P. 1
PERT_CPM

PERT_CPM

|Views: 6.247|Likes:
Publicado porVanderlei Junior

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Vanderlei Junior on May 28, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/13/2013

pdf

text

original

Em alguns projetos, algumas atividades são flexíveis em relação ao seu
início e término; outras não são, sendo que algum atraso em qualquer delas
acarretará atraso do projeto.

As atividades inflexíveis são denominadas críticas, e a cadeia que elas
formam denomina-se caminho crítico do projeto.

O caminho crítico é a seqüência de atividades de maior duração do
projeto. Há sempre pelo menos um caminho crítico em cada projeto, podendo haver
vários. Pode ser definido como:

Caminho crítico é aquele no qual as atividades não tem folga para iniciar nem para

terminar.

É muito importante manter uma vigilância sobre as atividades críticas,
uma vez que, qualquer atraso nas mesmas originará um atraso em todo o projeto.

Assim mesmo, não se deve deixar de controlar as atividades não-críticas
porque apesar de terem folgas, têm seus limites tanto para começar como para
terminar. Se passarmos deste limite, as mesmas tornar-se-ão críticas. Por esta razão é
conveniente calcular as magnitudes destas folgas de tempo.

Uma maneira de apurar as folgas das atividades é utilizar-se das datas de

realização das atividades:

Gerenciamento de Projetos

34

Primeira Data de Início - é a data em que a atividade pode ser iniciada caso as
atividades antecessoras foram iniciadas na primeira oportunidade e completadas
nas durações estimadas. Ou seja:

PDI i j C i

( , ) ( )

=

Última Data de Início - é a data-limite de início de uma atividade para que o projeto
não sofra atrasos. Ou seja:

UDI i j T j D i j

( , ) ( ) ( , )

=

Primeira Data de Término - é a data de término considerando que a atividade inicie
na PDI i j

( , ) e tenha sua duração estimada obedecida. Ou seja:

PDT i j C i D i j

( , ) ( ) ( , )

=

+

Última Data de Término - é o prazo-limite de término de uma atividade, sob pena de
atrasar o projeto. Ou seja:

UDT i j T j

( , ) ( )

=

A Folga Total de uma atividade ( , )

i j pode ser então determinada pelas relações:

[

]

FT i j UDT i j PDT i j T j C i D i j

( , ) ( , ) ( , ) ( ) ( ) ( , )

=

=

+

ou

[

]

FT i j UDI i j PDI i j T j D i j C i

( , ) ( , ) ( , ) ( ) ( , ) ( )

=

=

Ou seja, a folga de uma atividade consiste na diferença entre o tempo
máximo disponível para executar a atividade e sua duração estimada:

[

]

FT i j T j C i D i j

( , ) ( ) ( ) ( , )

=

Fazendo-se variar o intervalo no qual a atividade deve ser realizada,
outras folgas, com menor interesse prático, podem ser calculadas, conforme é
mostrado na figura abaixo:

Gerenciamento de Projetos

35

Folga Livre

[

]

FL i j C j C i D i j

( , ) ( ) ( ) ( , )

=

Folga Dependente

[

]

FD i j T j T i D i j

( , ) ( ) ( ) ( , )

=

Folga Independente

[

]

FI i j C j T i D i j

( , ) ( ) ( ) ( , )

=

C(i)

T(i)

C(j)

T(j)

D(i,j)

D(i,j)

D(i,j)

D(i,j)

D(i,j)

D(i,j)

D(i,j)

D(i,j)

Folga Total

Folga Livre

Folga Dependente

Folga Independente

Exemplo

Calcular as datas de realização e folgas totais das atividades, e definir o

caminho crítico do PROJETO I.

1

00

2

33

C

A

B

E

F

H

G

D

3

2

6

2

4

7

3

4

3

5 8

4

77

5

11 11

Gerenciamento de Projetos

36

Solução

Lista de Duração da

Data de Início

Data de Término

Folga

AtividadesAtividade

PDI

UDI

PDT

UDT

Total

A

3

0

0

3

3

0

B

6

0

1

6

7

1

C

2

0

6

2

8

6

D

4

3

3

7

7

0

E

2

3

6

5

8

3

F

7

3

4

10

11

1

G

4

7

7

11

11

0

H

3

5

8

8

11

3

Caminho Crítico

A - D - G

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->