P. 1
Apontamentos para o teste de Geografia

Apontamentos para o teste de Geografia

|Views: 2.190|Likes:
Publicado poresmiucao8b

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: esmiucao8b on May 29, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX or read online from Scribd
See more
See less

04/22/2012

Apontamentos de Geografia

Agricultura características Tradicional - Destino da produção Auto-consumo - Técnicas de utilização Rudimentares (antigas) dimensão das Minifúndio

Moderna Mercado(nacional/internacional) Modernas/mecanizadas Latifúndio

explorações - fertilização dos solos Fertilizantes naturais Fertilizantes químicos -Variedade das Policultura (várias Monocultura (uma só cultura) culturas - produtividade - rendimento culturas) Baixa Baixo Elevada Elevado

Problemas relacionados com a agricultura  Erosão dos solos e a salinização dos solos - Esgotamento dos solos; - Diminuição das produções agrícolas; - Deveria ser utilizado o pousio ou outras técnicas que não esgotassem o solo/diminuíssem a sua qualidade;  Contaminação e escassez de recursos hídricos

Pelos pesticidas/Fertilizantes químicos

Utilizam uma grande quantidade de água através dos sistemas de rega (regadio)

 Instabilidade dos mercados e conflitos de interesses - Diminuição de produção de alguns produtos; - Preços elevados; Principais prejudicados: PED  Subsídios e problemas de produção excedente

 Utilização crescente de transgénicas

Manipulação genética das sementes: produzidas

Aumento da produção

Agricultura Biológica Permite a melhoria da diversidade biológica e fertilidade dos solos; reciclagem de restos vegetais; recorre a energias não renováveis; uso saudável da água, solo e ar; cria empregos.

Problemas relacionados com a agricultura biológica:  Preços elevados dos produtos;  Avanço da mancha urbana em área agrícola;  Rede de distribuição e comercialização pouco desenvolvida;  Falta de associativismo;  Desconhecimento e preconceito em relação a um sistema de agricultura alto -nativa;  Solos muito contaminados;  Reduzida formação junto do consumidor;  Falta de formação de agricultura;  Deficiente controlo e certificação dos produtos.

Factores que influenciam a pesca  Plataforma Continental Zonas de cruzamento das correntes marítimas mais favoráveis à actividade piscatória. Características: - Pouco profundas (mais luz); - Águas mais agitadas (mais oxigénio);

- Menor teor de sal (Mistura com água dos rios junto ao litoral) - Mais rico em nutrientes (Transportados pelas correntes marítimas/cursos de água).  Correntes marítimas Agitação das águas e a sua renovação levam a uma maior oxigenação das águas, o que leva à existência de uma maior quantidade de plâncton.  Frotas pesqueiras Capacidade e modernização  Equipamento e infraestruturas portuárias Capacidade e qualidade

 Mão-de-obra (Depende das características)  Quotas de pesca (As quantidades capturadas têm um limite)  Z.E.E. (Zona Económica Exclusiva) Zona até 200 mil milhas da costa, onde cada país tem a sua exploração/gestão dos recursos marinhos e da plataforma continental.  Águas internacionais A pesca é praticada em alto mar, por vários países e consoante as quotas definidas pela política das pescas.  Upwelling Subida à superfície das águas frias e profundas, transportam grandes quantidades de nutrientes, permitindo a existência de plâncton e, por isso, atraem grandes quantidades de recursos piscícolas.  Stock Quantidade de peixes em cada espécie.

Pesca tradicional vs Pesca industrial

Problemas que afectam o sector da pesca - Sobreexploração dos recursos piscícolas + efeitos de poluição = diminuição dos stocks. - Esgotamento dos recursos piscícolas, nas zonas de pesca tradicionais (não há renovação das espécies). - Domíniode um reduzido número de empresas (concorrência acaba com as Características Técnicas de detecção Técnicas de captura Pesca industrial Sonar, meios satélite, radar Arrasto, cerco, linha de Anzóis, cana - de – pesca, anzóis, rede de deriva Embarcações redes, pequenas armadi de muitas motor, pequena vezes sem Pesca tradicional aéreos,

Lhas. Frotas, modernas, barcos Barcos com capacidade para dimensão

conservar/transformar o sem peixe

capacidade/transformar o pescado.

Águas onde se pescam

Águas (Z.E.E.)

internacionais Águas interiores perto da costa.

pequenas empresas) - PED sem capacidade técnica/financeira para serem competitivos.

Soluções para o sector da pesca - Definição de ZEE’s; - Quotas de pesca deveriam ter em conta os níveis de delapidação das espécies; - Prevenção da poluição: definição de multas a quem polui; - Apostar na aquacultura: criação de recursos piscícolas/vegetais.

Classificação da industria

 Clássica - Actividades extractivas: Produção de matérias – primas brutas e produtos energéticos (sector I) - Industrias transformadoras: Elaboração de produtos acabados a partir de matérias – primas ou produtos semi – elaborados para outras industrias ou consumo final. - Construção civil e obras públicas.  Segundo o destino da produção - Bens de equipamento: Destinam-se a equipar outras industrias, sustenta os seus processos produtivos e a actividae económica em geral. - Bens de consumo: Fabricam produtos finais para o consumo directo (mercado de consumo).

Factores de localização da industria - Fontes de energia. - Tecnologia. - Mão – de – obra. - Mercados. - Decisão política e capital. - Matérias – primas. - Transportes e vias de comunicação.

Impactos da industria: Problemas e soluções

Aumento da população  Revolução industrial (séc. XVIII).  Desiquilíbrios bioclimáticos.  Aumento do consumo de recursos não renováveis.

 Diversidade de gases na atmosfera (principalmente dos países industrializados do HN), embora se registe um aumento da utilização de novas tecnologias/novas energias nos PD, ao contrário do que acontece actualmente nos PED.  Deslocação industrial para os PED (degradação ambiental)

Deslocalização industrial  ETN aproveitam as vantagens comparativas de cada país: - Recursos naturais; - Salários mais baixos; - Inexistência de sindicatos; - Ausência de fiscalização; - Beneficios fiscais; - Acesso a grandes mercados internos; - Subsídios da UE; - Outros benefícios concebidos pelas autoridades locais.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->