P. 1
Iluminismo vs Antigo Regime

Iluminismo vs Antigo Regime

|Views: 5.089|Likes:
Publicado porpacola10

More info:

Categories:Types, Resumes & CVs
Published by: pacola10 on Jun 01, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2013

pdf

text

original

Iluminismo vs.

Antigo Regime (Absolutismo, Feudalismo e Mercantilismo) - nasceu na França, século XVIII (18); França = Absolutismo Puro - Foi um movimento global, (filosófico, político, social, econômico e cultural), que defendia o uso da razão como o melhor caminho para se alcançar a liberdade, a autonomia e a emancipação. -O iluminismo foi um movimento de reação ao absolutismo europeu, que tinha como características as estruturas feudais, a influência cultural da Igreja Católica, o monopólio comercial e a censura das “idéias perigosas”. Outros nomes dados ao Iluminismo: Ilustração, Esclarecimento Filosofia das Luzes e Enciclopedistas. - Os burgueses foram os interessados nesta filosofia, pois, apesar do dinheiro que possuíam, eles não tinham poder político, devido a sua forma participação limitada(o rei detinha todos os poderes, e monopólio das práticas econômicas). Além de que eles tinham o comércio, porém as praticas mercantilistas os impediam do livre comércio. - Iluminismo >> “A luz da ciências sobre os valores obscuros da fé” (Jogar luzes nas trevas em que se encontrava grande parte da humanidade). >Porque os Burgueses criaram o Iluminismo? Pois era a classe social que tinha intelecto, e não tinham privilégios com a situação atual (o privilégio era para poucos tais como clero, e nobreza). Os pobres apoiaram os burgueses em suas idéias; que queria tirar o rei para ter a liberdade comercial (detalhe: eles queria fazer isso para defender seu interesses e benefícios próprios, não era algo como “tornar a sociedade mais digna, e justa”). >O que os burgueses queriam? I. o Estado só é verdadeiramente poderoso se for rico; II. para enriquecer, ele precisa expandir as atividades capitalistas; III. para expandir as atividades capitalistas é preciso dar liberdade e poder à burguesia; VI.objetivava maior participação política; >O que o Iluminismo defendia? I. Igualdade: todos deveriam ser iguais perante a lei. Ninguém teria, então, privilégios de nascença, como os da nobreza. II. Tolerância religiosa ou filosófica III. Liberdade pessoal e social: a atividade comercial burguesa só poderia desenvolver-se numa economia de mercado (era preciso que existisse a “lei da oferta e da procura”). Por isso, a burguesia se opôs à escravidão humana e passou a defender uma sociedade livre. Afinal sem trabalhadores livres, que recebessem salários, não podiam haver mercado comercial. IV. Propriedade privada: comércio só era possível entre os proprietários de bens ou de dinheiro. O proprietário podia comprar ou vender porque tinha o direito de usar e dispor livremente de seus bens. Assim, defendia o direito à propriedade privada (essencial da sociedade capitalista). O que o Iluminismo combatia? I. o absolutismo monárquico: porque protegia a nobreza e mantinha seus privilégios. O absolutismo era considerado injusto por impedir a participação da burguesia nas decisões políticas; II. o mercantilismo: porque a intervenção do Estado na vida econômica era considerada prejudicial ao individualismo burguês, à livre iniciativa e ao desenvolvimento espontâneo do capitalismo, contrariando as leis naturais;

III. a autonomia intelectual: defendia pelo individualismo e pelo racionalismo burguês. Assim, à burguesia não interessava apenas a religião. *(Ela desejava o avanço da ciência). - Para os filósofos Iluministas, o homem é naturalmente bom e racional (Movimento Universal), mas era corrompido pela sociedade com o passar do tempo. Eles

acreditavam que se todos fizessem parte de uma sociedade justa, com direitos iguais, a felicidade comum seria alcançada.
-Os iluministas defendiam a criação de escolas para que o povo fosse educado e a liberdade religiosa. -Para divulgar o conhecimento, os iluministas idealizaram e concretizaram a idéia da Enciclopédia onde estava resumido todo o conhecimento existente até então.

Burguesia Pobres Comércio

Rei Absolutista

Ciência

Religião “Bases” da religião Bíblia

“Bases da ciência” Enciclopédia

-Os iluministas partiram da origem contratualista do Estado, e criaram a teoria do Estado Liberal, onde os filósofos partiram da idéia de contrato social para trabalhar o conceito do Estado. - Para os Iluministas a razão é o instrumento para mudar o mundo, e eles acreditavam no progresso. -Lema: “Deixe a economia se auto-regular” Progresso: >Progresso material: Torna mais confortável a vida das pessoas; >Progresso institucional: Amplia os direitos individuais, tornando as pessoas mais livres; (O progresso material pode trazer o institucional, mas o inverso NÃO) >>>>>>>>>Os filósofos Iluministas<<<<<<<<<< John Locke: ele acreditava que o homem adquiria conhecimento com o passar do tempo através do empirismo; Voltaire: ele defendia a liberdade de pensamento e não poupava crítica a intolerância religiosa (lema: “esmagai a Igreja Católica”); Sua principal obra foi “Cartas Inglesas”. Jean-Jacques Rousseau: ele defendia a idéia de um estado democrático que garanta igualdade para todos; Algumas de suas idéias eram contrárias as dos iluministas, o que lhe rendeu a fama de briguento. Sua principal obra foi “Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens”. Montesquieu: ele defendeu a divisão do poder político em Legislativo, Executivo e Judiciário; E foi considerado um dos precursores da sociologia. Adam Smith: defensor do liberalismo econômico. Immanuel Kant: desenvolveu seus pensamentos nas áreas da epistemologia, ética e Metafísica. - A partir do iluminismo surgiu outro movimento, de cunho mais econômico e político: o liberalismo. >>>O despotismo esclarecido ou: Absolutismo Ilustrado, Absolutismo Esclarecido, Despo Escare - é a união do Iluminismo com o Absolutismo (Rei + burguesia) - Alguns países da Europa encontravam-se ainda sob o sistema feudal e procuraram com a ajuda iluministas, alcançar os países mais desenvolvidos. Os projetos propostos pelos filósofos do Século das Luzes foram adotados por monarcas e dirigentes dessas regiões, que chegaram a nomear intelectuais como conselheiros reais. Por essa razão, tais monarcas foram chamados de déspotas esclarecidos, e seus governos, nos quais foram implementadas reformas econômicas e políticas, ficaram conhecidos como absolutismo ilustrado (Detalhe: ainda é Absolutismo, porém com traços de Iluminismo). >>>> Países que adotaram o Despotismo<<< > Prússia (rei Frederico II): chamado de o "rei filósofo", incentivou a educação popular, abrindo escolas e tornando-as obrigatórias para todos. Aboliu a tortura e modificou a Justiça.

Incentivou as manufaturas estatais e a industrialização, favorecendo também o comércio. Entretanto, a estrutura social permaneceu a mesma: nobreza, burguesia, uma pequena classe operária e servos. > Portugal (José I): Foi marcado pela ascensão ao trono de José I, e conselho do marquês de Pombal (ministro do rei que era “estrangeirado”= nome dado em Portugal aos adeptos do Iluminismo). Pombal rompe o monopólio inglês, pelo mesmo motivo que o governo espanhol expulsou os jesuítas de Portugal, aumentou os impostos, estimulou a agricultura. >Áustria (José II): suprimiu a servidão e realizou uma espécie de reforma agrária, além de decretar a liberdade de imprensa e a tolerância religiosa, a fim de submeter a Igreja católica ao Estado. Promoveu o desenvolvimento da industria (COLBERTISMO) >Rússia (Catarina II): incentivou as forças econômicas tanto a agricultura quanto a industria. >Espanha : o exército e as universidades foram reorganizados. O governo controlou a Inquisição e expulsou os jesuítas, que tinham grande influência no Estado espanhol.

Extra: Iluminismo político: critica ao absolutismo e a tese do direito divino, absolutismo ilustrado, liberalismo, contrato com mediador das relações sociais; Iluminismo econômico: liberdade comercial, atividades capitalistas, derrubada do mercantilismo (passou das mãos do rei, para a burguesia), liberalismo; Iluminismo social: os aspectos culturais, liberdade de expressão (censura das “idéias perigosas”) =D

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->