás de
diversos outros ácidos, e o hidróxido de magnésia possui propriedades semelhantes ás de outras bases.

Um grupo de substâncias com propriedades químicas semelhantes é chamado de FUNÇÃO QUÍMICA.

OS ÁCIDOS

O limão têm sabor azedo. O iogurte. O iogurte natural também. Essa é uma propriedade dos ácidos. Mas
atenção: para saber se uma substância é ácida nunca se deve prová-la. Ao invés de prová-las os químicos
identificam por meio das suas propriedades químicas.

Os ácidos possuem outras propriedades além do sabor azedo. Muitas podem ser explicadas por uma
característica da molécula que constitui os ácidos: quando estão dissolvidos em água, os ácidos formam um tipo de
íon – o H+ , chamado íon Hidrogênio. Esse íon de carga positiva (cátion) é o átomo de hidrogênio sem o elétron.
Veja como podemos representar o que acontece em uma solução aquosa de ácido clorídrico.

HCl H+ + Cl -
Essa representação mostra que o ácido clorídrico ( HCl ) forma o íon positivo (cátion) H+ e o íon negativo
cloreto (Cl -). Dizemos então que os ácidos se “ionizam” formando íons, em solução aquosa.

Agora veja: o íon negativo varia de um ácido para o outro, mas todo ácido forma o íon H+ em água, por isso
têm propriedades semelhantes. Observe a ionização de outros ácidos:

HBr H+ + Br-
HNO3 H+ + NO3-
Se estiverem dissolvidos em água, os ácidos são capazes de conduzir a corrente elétrica. Isso acontece porque
para que, pra que a corrente elétrica passe por uma solução aquosa, é preciso que haja cargas elétricas na solução.
E como acabamos de ver são esses íons que conduzem a corrente elétrica.

Medindo a acidez de uma solução

Os ácidos podem ser identificados por sua capacidade de mudar de cor com certas substâncias – denominadas
indicadores. Elas indicam se uma solução é ácida ou básica. Uma substância chamada fenolfetaleína, por exemplo,
fica incolor em soluções ácidas e vermelhas em soluções básicas. Outro indicador é o papel tornassol (substância
extraída de certos liquens), que muda de azul para vermelho (ou rosa) em contato com um ácido.

Quanto mais forte um ácido, mais íons H+ ele forma em solução aquosa, mais ácida fica a solução e mais
intensa se torna a cor vermelha de um papel de tornassol. Em química a acidez de uma solução pode ser medida
pelo seu pH. Essa sigla significa “potencial hidrogeniônico” e da uma idéia da concentração de íons de hidrogênio
na solução. É uma escala que vai de 0 – 14. As soluções neutras têm pH 7. As soluções ácidas têm pH menor que 7.

Dando nome aos ácidos


AULA FUNÇÕES QUÍMICAS: ÁCIDOS, BASES, ÓXIDOS E SAIS - Prof° Maura Eduarda - 9° ano 2
caixapretadaciencia.wordpress.com
Os ácidos que possuem átomo de hidrogênio em sua molécula além de outros elementos, são chamados de
oxiácidos. Os ácidos que não têm oxigênio na sua molécula são chamados de hidrácidos.

Para ácidos não oxigenados usamos a terminação –ÍDRICO

HF Ácido Fluorídrico
HCll Ácido clorídrico
HBr Ácido bromídrico
HI Ácido iodídrico
H2S Ácido sulfídrico

Para ácidos oxigenados usamos a terminação –ICO.

H3PO4 Ácido fosfórico


HNO3 Ácido nítrico
H2SO4 Ácido Sulfúrico
HNO3 Ácido Nítrico

AS BASES

O Hidróxido de Magnésio (Mg(OH)2), conhecido como leite de Magnésia é usada por algumas pessoas para
neutralizar o excesso de acidez no estômago. O leite de magnésia têm sabor adstringente, quer dizer ele “prende”
a língua, como acontece quando se come banana verde. Essa é uma característica das bases.

Veja abaixo a fórmula de algumas bases:

Hidróxido de Sódio – NaOH ou Na+ OH-

Hidróxido de Cálcio – Ca(OH)2 ou Ca2+ OH-


Em todas essas bases há um íon negativo (ânion), o OH-, chamado íon hidroxila, preso a um íon positivo que
varia de uma base para outra. Por isso essas são chamadas de hidróxidos.

Quando uma base é dissolvido em água, o íon negativo, a hidroxila, se separa de íon positivo.

Ca(OH)2 Ca2+ + OH-


Quanto mais forte uma base, mais íons OH- ela forma em solução aquosa. Na escala do pH as soluções básicas
possuem ph entre 7-14.

Os indicadores para soluções ácidas são o papel tornassol e a fenolfetaleína, os mesmo dos ácidos. Quando a
fenolfeltaleína é mistura da uma base adquire um coloração rosada. Já o papel tornassol mantém sua cor azul em
presença de soluções básicas.

Resumindo, as propriedades das bases:

 Têm sabor adstringente, isto é, produzem certa constrição na língua e nas mucosas da boca, como ocorre
com o caju, e algumas frutas verdes;
 Podem ser altamente corrosivas;
AULA FUNÇÕES QUÍMICAS: ÁCIDOS, BASES, ÓXIDOS E SAIS - Prof° Maura Eduarda - 9° ano 3
caixapretadaciencia.wordpress.com
 Conduzem bem a eletricidade quando em solução;
 Reagem com os ácidos sendo por eles neutralizados, formando sais e água.

Nomenclatura das bases

Para dar nome a uma base, primeiro se escreve a palavra hidróxido; depois o nome do cátion antecedido da
preposição de. Veja esses exemplos:

KOH Hidróxido de Sódio


NaOH Hidróxido de Sódio
AgOH Hidróxido de prata
All(OH)3 Hidróxido de alumínio
Alguns elementos químicos formam mais de um hidróxido. Nesse caso, basta verificar a carga do cátion e
acrescentar o respectivo numeral (em romano) ao nome do hidróxido. Exemplos:

 Fe(OH)2 – Hidróxido de ferro II, já que a carga do ferro é +2;


 Fe(OH)3 – hidróxido de ferro III, já que a carga do ferro é mais +3;
 CuOH – Hidróxido de cobre I, já que a carga do cobre é +1;
 Cu(OH)2 – hidróxido de cobre II, já que a carga do cobre é +2;

SAIS

A palavra sal geralmente lembra o sal de cozinha, quimicamente chamado de cloreto de sódio (NaCl).

Um sal pode ser obtido em laboratório pela reação química entre soluções aquosas de um ácido e uma base.
Nessa reação forma-se também água. Essa reação em que é produzido um sal chama-se Reação de Neutralização.
O esqueleto de uma reação de neutralização pode ser feita da seguinte maneira.

Ácido + Base Sal + Água


Veja os exemplos abaixo:

HCl + NaOH NaCl + H2O


1 Ácido Hidróxido Cloreto de Água
clorídrico de Sódio Sódio

H2SO4 + Ca(OH)2 CaSO4 + H2O


2 Ácido Hidróxido Sulfato de Água
Sulfúrico de Sódio Cálcio

Note nas reações acima que o íon H+ e o íon OH- se juntaram para formar a molécula de água. Na reação 1 o
ânion Cl – se juntou ao íon Na+ formando o Cloreto de Sódio (lembrando que na fórmula o íon positivo sempre deve
ser colocado antes do negativo (Na+Cl –). Já na reação 2, o íon So42- se uniu ao íon Ca2+ formando o sal Sulfato de
Cálcio.

Como os ácidos e as bases, os sais também permitem a condução da corrente elétrica em solução aquosa.
Cada grão de sal de cozinha (cloreto de sódio), por exemplo, é um aglomerado de milhões de íons Na+ Cl –. Quando
AULA FUNÇÕES QUÍMICAS: ÁCIDOS, BASES, ÓXIDOS E SAIS - Prof° Maura Eduarda - 9° ano 4
caixapretadaciencia.wordpress.com
esse tipo de sal é dissolvido em água, ocorre a dissociação dos íons Na+ e Cl –, que possibilita a condução da
corrente elétrica. Exemplo:

NaCl Na+ + Cl –

Resumindo, Os sais apresentam as seguintes propriedades:

 Têm sabor salgado;


 Quando em solução aquosa, são bons condutores de corrente elétrica;
 São obtidos, juntamente com a água, em reações químicas, entre ácidos e bases, ou seja, a reação de
neutralização.

ÓXIDOS

Os óxidos podem ser definidos como compostos binários, isto é, substâncias formadas pela combinação de
dois elementos químicos. Um dele sempre é o Oxigênio. O critério de classificação baseia-se no comportamento
químico dessas substâncias.

Há óxidos que reagem e óxidos que não reagem com a água. Os óxidos ácidos podem reagir com a água
formando ácidos. É o caso do dióxido de carbono e do trióxido de enxofre:

CO2 + H2O H2CO3


Dióxido de Àgua Ácido
carbono Carbônico

SO2 + H2O H2SO4


Dióxido de Àgua Ácido
enxofre Sulfúrico

Os óxidos básicos podem reagir com a água formando bases. É o caso do óxido de magnésio e do óxido de
cálcio:

MgO + H2O Mg(OH)2


Òxido de Àgua Hidróxido de
magnésio Magnésio

CaO + H2O Ca(OH)2


Òxido de Àgua Hidróxido de
Cálcio Cálcio

Nomenclatura dos óxidos

A nomenclatura dos óxidos dependem da nomenclatura que apresentam. Para os óxidos iônicos (em que o
oxigênio está ligado a um elemento metálico, como o potássio), o nome é escrito da seguinte forma:

Óxido de + nome do cátion

Veja os exemplos abaixo:

 K2O : óxido de Potássio;


AULA FUNÇÕES QUÍMICAS: ÁCIDOS, BASES, ÓXIDOS E SAIS - Prof° Maura Eduarda - 9° ano 5
caixapretadaciencia.wordpress.com
 BaO: Óxido de Bário;
 CaO: óxido de Cálcio;

Quando os óxidos são derivados de cátions que podem apresentar múltiplas valências, indica-se em algarismo
romano a valência do metal. Exemplos:
 FeO : óxido de ferro II;
 Fe2O3: óxido de ferro III;
 Cu2O: óxido de cobre I;
 CuO: óxido de cobre II.

No caso dos óxidos moleculares (em que o oxigênio está ligado a um elemento não metálico como o carbono),
o nome é escrito assim:
Prefixo + óxido de + prefixo + nome do elemento componente do óxido diferente do oxigênio
Os prefixos indicam o número de átomos de oxigênio e do outro elemento que compõem o óxido. São
utilizados os prefixos mono (1), di (2), tri (3), e assim por diante. No caso do prefixo mono, sua colocação diante do
nome do elemento do oxigênio não é obrigatória. Exemplos:

 CO: monóxido de carbono;


 CO2: Dióxido de carbono;
 SO2: Dióxido de enxofre;
 SO3: trióxido de enxofre;
 Cl2O3: trióxido de Dicloro;
 N2O: monóxido de dinitrogênio.