P. 1
Papel do Marido

Papel do Marido

4.8

|Views: 4.416|Likes:
Publicado porjcruz

More info:

Published by: jcruz on Jun 03, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/15/2013

pdf

text

original

A FAMÍLIA SAUDÁVEL

O PAPEL DO MARIDO
(PARTE 1 – A LIDERANÇA) LIDERANÇA: Há um profundo anseio na esposa de ter uma liderança espiritual em sua vida. Quando o marido não providencia esta liderança ou demonstra desinteresse em ser um bom líder, ela encontra dificuldade em confiar completamente nele e pode até buscar liderança em outros. Efésios 5:23 – “Porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo salvador do corpo”. I Coríntios 11:3 – “Quero, entretanto, que saibais Ser Cristo o cabeça de todo o homem, e o homem O cabeça da mulher, e Deus o cabeça de Cristo”. A) A ordem de Deus para com a família cristã 1) Deus tem ordenado a família conforme o princípio de liderança. Em I Coríntios 11:3, a palavra “cabeça” Significa degrau, ordem, classe, posição. Este versículo não significa a superioridade do homem sobre a mulher porque Deus e Cristo são iguais, mas o Pai tem uma posição mais alta do que o filho. Aqui Paulo está falando mais de função do que de posição.Colossenses 3:20 “Filhos, em tudo obedecei a vossos pais: pois fazêlo é grato diante do Senhor”. 2) A ordem de Deus para a família é vista através da criação e queda do homem. O homem foi criado primeiro, depois a mulher (I Timóteo 2:13-15; I Co. 11:8-9). O homem é incompleto sem a sua mulher como auxiliadora (Gêneses 2:18,20). O homem não foi iludido na tentação mas a sua mulher foi enganada (I Timóteo 2:14) B) Como não se deve liderar: 1) O marido ditador – usa a sua posição para liderar sua família; 2) O marido democrático – as decisões são baseadas em votações; 3) O marido teimoso – nunca admite estar errado; 4) O marido insensível – não demonstra percepção sábia no lar; 5) O marido silencioso – governa seu lar sem comunicação verbal; 6) O marido explosivo – a família nunca sabe quando ele vai explodir; 7) O marido perfeccionista – exige tudo com extrema perfeição; 8) O marido critico – em tudo vê algo errado;

1

9) O marido brincalhão – não leva nada a sério; 10) O marido infiel – abala a confiança de toda a família; 11) O marido indeciso – nunca toma decisões, sua liderança é passiva. C) Como se deve liderar: 1) O que é um bom líder? Alguém que sabe aonde vai e é capaz de levar sua família consigo. 2) Um bom líder é o próprio modelo – prova disso é o que a família é e faz como resultado de sua liderança. 3) Características importantes na liderança: A presença do marido no lar. b) As prioridades do marido: 1) Pessoas antes de coisas; 2) O lar antes da profissão; 3) Esposa antes do filhos; 4) Filhos antes dos amigos; 5) Esposa antes de si mesmo; 6) Coisas espirituais antes das coisas materiais c) O marido é comprometido com suas prioridades. d) Percepção de necessidades do lar. 4) Áreas importantes na liderança a) Amor: o homem deve demonstrar o amor de maneiras práticas b) Emoção: o homem deve estabelecer o clima emocional no lar c) Espiritualidade: o homem é um sacerdote no seu lar d) Finanças: o homem deve ser um exemplo no seu lar como bom despenseiro e) Disciplina: o homem é o responsável principal pela orientação do lar. Na próxima lição vamos estudar sobre o amor que um marido deve praticar com sua esposa. Quando não há amor (ágape : Efésios 5:25) no coração, não há um homem (de Deus ) no lar. Nós maridos amamos nossas esposas, mas não o suficientes para entregarmos nossa ambição pessoal por elas. Nós amamos nossas esposas, mas não o suficiente Marido Esposa Liderar Não liderar

2

Ambição – Medo Machismo – Irracionalidade Incredulidade – Incredulidade

Sacrifício - Paz Sensibilidade - Confiança Paciência – Crer

…. para sacrificarmos nossas necessidades emocionais visando suprir as necessidades delas; nós amamos nossas esposas, mas não o suficiente para tomarmos a liderança espiritual em nossos lares.

3

A FAMÍLIA SAUDÁVEL
O PAPEL DO MARIDO
PARTE 2 – AMOR
AMOR Efésios 5:25-27 – “Maridos amais vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificassem, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito”. A) Definição de amor: I João 4:10, João 3:16 1) Não é um amor “eros”- amor sexual: 2) Não é um amor “phileo”- amor fraternal: 3) É amor “ágape”- I Coríntios 13:4-7. B) Amor espiritual – como amar? – “...como também Cristo amou a igreja” Efésios 5:25: 1) Cristo amou sem ser amado; 2) Cristo amou sacrificialmente; 3) Cristo amou com propósito 4) Cristo amou voluntariamente; 5) Cristo amou totalmente C) Amor emocional – Efésios 5:28-29: 1) “Como a seus próprios corpos”- v. 28 a) Alimentar – v.29 b) Cuidar – v. 29 2) I Pedro 3:7 a) Com discernimento b) Tendo consideração c) Com dignidade D) Alvos do amor – Efésios 5: 26-27 1) Alguns alvos específicos: a) Ajudá-la a se tornar santificada, pura e madura; b) Ajudá-la a ser limpa pela palavra; c) Ajudá-la a ser gloriosa perante os olhos do Senhor; d) Ajudá-la a eliminar defeitos espirituais.

4

2) Algumas maneiras práticas de alcançar seus alvos: a) Elogiar sua mulher – Provérbios 31:28-31 Por causa do desejo da esposa de expressar amor por ele, ela será motivada a fazer coisas especiais para ele. Quando ele não reconhece estas coisas que ela faz, e não expressa apreciação, ele está sendo insensível à necessidade dela em ser elogiada pelo que fez. Observação: Há uma grande diferença entre elogiar e adular (bajular).

ELOGIO

ADULAÇÃO

1. O elogio focaliza as qualidades de caráter, 1. A adulação focaliza os traços físicos as quais a esposa tem responsabilidade de pelos quais não é responsável; desenvolver; 2. O elogio motiva a esposa a concentrar-se 2. A adulação motiva orgulho dos traços no caráter interior e também a cuidar de sua físicos e a torna insegura quando é aparência; comparada; 3. O elogio das qualidades interiores traz 3. A adulação revela motivos errados. benefícios muito acima dos elogios da aparência física.

Aqui estão algumas expressões práticas de elogios: 1. “Sua lealdade a mim me dá um tremendo senso de segurança”. 2. “Eu gosto da maneira como você pode compartilhar idéias sem ter um espírito de discórdia”. 3. “A sua capacidade de me suportar no casamento demonstra que você tem a qualidade de perdoar”. 4. “O seu forte desejo de viver uma vida santa, demonstra-me que você é uma mulher virtuosa”. b) Ser sensível aos medos dela – I Pedro 3:7 1. Descobrir quais são seus medos – sendo um marido sensível, ela confiará

5

todo o seu sentimento íntimo. 2. Ajudá-la a vencer os medos. Exemplos: MEDO: falta de dinheiro no lar. O que vai acontecer conosco quando o dinheiro acabar? SOLUÇÃO: Filipenses 4:19; I Timóteo 6:8; Mateus 6:25-34. MEDO: falta de habilidade em alguma coisa específica SOLUÇÃO: Providenciar para ela o treinamento específico e ajudá-la a desenvolver esta habilidade. Isaías 40:29; I Coríntios 1:26; Filipenses 2:13; II Coríntios 12:9 c) Demonstrar afeição através de maneiras criativas Exemplos: 1. Mostrar boas maneiras tanto no lar quanto em público; 2. Lembrar aniversários e outras datas importantes; 3. Auxilia-la nos serviços caseiros sem que seja necessário ela pedir. d) Desenvolver segurança no seu relacionamento com ela 1. A esposa deve ter certeza de que está em primeiro lugar na vida do marido. Quando a esposa sente que não é isso que está acontecendo, começa a duvidar de seu amor e se torna insegura. Portanto, o marido deve relacionar a sua vida em torno das necessidades e alvos da família, e não ter maior preocupação por outras pessoas, posses ou atividades. 2. Maridos devem ser o “marido de uma só mulher”- I Timóteo 3:2. “O diácono seja marido de uma só mulher e governe bem seus filhos e sua própria casa”- I Tim. 3:12. Pergunte a si mesmo se encantou por outra mulher. O marido que é atraído por outra mulher pode levar sua esposa a uma profunda depressão ou até ao suicídio. 3. O marido não deve comparar sua esposa com outras mulheres. A esposa fica profundamente machucada quando o marido admira a aparência ou habilidades de outra mulher as quais sua esposa não tem. O marido que age assim está querendo dizer que não aceita a esposa como é. 4. Ser perceptível quanto a sua apresentação exterior (cabelo, roupa, sapato,

6

perfume, etc). 5. Ter prazer em ajudá-la. e) Providenciar horas para conversas íntimas 1. Planejar horas de lazer juntos; 2. Providenciar momentos de distração, livres de interrupções; 3. Ter tempo para compartilhar e orarem juntos. f) Valorizar as suas opiniões: 1. Não tome decisões a respeito do lar sem entrar em acordo com ela; 2. O marido tende a avaliar as opiniões e petições de sua esposa a luz de suas prioridades e objetivos. Quando o marido não é sensível e não dá importância as opiniões dela, isso demonstra falta de visão quanto as prioridades da família; 3. Dê tempo à esposa para que ela expresse suas idéias e opiniões. Quanto o marido fica impaciente ao ouvi-la, ela se sente frustada; 4. Procure enxergar as coisas do ponto de vista da esposa. g) Encarar sua esposa como a “parte mais frágil”. 1. Esteja sempre alerta as ciladas do diabo para atacar sua esposa; 2. Trate-a com discernimento e consideração.

7

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->