Você está na página 1de 1

A II GUERRA MUNDIAL

O conflito militar teve o seu início na Europa no dia 1 de Setembro de


1939. Teve como palcos principais: a Europa, África, Ásia, Médio
Oriente, Oceano Atlântico e Pacífico.
Foi despoletado pela invasão da Polónia pelas forças militares da
Alemanha Nazi o que levou, quer a França quer a Inglaterra, a
declarar guerra a Alemanha e aos seus aliados. A Itália, na Europa, e
o Japão, na Ásia, teve o seu fim com a rendição das forças do eixo
acima descritas no dia 2 de Setembro de 1945.
Os seus efeitos foram devastadores em vidas humanas, cerca de 100
milhões de soldados foram envolvidos no conflito dos quais cerca de
70 milhões perderam a vida mais cerca de 60 milhões de civis que
pereceram no conflito.
O desenvolvimento tecnológico foi uma das consequências do conflito
com a criação de armas mais modernas e o desenvolvimento nuclear,
que teve o seu momento mais marcante: o lançamento por parte dos
Estados Unidos de 2 bombas nucleares sobre o Japão, a primeira
sobre Hiroshima e a segunda sobre Nagasaki o que levou a rendição
total do Japão.
A grande maioria das baixas civis aconteceu nos campos de
concentração nazis que foram criados para exterminar todas as raças
e etnias diferentes da raça ariana a raça suprema, assim definida por
o líder do Reich Adolf Hitler.
Houve alteração dos territórios na Europa dado que a Alemanha foi
dividida em quatro zonas de influência, o Oriente influencia a União
Soviética, o Ocidente influencia a Inglaterra. A França e os Estados
Unidos dividiram o país.
Também o Japão perdeu as suas províncias da Coreia e da Manchúria
e a Itália perdeu todas as suas colónias.
No plano político as consequências foram o esmagamento do
imperialismo alemão, italiano e japonês e também o enfraquecimento
do imperialismo inglês e francês dado que as colónias destes dois
países especialmente em África aproveitaram o conflito para lutar
pela auto-determinação.
A ascensão dos Estados Unidos, a maior potência mundial e da União
Soviética, como potência dominadora na Europa oriental também
teve como consequência a deflagração da guerra fria entre estas
duas potências.
Foi também consequência da 2ª Guerra Mundial, a criação da ONU
(Organização das Nações Unidas) cujo fim principal foi promover a
paz e a cooperação entre todas as nações do mundo.