P. 1
alimentação cágados

alimentação cágados

|Views: 6.169|Likes:
Publicado porgoncalofabricio

More info:

Published by: goncalofabricio on Jun 30, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as ODT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/18/2013

pdf

text

original

Sim, o camarão é como se fosse o petisco açucarado do diabético, deve ser dado 1 x por semana.

ALIMENTACÃO: É fácil alimentar esses animais. E é muito importante saber que as rações industrializadas não suprem as necessidades alimentares deles. Variar é sempre necessário, verduras como: repolho, cenoura (ralada) e almeirão são importantes, alface, couve e espinafre devem ser evitados. A casca do ovo também deve fazer parte da dieta dos cágados, já que contém cálcio, e fortifica o casco. É importante também oferecer alimentos vivos, os peixes de aquário são bem vindos, além de exercitar o animal, no habitat natural o peixe é o principal alimento. Plantas de aquário também podem ser uma boa opção e os cágados adoram. CUIDADOS GERAIS: Se alguma coisa estiver errada com o manejo do seu animal, provavelmente ele irá ficar doente. A falta do sol, da vitamina A e alimentação não diversificada, podem causar raquitismo e avitaminose nesse caso o cágado fica cego, o casco fica mole, o animal não fica dentro da água e morre porque não encontra comida. Pneumonia é uma doença relativamente comum nos cágados, o animal começa a nadar torto, e não consegue afundar, os olhos ficam inchados e o animal normalmente fica fora d'água. Leva a morte. Outra doença preocupante é o fungo. Manifesta-se como um tufo de algodão no casco ou na pele do animal, é causado principalmente pela sujeira da água. Qualquer diferença no comportamento do seu cágado, leve-no a um veterinário especializado em répteis. HIBERNAÇÃO: Quando chega o inverno, é comum os cágados hibernarem. Como são animais pecilotérmicos, seu metabolismo varia de acordo com a temperatura do ambiente. Se o animal já estiver adulto, e em boas condições de saúde, a hibernação não trará problemas, mas se for um filhote, ou se o cágado estiver com alguma doença, a hibernação não é aconselhável, nesse caso é recomendado o uso de um aquecedor na água. Procure manter a água entre 25 e 28 graus. CRESCIMENTO: Como já foi dito, esses cágados crescem. O crescimento é feito em fases. No inverno eles hibernam, e no verão eles crescem. As placas do casco do cágado se soltam e outra nasce no lugar. É comum encontrar algumas placas do casco no fundo do terrário. A pele do animal também é trocada, e isso incomoda um pouco, por isso, muitas vezes eles se esfregam em troncos, se esticam, para facilitar a troca de pele e o crescimento. Quando as placas do casco do seu cágado estiverem se soltando, não mexa, o casco é sensível, deixe cair naturalmente. Cágado de orelha-vermelha é a sub espécie Trachemys scripta elegans, das ordem Testudinata, como é a chamada a ordem dos quelônios. É nativa dos Estados Unidos da América, mas hoje é encontrada em vários lugares do mundo, sendo ilegal como animal de estimação no Brasil, de acordo com o IBAMA. A única legalizada é a espécie Tigre-de água.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->