Você está na página 1de 16

Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 1

Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

RELATÓRIO COASTWATCH
2009/2010
ILHA TERCEIRA

GÊ-QUESTA
ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DO AMBIENTE
COORDENADOR REGIONAL

COORDENADOR NACIONAL
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 2
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

ÍNDICE

Introdução …………………………………………………………………………….3

Entidades participantes ……………………………………………………………….3

Coastwatch em S. Mateus.....……………………………………………..……..…… 4

Coatwatch em Santa Catarina ………………………………………………………...5

Coastwatch em S. Mateus …………………………………………………………….6

Coastwatch S. Mateus – Porto Pipas ………………………………………………….7

Coastwatch nos Biscoitos ……………………………………………………………..8

Monitorização e Percursos………………………………………………………….….9

Resultados ……………………………………………………………………………10

Conclusão……………………………………………………………………………...12

Anexos ………………...………………………………………………………………13
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 3
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Introdução
O projecto Coastwatch foi novamente coordenado na Ilha Terceira pela Associação de defesa
do ambiente Gê-Questa, sendo Orlando Guerreiro o coordenador. Em Dezembro foi realizado
um contacto com as instituições que se enquadram melhor ao objectivo maior do projecto,
sensibilização e educação ambiental sobre o litoral. Assim sendo, contactamos escolas,
agrupamentos de escuteiros e grupos de utilizadores da zona costeira. Contudo, apenas
obtivemos resposta de algumas entidades contactadas, as quais estão indicadas abaixo.

Entidades Participantes
Escolas NºParticipantes
Escola Básica de S. Bartolomeu dos Regatos; 20 Alunos + 1 professor +
1 auxiliar
Escola Básica Integrada dos Biscoitos 13 alunos + 1 professor
Agrupamentos de Escuteiros
Agrupamento de Escuteiros Maritímos 497 - S.Mateus 10 escuteiros
Grupo n.º 225 de Escuteiros do Cantinho de S. Mateus 7 escuteiros
Outras entidades
AST – Associação de surf da Ilha Terceira 7 Adultos
Praia Ambiente 4 Adultos
FlorAzoris 1 Adulto
Outros participantes voluntários 4 Adultos + 5 crianças

Para todas as entidades participantes foi apresentado o projecto Coastwatch, em especial aos
que participaram pela primeira vez, e os objectivos do mesmo.
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 4
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

1. Coastwatch em S. Mateus

A turma do 4º ano da Escola Básica de S. Bartolomeu dos Regatos deslocou-se, sob a


responsabilidade da Professora Susana Carvalho, até à Gê-Questa na sexta-feira dia 5 de
Fevereiro, onde se iniciou um percurso de cerca de cerca de 2km desde a sede da Associação
até ao Negrito. Ao fim de cada 500 metros, os alunos ajudaram a preencher os questionários
indicando o lixo que visualizaram.

Fotografia 1: Coastwatch na orla costeira de S. Mateus da Calheta com a turma do 4º ano da Escola
Básica de S. Bartolomeu dos Regatos.

Fotografia 2: Algum do lixo (garrafas de gás encontradas) encontrado ao longo do percurso na orla
costeira de S. Mateus
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 5
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Fotografia 3: Turma do 4º ano da Escola Básica da Escola de S. Bartolomeu dos Regatos e elementos da
Gê-Questa

2. Coastwatch na Zona de Santa Catarina, Cabo da Praia

No dia 6 de Março, Sábado, realizou-se uma actividade de Coastwatch na zona de Santa


Catarina, no cabo da Praia da Vitória, aproveitando para complementar o evento com uma
acção de limpeza da zona, com a colaboração da AST - Associação de Surf da Ilha Terceira e
da Praia Ambiente.
Fotografia 4: Coastwatch e acção de limpeza da zona costeira de Santa Catarina.
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 6
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

3. Coastwatch na zona costeira de S. Mateus (Dia “Limpar Portugal”)

No emblemático dia de Limpar Portugal, a Gê-Questa em parceria com o Agrupamento de


Escuteiros Marítimos de S. Mateus, o Agrupamento de Escuteiros do Cantinho, a Florazoris
(que disponibilizou uma carrinha para transporte dos resíduos) e contando ainda com a
participação de vários voluntários, percorreu a orla costeira de S. Mateus desde o Terreiro de
S. Mateus até ao Pesqueiro. A concentração deu-se na sede da Associação, no Forte Grande
de S. Mateus, pelas 9h da manhã e pelas 9h e 30 minutos o grupo já estava à beira-mar da
freguesia a proceder aos trabalhos de limpeza. Foi limpo um troço costeiro com cerca de 2000
metros. Realizou-se o Coastwatch em conjugação com o Limpar Portugal, verificando os
impactes ao longo da costa à medida que se ia procedendo à sua limpeza.

Fotografia 5: Concentração dos participantes na sede da Gê-questa

Fotografia 6: Coastwatch e limpeza na orla costeira de S. Mateus – Terreiro.


Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 7
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Fotografia 7: Coastwatch e limpeza da orla costeira de S. Mateus (próximo do Negrito).

Fotografia 8: Participantes

4. Coastwatch S. Mateus – Silveira; Cais da Figueirinha- Porto Pipas

No dia 14 de Abril, elementos da Gê-Questa realizou Coastwatch ao longo de 4km no total,


3km num primeiro percurso desde a sede da Gê-Questa até à Silveira e 1km num segundo
percurso desde o Cais da Figueirinha até o Porto Pipas.
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 8
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

5. Coastwatch nos Biscoitos


A turma do 8º ano da Escola Básica Integrada dos Biscoitos, acompanhada pelo Professor
Marco Botelho, juntou-se a nós na realização do Coastwatch na zona costeira dos Biscoitos,
promovido pela Gê-Questa na quarta-feira, 14 de Abril. Os elementos da Associação
deslocaram-se até à Escola dos Biscoitos onde se fez um pequeno briefing sobre o Projecto.
Posteriormente seguiu-se nas carrinhas disponibilizadas pela casa do povo até ao porto
piscatório da freguesia. Num percurso de aproximadamente 1500 metros ao longo da costa,
desde o porto piscatório até à denominada Rua Longa, à medida que se observou a presença
de resíduos e o estado de conservação da costa, alertou-se para os impactes negativos da
actividade humana nos ecossistemas costeiros, entre os quais o contínuo aumento da
artificialização da costa que se verifica na zona.

Fotografia 9: Coastwatch nos Biscoitos. Participantes junto ao porto piscatório.

Fotografia 10: Caminhada junto à costa


Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 9
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Monitorização e Percursos
Os grupos foram realizando os percursos de acordo com disponibilidade existente e condições
atmosféricas. A selecção dos blocos foi feita de acordo com a facilidade de acesso (uma
grande parte da ilha tem uma zona costeira com elevado declive, o que torna perigoso o
levantamento de dados) e de transporte até ao local. Na imagem abaixo (Figura 1), é possível
verificar que as zonas monitorizadas são as de menor declive. As zonas de maior dificuldade
são na costa oeste da ilha. Em cada percurso foi preenchido um questionário para cada 500
metros percorridos, questionários esses posteriormente enviados para a Coordenadora
nacional do Coastwatch, a GEOTA.

Figura 1: Mapa da ilha Terceira e blocos de costa monitorizados pelos diversos grupos participantes.
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 10
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Resultados
Apesar de não termos obtido resposta de todas as entidades contactadas, os que
participaram nos eventos de Coastwatch demonstraram-se bastante participativos e
interessados na temática.
Embora o Projecto Coastwatch implique apenas observação da costa e não recolha de
resíduos, a Gê-Questa achou por bem proceder à limpeza das zonas mais críticas em relação
ao lixo depositado. Nos percursos desenvolvidos foi encontrada uma grande variedade de
resíduos, descritos na tabela abaixo apresentada (Tabela I). No percurso dos Biscoitos, no de
S. Mateus-Silveira e no Cais da Figeurinha-Porto Pipas, verificou-se menos deposição de lixo,
ao contrário dos percursos de S. Mateus e de Santa Catarina, onde se encontrou grandes
quantidades de resíduos.

Tabela 1: Características de cada percurso e resíduos encontrados.


Local Acessibilidade Distância Resíduos encontrados Lixo
percorrida recolhido
(km) (kg)
S. Mateus Fácil 2 cabos de vassoura, cd’s, caixas de
(Sede da Gê-questa papelão, garrafas de vidro, pneus,
– Negrito) ferros, maços de tabaco, panas,
garrafas de gás, calçado, vestuário,
latas de sumo, aparelhos de pesca,
capacete de obras, redes, canas,
madeira, restos de construção, sacos
de lixo, aparelhos domésticos,
Santa Catarina Fácil Aprox. 1 plásticos, cabos de vassoura, caixas 2000kg
de papelão, garrafas de vidro, pneus,
ferros, malas de viagem, calçado,
vestuário, latas de sumo, aparelhos
de pesca, canas, madeira, restos de
construção, entulhe, sacos de lixo
doméstico, aparelhos
electrodomésticos, dejectos,
preservativos, animais mortos.
S. Mateus (Terreiro Média Aprox. 3 Resíduos verdes, Plásticos, Papel, 1940kg
– Pesqueiro) Metálicos/ Sucata, Vidro, Madeira,
(“Limpar Animais.
Portugal”)
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 11
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

S.Mateus – Fácil 3
Silveira
Cais da Garrafas de cerveja; copos de
Figueirinha – plástico; restos de tábuas de madeira
Porto Pipas
Biscoitos Fácil 1,5 plásticos (a maioria), vidros, latas de
metal, cerâmica (telhas), resíduos
verdes, sacas, vestuário, restos de
construção civil, alcatrão.

Em todas as zonas em que se realizou o Coatwatch verificou-se impactes de origem


antropogénica, quer pela proximidade das construções quer pela artificialização da costa.
Verifica-se que a zona de Santa Catarina, com enorme potencial para mergulho e para a
prática de Surf, é alvo de pressão industrial, com um parque de combustível na sua
proximidade. Parte da zona de Santa Catarina é abrangida pela Convenção de Ramsar e, no
entanto, está a perder qualidade ambiental devido aos impactes da actividade humana que tem
vindo a sofrer. A biodiversidade do local tem reduzido, tendo nomeadamente desaparecido
uma comunidade de Meros que frequentava aquelas águas há alguns anos atrás, devido à
descarga a céu aberto que existe na zona.
Aquando do percurso realizado nos Biscoitos, estavam a decorrer obras para a
construção de uma estrada e passeios de cimento, fazendo desaparecer o aspecto mais natural
e característico da nossa ilha (como por exemplo os típicos muros de pedra). Destaca-se ainda
o facto de a zona balnear estar cada vez mais acimentada.

Refere-se ainda que existiu cobertura do Projecto Coastwatch por parte dos media,
tendo sido referido na revista do Diário Insular (AnexoI). O artigo publicado fez uma
abordagem histórica do Projecto, assim como, mencionou o esforço da Gê-Questa de o levar a
cabo todos os anos para incutir na sociedade a participação na conservação das zonas
costeiras e sensibilizar para os problemas dos impactes das actividades humanas nos
ecossistemas costeiros.
A informação acerca do decorrer da campanha era actualizada regularmente no blog
da associação – http://ge-questa.blogspot.com/ onde foram publicadas fotografias e
informação acerca de cada troço monitorizado e de cada grupo responsável.
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 12
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Conclusão
Uma prática, provavelmente secular, dos povoamentos costeiros dos açores é depositar
o lixo em zonas costeiras, tendo esta prática vindo a tornar-se ao longo do tempo um grave
problema ambiental/paisagístico devido à mudança dos materiais utilizados no dia-a-dia,
como por exemplo o crescente uso de plásticos, e ao aumento do consumismo que origina
maior produção de lixo. É fundamental a sensibilização da sociedade realtivamente ao
impacte negativo que a deposição de resíduos pode ter na qualidade ambiental e na saúde
pública. A acumulação irresponsável de resíduos sem o respectivo tratamento poderá ter
impactos a médio e longo prazo na contaminação dos solos, águas e ar, e consequentemente
afecta o Homem e todos os habitantes do planeta.
Com o Projecto Coastwatch e com as actividades de sensibilização e educação
ambiental inseridas no mesmo, a Associação tem alertado e sensibilizado para essa questão,
junto da comunidade escolar e da população em geral, com o objectivo de promover a
participação pública nas decisões relacionadas directamente com as zonas costeiras da Ilha
Terceira, e a minimizar o impacte negativo que nelas se tem verificado.
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 13
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Anexos
Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 14
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Anexo I: Notícia sobre o Coatwatch: artigo do Jornal Diário Insular


Diário Insular, 14 de Fevereiro de 2010

«O passeio começou às 9h30 duma manhã ventosa a ameaçar chuva. A nós e aos guias
da Gê-Questa - Associação de Defesa do Ambiente, juntou-se uma turma do quarto ano
da Escola Primária de S. Bartolomeu, miúdos que carregam às costas o peso da
responsabilidade de atenuar as trapalhadas ambientais dos mais velhos.
O exercício chama-se Coastwatch e não é a primeira vez que a associação promove este
tipo de eventos com os mais novos. “Hoje vamos ser vigilantes”, assegura Leonardo
Machado, o guia que vai apontando, a cada 500 metros, o tipo de lixo que vamos
encontrando pelo caminho e que tenta, assim, despertar os sentidos dos mais novos.
“Pretendemos, com estas ações, sensibilizar as crianças para os problemas resultantes
do impacto das atividades humanas no litoral”, continua. Com estas iniciativas, a Gê-
Questa ambiciona ainda contribuir para a preservação das zonas costeiras, incentivando
as crianças à participação na defesa do ambiente.
O projeto Coastwatch, de caráter europeu e coordenado pela Irlanda desde 1988, conta
com a colaboração de 23 países e é levado a cabo todos os anos. Para além da recolha
de informação e monitorização do litoral, o programa abrange a vertente de educação
ambiental e promove o envolvimento público nas decisões relacionadas diretamente com
as zonas costeiras (…)»

Anexo II: Obras na orla costeira dos Biscoitos

Anexo III: Lixo na zona costeira dos Biscoitos


Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 15
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Anexo IV: Lixo no Terreiro de S. Mateus

Anexo V: Terreiro de S. Mateus, depois da limpeza


Gê-Questa- Associação de Defesa do Ambiente 16
Coastwatch 2009/2010 – Ilha Terceira

Anexo VI: Lixo recolhido em S. Mateus (“Limpar Portugal”)