Você está na página 1de 11

COMUNIDADE, SOCIEDADE

E CIDADANIA

Sociologia
COMUNIDADE = SOCIEDADE= AGRUPAMENTOS HUMANOS

COMUNIDADE
O grupo social é unido por laços afetivos, mantidos por uma proximidade física
entre as pessoas que permitem vínculos significativos e um forte sentimento de
solidariedade, e tem nos contatos sociais um caráter primário.

4 características da comunidade:

•Nitidez: limites territoriais ;


•Pequenez: referente ao tamanho (aldeia ou conjunto de aldeias);
•Homogeneidade: as atividades sociais são parecidas entre si, de acordo com
sexo, a idade dos membros do grupo;
•Relações pessoais: vínculos sociais diretos, de caráter afetivo ou emocional.
Contatos sociais primários.
RESISTÊNCIA DA COMUNIDADE

• Influências da industrialização e crescimento urbano da vida em comunidade:


• Perda do poder de integração;
• A união dos grupos se dá mais pela necessidade imposta socialmente e não por
coesão - interesses comuns;
• Enfraquecimento da instituição familiar
• Mobilidade geográfica e ocupacional
• Mobilidade de classes sociais
• Afastamento da cultura local
• Convivência com pequenos grupos – famílias e vizinhos

Desaparecimento gradativo das formas de comunicação tradicionais e de modo


de vida comunitária = novas formas de relacionamento, novas associações e
outros tipos de organizações sociais
INTERNET E AS COMUNIDADES VIRTUAIS

Mudança no conceito de comunidade: Microgupos cujos membros têm como


objetivo estar juntos:

• Tribos urbanas;
• Gangues de periferia;
• Grupos formados por contatos virtuais= comunidades virtuais.

Características das comunidades virtuais :


• A comunicação é eletrônica;
• As primeiras interações são por interesse comum, previamente determinados;
• O contato social não é prioridade.

Ciberespaço promove a junção entre a informática e novas formas de


sociabilidade.
Cibercultura é um fenômeno recente, que tem como base a comunicação
espontânea, sem saber quem é o outro e ainda não tem regras definidas
SOCIEDADE
Refere-se à totalidade das relações sociais entre os indivíduos. É uma associação
humana caracterizada por relações baseadas em convenções e não por laços
afetivos.
Sociedade Comunitária – comunidades camponesas; aldeias; tribos.

Sociedade societária – sociedades modernas

Metrópoles contemporâneas= sociedades societárias


•As relações de sociedade são típicas de grupos que vivem vida urbana
desenvolvida;
• Ampla proliferação de papéis;
• Organizam-se em Estados-nação;
• Possuem uma complexa divisão do trabalho social;
•Relações estão baseadas em interesses – relações instrumentais;
•Indivíduos possuem variados status;
•Os papéis dos indivíduos, em princípio, não possuem ligação entre si.

Os interesses diversos e divergentes geram conflitos e acarretam enfraquecimento


da tradição.
Cultura do individualismo

O tipo de vida é baseada nas relações sociais acentuadamente indiretas; são os


chamados singles.

•Auto-isolamento
•Opção de vida;
•Formação educacional elevada,
•Em geral bem sucedidos na carreira profissional;
•Ganham bem;
•Solteiros;
•Comuns nas metrópoles;
•Moram sozinhos.
CIDADANIA
Tendência da sociedade societária é desagregar valores cultivados de solidariedade
e igualdade de oportunidades.

Oposição a essa característica:

•Fortalecimento da democracia das sociedades pós-insdustriais;


•Respeito aos direitos humanos;
•Igualdade perante a Lei;
•Pluralidade de partidos políticos;
•Voto livre e universal;
•Alternância de poder.
Origem do conceito de cidadania

•Grécia: Nas pólis os cidadãos , através da democracia direta ,


participavam das decisões do Estado;
•Idade Média: Não havia cidadãos;
•Revoluções do Século XVIII ( Francesa e Americana) retomaram a
discussão.

Como termo político cidadania significa exercer os seus direitos ,


compromisso ativo, participação política e responsabilidade, na
sociedade e no pais.

Sociedade democrática : Composta pelo Estado (três poderes –


Executivo, Legislativo e Judiciário)

Sociedade Civil: Composta por organizações privadas e sem fins


lucrativos (OAB, ABI, CNBB, ONGs, UNE).
Minorias
Em sociologia não se refere à quantidade, mas à condição existencial:
preconceito, exclusão, negação de indivíduos ou grupos.
Globalização provoca massificação, homogeneização e padronização
cultural.
Exclusão social

Minorias: Organização social que busca, através da mobilização, a


igualdade de direitos.
•Étnicas;
• religiosas;
• sexuais;
• políticas ;
•regionais;.

Minoria majoritária: quando a minoria é maioria. (Apartheid na África


do Sul: 90% de negros oprimidos por 10% de brancos)
Democracia representativa: que se baseia na maioria.
Democracia participativa: as minorias excluídas têm participação mais
efetiva.